Momento Destaque

Começou nesta segunda a Campanha Maio Amarelo cujo objetivo é promover a preservação de vidas, harmonia e consciência no trânsito

Publicados

em

Com o tema “Respeito e Responsabilidade: pratique no trânsito”, a campanha Maio Amarelo iniciou com objetivo de promover a empatia em prol da preservação de vidas no trânsito, trazendo mais consciência e harmonia para um trânsito com mais respeito e responsabilidade.

“Neste ano de pandemia, mesmo com a redução do fluxo de veículos nas rodovias federais que cortam Mato Grosso e, apesar da pequena redução no número de acidentes, aumentaram os acidentes graves e os óbitos no trânsito”, observou a gerente de Ações Educativas do Detran-MT, Rosane Pölzl.

Segundo Rosane, as estatísticas em geral apontam que mais de 90% dos acidentes de trânsito decorrem de falha humana. “Sendo assim, ao seguirmos o que preconiza a legislação de trânsito, estamos adotando protocolos de segurança, reduzindo riscos e consequentemente preservando vidas”, destacou.

O Maio Amarelo de 2021 seguirá o mesmo padrão do movimento realizado no ano passado. Devido às restrições impostas pela situação de pandemia, as ações da campanha serão de forma digital para evitar aglomerações.

Leia Também:  Deputado cobra prioridade na vacina para conselheiros tutelares e líderes comunitários

Maio Amarelo

O Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito. A campanha envolve Poder Público e a sociedade civil com a intenção de colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar em torno dessa luta toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada.

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) irá coordenar essas ações em parceria com o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) no âmbito do Acordo de Cooperação, além de contar com o envolvimento de todos os órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito (SNT) e demais interessados que se engajam a fim de preservar vidas no trânsito seja através de ações educativas ou repressivas.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

 

Momento Destaque

Com informações da Polinter de MT Polícia Civil de Santa Catarina prende em Camburiú assassino que matou a mulher em 2011 em Cáceres MT

Publicados

em

A trajetória de fugas de um foragido da Justiça, que cometeu um bárbaro homicídio no interior de Mato Grosso chegou ao fim com a captura do criminoso na segunda-feira (10), na cidade de Balneário Camboriú, no litoral catarinense.

A prisão ocorreu depois de informações repassadas pela Gerência de Polinter e Capturas de Mato Grosso à Polícia Civil de Santa Catarina, que levaram à prisão do homem de 30 anos.

A Polinter recebeu no início deste ano uma solicitação de apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres para localizar o atual paradeiro do fugitivo, que foi identificado como autor de brutal homicídio ocorrido o em 11 de fevereiro de 2011, que vitimou Benedita de Paula Nunes, de 27 anos.

A vítima foi cruelmente espancada e torturada até a morte e encontrada em sua residência totalmente despida e com várias lesões no corpo. O crime chocou moradores da cidade diante da gravidade e da forma cruel como a vítima foi morta.

Com o avanço das investigações realizadas pela DEDM de Cáceres e com a autoria do crime definida, após representação criminal da autoridade policial, o Poder Judiciário decretou em outubro de 2019 a prisão preventiva do investigado. Desde então, o autor do crime passou a ser considerado foragido da justiça.

Leia Também:  Empresas de Mato Grosso podem negociar já a partir desta segunda através do REFIS os débios referentes ao ICMS vencidos até dezembro ultimo

Por diversas vezes, a Polícia Civil tentou capturá-lo, mas sem sucesso, pois ele se refugiava na Bolívia, de onde  retornou poucas vezes ao Brasil.

Em fevereiro deste ano, a Polinter chegou a enviar uma equipe a Cáceres, mas as buscas pelo foragido não tiveram êxito. Uma última tentativa foi realizada para localizá-lo em Goiânia, contudo, com os dados obtidos no decorrer das investigações, a equipe da Polinter conseguiu apurar o possível paradeiro do foragido, cujas informações levavam à região Sul do Brasil.

Em um trabalho em conjunto com a equipe do delegado Vicente Soares, da Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú, os policiais civis do município catarinense checaram prováveis locais onde ele poderia esta e com apoio da Polícia Militar local conseguiram realizar a prisão nesta segunda-feira.

As buscas pelo foragido contaram também com o auxílio da Delegacia Regional de Cáceres.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres, para onde o foragido deverá ser recambiado.

Leia Também:  Ações sociais do Governo do Estado de MT marcam o aniversário de 87 anos do municipio de Luciara comemorado nesta segunda-feira

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessorias)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA