Momento Destaque

Deputado Juarez Costa acusa Rosana Martinelli de “traidora” citando que a atual Prefeita de Sinop MT foi eleita pelo seu grupo politico

Publicados

em

O candidato à Prefeitura de Sinop MT, o deputado federal Juarez Costa(na foto ao lado de Rosana),  não acredita que o fato de ter sido alvo de operação do Gaeco possa prejudicar eleição e criticou a escolha da ex-aliada e atual prefeita Rosana Martinelli, que recuou de ir à reeleição e declarou apoio a Roberto Dorner.

Rosana, que foi vice quando Juarez foi eleito prefeito em 2012, rompeu com o colega e o parlamentar vê “traição” desde sua candidatura à Câmara Federal quando ela teria negado apoio.

“Se fosse reclamar de traição, eu poderia reclamar da minha candidatura para deputado federal que eu não tive apoio. A Rosana foi eleita com o meu grupo e se você perguntar para todo mundo lá que votou nela foi porque era minha candidata”, disse Juarez em conversa com a imprensa no Palácio Paiaguás nesta segunda (28).

Ele garante que o rompimento com a prefeita não influenciou na sua atuação como deputado federal e que continuou trabalhando pelo município.

“E eu trabalhei esse tempo, ajudei a administração, coloquei recursos, verbas federais, tentei ajudar mais, mas infelizmente a Rosana não ouviu o grupo e foi querer buscar gente de todos os lados. Eu acho que não foi uma boa opção”, avalia.

Leia Também:  Servidores do IFMT de Campos Novo do Parecis MT supostamente envolvidos em roubalheira e candidata a vereadora são afastados

Sobre as eleições de 15 de novembro Juarez se diz seguro e não teme perder votos pela falta de apoio da atual prefeita. “O grupo da Rosana é o grupo meu. Acho que ela foi na contramão da história. Ela acabou indo para um lado e deixando quem a elegeu. Não estou voltando porque eu quero ser prefeito é porque a sociedade pediu isso através de pesquisas e ela não se viabilizou”, disparou.

O recuo de Rosana da candidatura ocorreu no dia seguinte após a convenção e o motivo seria ela temer ser derrotada pelo ex-aliado nas urnas. “Tivemos uma conversa até o último momento e esperaria que se não me apoiasse ficasse quieta, mas declarou voto ao adversário e entendo que não tenha sido um bom caminho, mas cada um faz a sua escolha”.

Sobre ataques de adversários que teria iniciado disparou em massa de informações falsas por WhatsApp disse que prefere focar em propostas. “Sou psicologicamente muito bem preparado, já estou sendo atacado por fakenews e a questão judicial deixo a Justiça tomar conta”.

Leia Também:  Chifre: Após ouvir da companheira que o ex-patrão é melhor que ele na cama, homem joga gasolina na mulher e ateia fogo

 

 

Otavio Ventureli(da redação com rdnews)

Momento Destaque

Copa do Brasil: Em jogo tenso com expulsão Santos x Ceará empatam na Vila Belmiro nesta quarta e decisão de vaga fica para Fortaleza

Publicados

em

Pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, Santos e Ceará empataram em 0 a 0, na Vila Belmiro, nesta quarta-feira (28).

O destaque do jogo ficou para a expulsão do zagueiro Lucas Veríssimo, aos 45 minutos do primeiro tempo, com o auxílio do VAR, após dividida com Rafael Sóbis, em que o defensor santista acabou acertando com as travas da chuteira a cabeça do atacante cearense.

Nos primeiros minutos de jogo, o Santos deu indícios de que poderia ir para cima. O time de Cuca avançou as suas linhas ofensivas e concentrava as suas jogadas no campo de ataque. No entanto, o Ceará logo neutralizou as subidas do time da casa e passou a trocar passes na sua zona ofensiva, o problema é que ambas as equipes não criavam situações claras de gol.

Aos 45 minutos do primeiro tempo, o zagueiro Lucas Veríssimo, que iniciou a partida como capitão do Santos, foi expulso de campo, após levantar demais o pé e acertar a cabeça do atacante Rafael Sóbis com a trava da chuteira. Inicialmente o defensor santista recebeu amarelo, que se tornou vermelho após consulta ao VAR.

Leia Também:  ex-mister Cuiabá é preso após atirar em policial militar em confusão registrada na madrugada desta segunda(26) na Naun Garden

Mesmo com um a menos, o Santos voltou se impondo mais ao ataque na segunda etapa, inclusive criando mais oportunidades do que todo o primeiro tempo. Com dois chutes da entrada da área, Marinho fez Fernando Prass trabalhar. Enquanto isso, Soteldo estava afim de jogo, correndo bastante, se apresentando pro jogo e criando oportunidades principalmente pelas beiradas.

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA