Momento Destaque

Com gol de Fabinho, Furacão encerra jejum e volta a vencer neste sábado após sete jogos e sai da zona de rebaixamento do Brasileirão

Publicados

em

No “clássico dos desesperados”, deu Furacão. O Athletico venceu o Coritiba por 1 a 0, na tarde deste sábado(12), pela abertura da 10ª rodada do Brasileirão.

O único gol do jogo na Arena da Baixada foi do atacante Fabinho, no primeiro tempo. Os rivais chegaram para a partida na zona de rebaixamento do campeonato. Com a vitória, o Rubro-Negro saiu do Z-4 e encerrou um longo jejum. A equipe atleticana não vencia há sete jogos – eram dois empates e cinco derrotas.

Os primeiros dez minutos de jogo deram a impressão que o clássico Atletiba seria movimentado na Arena da Baixada. Os rivais deixaram a desejar e mostraram porquê estavam abraçados na zona de rebaiamento.

Mesmo assim, o Athletico começou melhor a partida e abriu o placar aos 11 minutos, com Fabinho, que pegou a sobra e soltou uma bomba indefensável para Wilson. Depois disso, o jogo ficou meio morno e sem emoções. O Coxa teve apenas uma finalização perigosa, em chute de longe de Matheus Bueno, que Santos salvou, aos 26.

Jorginho mudou o Coritiba no intervalo e trocou Jonathan por Natanael na lateral direita, e tirou Galdezani para a entrada de Giovanni. No Athletico, Eduardo Barros também mexeu no time, com Abner no lugar de Márcio Azevedo.

Leia Também:  Polícia Civil investiga morte de idoso encontrado com duas perfurações no peito e mãos amarradas dentro de uma casa em chamas

Quem começou com perigo foi o Coxa, que assustou Santos logo aos seis minutos, depois que Robson cruzou na área e a bola tocou o travessão. A partida caiu de ritmo e com os times pouco inspirados. O Coritiba ficou com um jogador a menos aos 26, depois que Igor Jesus foi expulso. O Athletico acordou aos 36, em um chute perigoso de Bissoli, que perdeu a chance de ampliar o placar, e depois desperdiçou outra com Ravanelli, aos 42. E foi só.

O Athletico encerrou um jejum de sete jogos sem vitórias no clássico com o Coritiba. O Furacão vinha em queda livre, com dois empates e cinco derrotas na sequência negativa. Com o resultado em casa, a equipe respira no Brasileirão. Foi a primeira vitória do técnico interino Eduardo Barros no Rubro-Negro.

 

Otavio Ventureli(da redação com GE)

Momento Destaque

Com dois gols contra, Athletico paranaense vence o Colo-Colo do Chile na arena da baixada e assume a liderança do Grupo C da Libertadores

Publicados

em

O Athletico paranaense venceu por 2 a 0 o Colo-Colo, na noite desta quarta-feira(23), pela quarta rodada da Libertadores.

Jogando na Baixada, o Furacão controlou o jogo todo e nem precisou fazer os gols para vencer a partida. O início do segundo tempo não poderia ser melhor.

O time foi pra cima do inoperante Colo-Colo e contou com a ajuda dos chilenos nos dois gols que saíram até os 13 minutos. Campos subiu na cobrança de escanteio ao lado de Pedro Henrique e abriu o placar com o gol contra.

Logo depois foi Suazo que entrou de carrinho no passe que era para Erick e empurrou para as redes. E foi isso, porquê o segundo tempo dos dois times foi fraco, com pouca ação, mas sem que o Athletico perdesse o controle do jogo em momento nenhum.

Com a vitória, o Athletico vai para nove pontos em quatro jogos e assume a liderança do Grupo C da Libertadores. O Colo-Colo fica com seis pontos. O rubro-negro não pode ser alcançado nem por Jorge Wilstermann e nem para Peñarol, que jogam nesta quinta, e estão com três pontos.

Leia Também:  Rebelião no cadeião de Lucas do Rio Verde MT neste fim de semana promove quebra-quebra deixa presos feridos e mobiliza polícias

O Athletico volta a jogar pelo Brasileirão neste fim de semana, na partida contra o Bahoa, na Baixada. Pela Libertadores, a próxima partida do Athletico é contra o Jorge Wilstermann, na Baixada, no dia 29 de setembro.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com GE)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA