Momento Destaque

Cumprindo mandado de prisão da Justiça do Estado do Pará Polícia de MT prende homem acusado de matar mulher a tiros em Itaituba PA

Publicados

em

Um homem de 42 anos, acusado de matar a tiros sua ex-companheira, identificada como Keilleane da Silva, 28 anos, em um garimpo de Itaituba, no Pará, foi preso esta semana em Paranaíta, municipio de Mato Grosso.

Ao ser abordado pelos policiais civis, ele fingiu ser irmão do suspeito, mas logo assumiu ser quem as autoridades procuravam.

Os investigadores da Delegacia de Paranaíta MT receberam uma informação de que havia um homem com atitudes suspeitas morando na Gleba Mandakaru, zona rural do municipio. Ao chegarem no local, os policiais localizaram o suspeito que também chegava ao barraco em que vivia.

Ao ser questionado, o suspeito se apresentou com um nome diferente e disse que o nome que constava no mandado de prisão preventiva era de ser irmão, que não encontrava há alguns anos. Os policiais então mostram uma imagem divulgada em um jornal do Pará e perguntou se os dois seriam gêmeos, momento em que o homem assumiu sua verdadeira identidade e o crime cometido.

Leia Também:  Rebelião no cadeião de Lucas do Rio Verde MT neste fim de semana promove quebra-quebra deixa presos feridos e mobiliza polícias

O homem foi conduzido para a Delegacia de Paranaíta e apresentado ao delegado Eugênio Rudy Jr., que deu cumprimento ao mandado de prisão expedido pela Comarca de Itaituba.

De acordo com informações da Polícia Judiciária Civil (PJC), em novembro de 2016, o suspeito matou a tiros Keilleane da Silva. O assassinato teria acontecido em um garimpo no distrito de Crepurizão, município de Itaituba.

Momento Destaque

Esposa de mafioso ligado ao PT e alvo da PF é assessora do senador biônico Carlos Fávaro que afirma ter demitido a mulher até que tudo se esclareça

Publicados

em

A advogada Márcia Zampiron(foto), lotada no gabinete do senador biônico de Mato Grosso,  Carlos Fávaro,  desde julho, foi alvo da Operação E$quema S, da Polícia Federal.

Márcia Zampiron é esposa de Ivan Guimarães, conhecido no suposto grupo criminoso por “Ivan, o terrível”, ex-presidente do Banco Popular durante o governo de Lula, e ligado a José Dirceu, Delúbio Soares e Waldomiro Diniz.

O esquema desbaratado pela Polícia Federal  diz respeito a uma roubalheira  de mais de R$ 150 milhões em contratos do Sesc e Senac.

Ivan, também conhecido como “o terrível”, foi operador financeiro de Hélio Costa durante a campanha ao governo de Minas Gerais em 2010. O dono da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa, preso em 14 de novembro de 2014, na sétima fase da operação Lava Jato, em delação premiada, colocou Ivan no olho do furação.

O  senador afirmou que a ligação de Zampiron com escândalos petistas o surpreendeu e declarou que a servidora foi exonerada do seu gabinete “até que tudo se esclareça”.

 

Leia Também:  Operação do GEFRON apreende tabletes de cocaína, veículos e barcos causando um prejuízo aos traficantes da ordem de R$ 22 milhões de reais

Otavio Ventureli(da redação com o antagonista)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA