Momento Destaque

Em entrevista no Vaticano Papa Francisco falou sobre sexualidade e sobre gastronomia. Para ele, ‘o prazer é simplesmente divino’

Publicados

em

O Papa Francisco(foto) chama os prazeres culinário e sexual de algo “simplesmente divino”, em um livro de entrevistas publicado nesta quarta-feira (9) na Itália.

“A Igreja condenou os prazeres desumanos, grosseiros, vulgares, mas por outro lado sempre aceitou os prazeres humanos, sóbrios, morais”, estima o papa argentino quando questionado por Carlo Petrini, escritor e gourmet italiano.

“O prazer vem diretamente de Deus, não é católico, nem cristão, nem nada parecido, é simplesmente divino”, enfatiza o pontífice.

“O prazer de comer serve para manter uma boa saúde, da mesma forma que o prazer sexual serve para embelezar o amor e garantir a continuidade da espécie”, disse Francisco.

O Papa se opõe categoricamente a uma “moralidade abençoada” que rejeita a noção de prazer, como aconteceu na história da Igreja Católica, porque  “é uma interpretação errônea da mensagem cristã”.

Esta visão “causou enormes danos, que ainda são perceptíveis em alguns casos”, acrescentou. O papa também destaca sua admiração pelo filme “A Festa de Babette”, que se passa em uma comunidade protestante dinamarquesa ultrapuritana do século XIX e que é uma homenagem à gastronomia.

Leia Também:  Incêndio atinge ponte de embarque do aeroporto de São Luis no Maranhão bombeiros levam 50 minutos para debelar o fogo sem vítimas

“Para mim é um hino à caridade cristã, ao amor”, considera o Papa.

 

Otavio Ventureli(de Brasilia)

Momento Destaque

Mãe de rapaz encontrado sem cabeça as margens do Rio dos Macacos em Sinop MT reconhece o filho por tatuagem e ajuda na identificação

Publicados

em

A Polícia Civil identificou como Lineker de Souza Corrêa, 22, o jovem encontrado morto, decapitado, às margens do Rio dos Macacos, 35 km do Centro de Sinop, no Mato Grosso.

Natural de São Paulo,  o rapaz  estava morando com a família há um mês na cidade. O caso está sendo investigado.

De acordo com as informações, assim que a imprensa começou a divulgar o encontro do cadáver, que estava decapitado, fotos da vítima passaram a ser compartilhadas por aplicativos de mensagem.

A mãe da vítima viu e acabou reconhecendo o filho por uma de suas tatuagens. Ela foi até à Polícia e ajudou na identificação. Segundo ela, o rapaz estava trabalhando e não tinha problemas com ninguém.

Ele e a família estavam morando há um mês em Sinop, vindos de São Paulo. Perícia Oficial esteve no local e afirmou que ele estava morto há pelo menos 24 horas.

Vale ressaltar que a cabeça da vítima não foi localizada. Polícia ainda fez buscas pela região e só encontrou marcas de sangue próximo do rio. Polícia Civil está investigando a motivação do crime e a autoria.

Leia Também:  Incêndio atinge ponte de embarque do aeroporto de São Luis no Maranhão bombeiros levam 50 minutos para debelar o fogo sem vítimas

 

Otavio ventureli(da redação com ascom)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA