Momento Destaque

Com a transferência do Dia do Servidor Público desta quarta(28) para esta sexta(30) veja o que funciona no feriadão em Mato Grosso

Publicados

em

O Governo do Estado de Mato Grosso, transferiu o ponto facultativo desta quarta-feira (28), data em que se comemora o Dia do Servidor Público, para esta sexta-feira (30).

Tendo isso em vista, com exceção dos serviços essenciais como segurança e saúde, as repartições públicas do Estado fecham nesta quinta (29) e só reabrem na próxima terça-feira (3), já que na segunda-feira (2) é feriado nacional de Finados.

A medida consta no decreto nº 336 de 23 de dezembro de 2019, que prevê o cronograma de feriados e pontos facultativos nas repartições públicas estaduais.

Saiba o que abre e fecha no feriado:

Ganha Tempo – Todas as unidades do Ganha Tempo estarão fechadas entre 30 de outubro e 02 de novembro. Na terça-feira (03), o atendimento ao público será retomado.

Saúde – Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES) estarão fechados durante o feriado o Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Correa (Cridac), o Centro Estadual de Odontologia para Pacientes Especiais (Ceope), o Centro Estadual de Referência em Média e Alta Complexidades (Cermac), o Hemocentro e a Farmácia Especializada de Alto Custo. Na terça-feira o funcionamento desses órgãos será normal.

Leia Também:  Dados do IBGE divulgados nesta sexta apontam que taxa de desemprego no País já atingiu 14,6% na maior série histórica da pesquisa iniciada em 2012

Além da rede hospitalar do Estado, o Serviço de Atendimento de Urgência (Samu), o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), a Central Estadual de Regulação e a Central Estadual de Transplante trabalham normalmente no feriado.

Segurança – O Instituto Médico Legal (IML), assim como as delegacias Especializadas de Homicídio (DHPP), de Trânsito (Deletran), e a de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva), estarão em regime de plantão atendendo normalmente.

Já as Delegacias Especializadas de Roubos e Furtos de Cuiabá e Várzea Grande, trabalharão sob regime de sobreaviso. A Derf Cuiabá terá uma equipe de plantão para atendimento presencial de roubos em residência, que envolvam restrição à liberdade da vítima.

A Polícia Civil segue com os atendimentos na Central de Flagrantes do bairro Planalto e a Central de Ocorrências, da Prainha, além da Central de Flagrantes em frente ao aeroporto de Várzea Grande, centralizando os procedimentos de Boletins de Ocorrências.

No entanto, após o feriado, as ocorrências serão distribuídas às unidades especializadas que serão responsáveis por conduzir as investigações.

Leia Também:  Cantor e compositor Neguinho da Beija Flor com Covid 19 é internado no Rio mas passa bem segundo informou nesta sexta filho do sambista

Nas cidades do interior, as delegacias de Polícia já atuam sob regime de plantão, 24 horas por dia, e deverão continuar com este atendimento.

A intenção é que em nenhum momento seja interrompido o atendimento à população e aos policiais que venham a encaminhar detidos às respectivas unidades para lavratura de flagrantes.

B.O. ONLINE – Internautas poderão obter atendimento online na Delegacia Virtual para registro de ocorrências envolvendo extravio/furto, furto de celular, exercício ilegal da profissão, desaparecimento de pessoas, calúnia, difamação, injúria, ameaça, constrangimento ilegal, violação de domicílio, e também realizar o pré-registro de outros crimes.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com ascom)

Momento Destaque

Derrotado em segundo turno na Capital Abílio Júnior se diz incrédulo com a vitória de Emanuel e considera pedir recontagem de votos

Publicados

em

O candidato à prefeitura de Cuiabá, Abílio Júnior comentou a derrota nas urnas neste domingo (29).

Em uma disputa acirrada, Abílio perdeu para o atual prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro que teve 51,17% dos votos. Nas redes sociais, ele agradeceu à sua equipe, aos apoiadores e aos mais de 129 mil votos que recebeu. O candidato do Podemos ainda criticou a reeleição do adversário.

“Essa vitória que a turma do paletó conseguiu, da forma que ele conseguiu, não é a vitória que a gente quis. A gente quis o certo pelo certo, não vale a pena conquistar a vitória do jeito que vocês conquistaram. A gente sabe que foi muito dinheiro, uso da máquina pública e coerção. A gente encaminhou à Justiça, mas justiça que vem tarde não é tão justiça assim”, alfinetou.

Fora da vida pública, já que seu mandato como vereador pela Capital se encerra em dezembro, Abílio afirmou que sua missão agora é cuidar do filho recém nascido e que deve voltar a trabalhar na iniciativa privada.

Leia Também:  Caixa Econômica Federal paga nesta sexta-feira(27) auxílio emergencial para cinco milhões de brasileiros nascidos em abril e bolsa família

“Eu, a Samantha e o Sebastian temos uma nova missão agora que infelizmente não é cuidar de Cuiabá, é cuidar do Sebastian. Espero que os nossos gestores cuidem do HGU e o do Júlio Müller para gente cuidar dele. Estou feliz porque mais de 120 mil pessoas em Cuiabá apoiaram a gente”, declarou, ao lembrar que antes de ser eleito vereador, exercia a profissão de arquiteto e urbanista.

Abílio ainda disse estar grato aos Policiais Militares, à equipe de segurança e de marketing. O candidato também citou seus principais apoiadores, como Felipe Wellaton (Cidadania), Gisela Simona (Pros), Marcelo Bussiki (DEM) e o governador Mauro Mendes (DEM) e mandou um recado para a população.

“Estou feliz com cada um dos policiais militares, cada um da nossa equipe, da nossa segurança, cada um que esteve com a gente, que nos ajudou com marketing e que decidiu ajudar de alguma forma. Eu gostaria de agradecer o Wellaton, a Gisela Simona… Mas olha, o prefeito atual foi reeleito, diago aos vereadores, fiscalizem e a população que fique de olho”, finalizou.

Leia Também:  Derrotado em segundo turno na Capital Abílio Júnior se diz incrédulo com a vitória de Emanuel e considera pedir recontagem de votos

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA