Momento Destaque

Dados da SESP MT revelam que só no 1º semestre do ano aumentou o registro de violência contra a mulher

Publicados

em

Em Mato Grosso, no primeiro semestre deste ano, entre janeiro e junho, diariamente, 72 mulheres com idade entre 18 e 59 anos registraram queixa por agressão física (lesão corporal) e ameaça.

Esses dois crimes totalizaram 12.985 ocorrências contabilizadas pelas forças policiais. 

De acordo com dados do Observatório da Segurança, a divisão estatística da Secretaria de Segurança Pública, lesões corporais foram 4.443 casos, um aumento de 2% em relação ao primeiro semestre de 2021.

Esse crime representou 740,4 registros ao mês. Ou, melhor detalhando, 24,6 ao dia.

Já as queixas por conta de ameaças diminuíram em 3%. são 8.542, contra 8.800 entre janeiro e junho do ano anterior. Apesar dessa redução, permanece alto, com 1.423 ao mês. Ou 47,4 ao dia.

Já as tentativas de assassinato saltaram de 106, nos primeiros seis meses de 2021, para 121 em 2022. Ou seja, 14% a mais. Os dados do mês de julho ainda estão sendo consolidados.

Nesta semana, foi lançada a Campanha “Agosto Lilás”, de prevenção à violência contra a mulher. Essa é uma ação que integra órgãos e instituições de diversos setores.

Leia Também:  Senador WF demonstra descontentamento com a inclusão do PSB no arco de alianças do Governador Mauro Mendes

No âmbito do Poder Judiciário, a Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cemulher-MT) realiza, na próxima semana, no dia 10, às 9h, o “Colóquio sobre Políticas Públicas e a Rede de Atendimento às vítimas de violência doméstica e familiar contra a mulher”.

O evento ocorrerá no auditório da Faculdade de Direito da Universidade de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá.

A campanha “Agosto Lilás” foi criada para divulgar a sanção da Lei Maria da Penha (Nº 11.340/2006), que, neste mês, celebra 16 anos.

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) programou ações de prevenção e orientação sobre violência doméstica em nove municípios, entre os dias 2 e 29.

O programa Ônibus Lilás, com uma equipe técnica multiprofissional, abordará violência doméstica, direitos da mulher e sobre a Marcha das Margaridas (movimento social ocorrido em 2014 contra a violência doméstica).

E, também, como funciona a rede social de proteção e defesa da mulher no Estado, Patrulha Policial Maria da Penha, qual é o papel do Conselho Estadual da Mulher, entre outros aspectos sociais, culturais e históricos.

Leia Também:  Campanha Agosto Lilás é lançada em Cuiabá e chama atenção para importância de denunciar atos de violência contra a mulher

Os municípios são: Vale São Domingos, Cáceres, Alto Garças, Alto Araguaia, Jangada, Sinop, Nova Canaã, Santa Helena e Gaúcha do Norte.

 

Otavio Ventureli(da redação com Assessoria)

Momento Destaque

Kalil fiscaliza obras de educação para 2022 e garante mais de R$ 18 milhões em aporte

Publicados

em

 

 

ATUALMENTE A POPULAÇÃO ESTUDANTIL DE COMPETÊNCIA DE VÁRZEA GRANDE SUPERA OS 30 MIL ALUNOS E A META É AMPLIAR EM MAIS CINCO MIL VAGAS ATÉ 2024

Mesmo tratando todas as áreas da Administração Pública como essenciais, o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat aproveitou o Dia do Estudante, comemorado nesta quinta-feira, 11 de agosto, para vistoriar as obras da Educação, do Esporte, Cultura e Lazer que se encontram sendo executadas e com previsão de serem entregues ainda em 2022.

“Estamos trabalhando para melhorar as unidades escolares, para abrir mais vagas no ensino público e principalmente garantir qualidade no ensino, além de fomentar a prática esportiva, o lazer e o entretenimento”, explicou Kalil Baracat acompanhado pelo vice-prefeito José Hazama e pelos secretários, de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidélis e de Viação e Obras Públicas, Luiz Celso Morais.

No decorrer da vistoria, Kalil Bacarat e José Hazama, cobraram qualidade nas obras executadas e principalmente zelo com os gastos públicos para que mais pessoas possam usufruir das políticas públicas, principalmente a maior parcela da população que necessita do suporte público para ter acesso a educação, saúde, segurança, social e obras que valorizam a cidade como um todo. “Uma unidade escolar, quando bem gerida e tendo qualidade, ela se torna referencial para a comunidade que vive em função da mesma”, lembrou Kalil Baracat, sinalizando que a Educação em Várzea Grande tem sido construído avanços significativos para os alunos, para os pais e para os profissionais que atuam diretamente na Educação Pública.

O secretário Silvio Fidélis lembrou que estão em fase final de execução das obras do Espaço Esportivo João Gonçalo da Costa, no bairro da Manga, no Cristo Rei, anexa ao Centro Municipal de Educação Básica – CMEI que leva o nome do saudoso Senador Jonas Pinheiro da Silva. O Espaço Esportivo João Gonçalo da Costa é composto por academia ao ar livre com 8 aparelhos para a prática e melhoria do condicionamento físico, além de um playground para a crianças. “Queremos e vamos reforçar os espaços de lazer e entretenimento para que a família várzea-grandense seja valorizada e tenha cada vez mais satisfação de viver na cidade”, explicou o secretário Silvio Fidélis.

Leia Também:  Jogadores do Cuiabá estão conscientes de que precisam vencer o Juventude neste sábado(13) na Arena Pantanal

As autoridades visitaram ainda o funcionamento da CMEI Senador Jonas Pinheiro e conheceram a funcionalidade e cobraram da diretora da unidade Carla Letícia Borges, resultados, pois a base educacional é essencial na formação dos futuros profissionais. Já às obras da CMEI Nair Sacre, na Cohab Cristo Rei, está sendo reformada e ampliada e vai atender até 400 crianças de 1 a 3 anos. “Hoje existe uma ansiedade muito grande da população, que vive no entorno, para a entrega da unidade de ensino que é referência para os pais das crianças”, disse a diretora da unidade Rosana Domingas da Silva.

Considerada como uma das mais importantes obras do setor educacional, com um projeto inovador e com capacidade entre 700 a 1.200 alunos, a EMEB Alino Ferreira de Magalhães, no Bairro Alto da Boa Vista, no Grande Parque do Lago, teve suas obras retomadas e se encontram em estágio avançado. “Estamos unindo qualidade de obras, com salas com ar-condicionado, acessibilidade, espaços multiusos, enfim todas uma gama estrutural, que somada ao índice de ensino praticado pelos professores, auxiliares, técnicos entre outros, vai potencializar o ensino e os resultados que queremos e desejamos para todos os alunos”, sinalizou o vice-prefeito José Hamaza, exaltando o compromisso da atual gestão com as áreas essenciais como saúde, educação, segurança, social entre outros.

Leia Também:  Varíola dos macacos: Ministério da Saúde fixa nível máximo de alerta

Durante a vistoria das obras do CMEI Maria Ignês França Auad, na Vila Arthur, e que leva o nome da mãe do ex-prefeito de Cuiabá, ex-deputado estadual, ex-deputado federal, o apresentador de Televisão, Roberto França Auad, o prefeito Kalil Baracat e o secretário Silvio Fidélis, reafirmaram o compromisso de concluir até o final de 2024, diversas obras que consumirão mais de 250 milhões em recursos públicos. A CMEI tipo 1 Padrão FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, com 10 salas de aula, sala multiuso, lactário, sala de amamentação, vestiário, rouparia, lavandeira, cozinha, despensa e depósito, além de sala de professores, secretaria e diretoria.

A capacidade da unidade do Vila Arthur é de até 350 alunos de 1 a 3 anos.  Silvio Fidelis lembrou que além das unidades vistoriadas pelo prefeito Kalil Baracat, pelo vice, José Hazama, mais duas unidades estão com suas obras em fase de finalização e deverão ser entregues até o final deste ano. “A EMEB Mamed Untar do bairro Jardim Alá e a EMEB Maria de Lourdes Toledo Areias, da localidade de Praia Grande já estão com suas obras praticamente prontas, aguardando mobiliário e equipamentos para serem incluídas no calendário de inaugurações da Prefeitura. O secretário frisou que as novas unidades escolares irão ampliar a capacidade de atendimento da rede municipal que atualmente possui mais de 30 mil alunos matriculados nas 90 unidades escolares da rede municipal de Várzea Grande.

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI