Momento Destaque

Centro de Triagem chega a 100 mil atendimentos e passa a utilizar teste mais eficaz

Publicados

em


O Centro de Triagem da Covid-19, que funciona no complexo da Arena Pantanal, superou a marca de 100 mil pessoas atendidas em seis meses de funcionamento. Com o objetivo de aprimorar o protocolo de atendimento, a unidade de triagem passará a utilizar um teste de detecção do coronavírus mais moderno e eficaz.

O teste a ser incorporado ao protocolo de triagem é o de pesquisa de antígeno que, assim como um teste rápido, acusa o resultado em 15 minutos. Contudo, essa nova modalidade é considerada mais efetiva pelos especialistas e ideal para o diagnóstico de pessoas com a Covid-19.

Durante entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (26.01), o governador Mauro Mendes enfatizou que a testagem via antígeno é mais assertiva na detecção do vírus. “Vamos melhorar muito a nossa eficiência com esse novo tipo de teste. Era teste rápido e agora é teste de diagnóstico, com antígeno, dentro do mesmo tempo de 15 minutos que o anterior. Será mais fácil de diagnosticar quem está ou não com a Covid-19 e, assim, fazer o devido encaminhamento”, explicou.

Leia Também:  Polícia investiga agressão a médico que após reunião para alertar sobre os riscos da pandemia no País e pedir "lockdown" foi agredido a socos

Já o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, frisou a qualidade do novo teste. “Surgiu esse novo teste de alta qualidade e com uma assertividade muito maior. Por meio dele, diminuiremos a possibilidade de falso negativo e a frequência de casos suspeitos”.

O gestor ainda explica que, ao invés da análise do sangue, o novo teste faz a análise da secreção nasal. “Essa secreção é extraída com o swab e colocada numa solução de soro, para que seja dissolvida a amostra. Cinco gotas deste líquido são adicionadas à placa de teste e em 15 minutos sai o resultado”.

De acordo com a coordenação do Centro de Triagem, a previsão é de que o teste da pesquisa de antígeno seja disponibilizado ainda nesta semana pela unidade.

“Estamos trabalhando na adequação da estrutura do Centro de Triagem para atendermos às especificidades deste novo teste. O objetivo é manter a celeridade dos atendimentos, sem que haja o comprometimento da qualidade e da segurança dos trabalhadores”, esclareceu a secretária adjunta de gestão hospitalar da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), Caroline Dobes.

Leia Também:  Desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso obriga Prefeito Emanuel Pinheiro a cumprir Decreto do Governo do Estado

Atendimentos

Aberto ao público desde o dia 22 de julho, o Centro de Triagem da Covid-19 completou seis meses de funcionamento em janeiro de 2021. A unidade de testagem tem auxiliado a Atenção Básica dos municípios da Baixada Cuiabana no enfrentamento à pandemia, por meio do tratamento precoce da doença. 

Os dados mais recentes mostram que, de 22 de julho de 2020 a 25 de janeiro de 2021, 100.378 pessoas foram atendidas na unidade. Deste total, 16.066 testaram positivo para o novo coronavírus, 55.033 tiveram o resultado negativo e 29.279 apresentaram quadro suspeito da Covid-19. Neste mesmo período, foram realizadas 7.556 tomografias, exame de avaliação dos pulmões que auxilia no diagnóstico e tratamento da doença.

Para o tratamento dos pacientes que testaram positivo ou que apresentaram a suspeita de coronavírus, a farmácia da unidade já entregou 45.345 medicamentos. Os remédios só são fornecidos após realização de consulta e emissão de receita médica.

Diariamente, o Centro de Triagem da Covid-19 distribui 500 senhas virtuais e 400 senhas presenciais – sendo 900 no total.

Fonte: GOV MT

Momento Destaque

Desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso obriga Prefeito Emanuel Pinheiro a cumprir Decreto do Governo do Estado

Publicados

em

O desembargador Orlando Perri(FOTO), do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), deferiu o pedido de liminar impetrado pelo Ministério Público do Estado (MPMT) para obrigar o município de Cuiabá a seguir, com urgência, alguns trechos do decreto imposto pelo governador Mauro Mendes. Uma das medidas é o toque de recolher a partir das 21h às 5h.

 Na decisão, Perri diz que “o Município tem autonomia para recrudescer o Decreto Estadual, nunca para abrandá-lo ou atenuá-lo, de modo a comprometer o todo.” Ele ainda lembra que o que estpa em risco é a vida e o bem-estar da população, que não podem ser comprometidas por decisões que “fragilizem” as normas de segurança adotadas pelo Executivo estadual.

A decisão atende ao pedido de liminar  em Ação Direta de Inconstitucionalidade impetrado na manhã desta quarta-feira (3).  “Percebe-se, às escâncaras, que o Decreto Municipal afrouxou, sensivelmente, as medidas restritivas impostas pelo Governo do Estado a todo o território estadual”, destaca o magistrado.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Leia Também:  Desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso obriga Prefeito Emanuel Pinheiro a cumprir Decreto do Governo do Estado
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA