Momento Destaque

Dois elementos que participaram de terror em fazenda estão presos e serão autuados em flagrante pela Polícia Civil de Lucas do Rio Verde MT

Publicados

em

Dois homens envolvidos na chacina que vitimou uma família moradora da comunidade Mossoró, em Lucas do Rio Verde MT, no último domingo(30) foram presos em operação das Polícias Civil e militar  na tarde desta segunda (31).

Alvejados por vários disparos, avós, filho e uma neta de 3 anos, foram reféns do bando que agiu impiedosamente e com agressividade contra os integrantes da família.  Ao menos quatro homens participaram do crime.

Avô e neta, que foram executadas com tiro na cabeça, não resistiram e morreram. O pai da criança e a avó seguem internados no Hospital Regional São Lucas, no municipio.

 O delegado Daniel Nery disse, em entrevista coletiva, que após o crime, a polícia em busca dos suspeitos conseguiu localizar o veículo GOL GW vermelho, que os bandidos usaram para chegar na fazenda. A localização foi feita com auxílio das câmeras de monitoramento da cidade que apontaram o paradeiro de dois dos 4 integrantes do grupo.

Segundo Nery, os criminosos não admitem a autoria dos disparos, mas confirmam que estavam junto aos outros dois homens ainda foragidos. “Eles confirmam que estiveram juntos no evento, mas não querem confessar que atiraram, até mesmo pela intensidade do crime. De qualquer forma, serão autuados em flagrante”, disse.

Leia Também:  Polícia Civil divulga dados sobre a Operação "Fronteira Segura" deflagrada para combater tráfico de drogas na região sul do Estado

Motivação

O delegado, inicialmente, direciona a motivação do crime a um desentendimento com a família no dia anterior, onde os suspeitos teriam voltado para um acerto de contas.

Marcelo Maidame, delegado responsável pelo caso ressaltou a motivação torpe e disse que as investigações constataram que o bando estava sob efeito de álcool e drogas no dia do crime. Segundo Maidame, todos o processo deve ser direcionado ao Ministério Público para que o grupo responda futuramente por homicídio qualificado e tentado.

“É um crime muito grave. Iremos trabalhar empenhados para fazer um bom procedimento criminal”, afirmou o delegado.

O tenente-coronel da PM Fábio Mota, que também está trabalhando do caso, afirmou que a Polícia Militar continuará realizando a busca pelos outros dois integrantes, ainda foragidos. “Dever de resposta à sociedade Luverdense”.

 

Otavio Ventureli(da redação com rdnews)

Momento Destaque

Incêndio atinge ponte de embarque do aeroporto de São Luis no Maranhão bombeiros levam 50 minutos para debelar o fogo sem vítimas

Publicados

em

Um incêndio atingiu a ponte de embarque de número 01 do Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, em São Luís, capital do Maranhão.

O acidente aconteceu por volta das 17h deste sábado, 26. Os bombeiros foram acionados e cessaram o fogo.

A  assessoria de imprensa da Infraero informou que “não havia aeronave acoplada no momento do incidente e não houve feridos”. A ponte de embarque passará por perícia para apuração do motivo que provocou o incêndio.

O incêndio durou cerca de 40 minutos. O aeroporto teve as operações suspensas entre 17h e 17h08.

Por meio de uma rede social, o governador Flávio Dino,  lamentou o ocorrido e colocou o Governo do Estado à disposição para ajudar na recuperação do aeroporto. “Lamento a ocorrência de incêndio no aeroporto de São Luís. Espero que o Governo Federal adote as providências de reparação cabíveis, já que é um equipamento federal”.

 

Otavio Ventureli(da redação com terra)

Leia Também:  PF está a procura de um piloto interceptado pela FAB na Serra do Cachimbo que ateou fogo na aeronave que supostamente trasportava drogas
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA