Momento Destaque

Empresários do setor de eventos pedem apoio para retorno de atividades

Publicados

em

Nesta terça-feira (22.06) empresários estiveram na Câmara Municipal a fim de buscar apoio junto ao presidente da Casa, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB), para que articule com o executivo a retomada de eventos na cidade.
Segundo o empresário do segmento, Bruno Batata, com o impacto da pandemia, há quase dois anos teve que parar as atividades.
“Viemos pedir ao presidente que interceda junto ao prefeito para que eles ajudem o segmento de casas de shows e eventos a voltarem a trabalhar respeitando a capacidade de público, a biossegurança e com toda a responsabilidade”, comentou.
O presidente da Câmara disse que irá dialogar com o prefeito sobre a possibilidade da retomada da atividade do setor gradativamente, respeitando as medidas de biossegurança.
“O setor de eventos foi um dos segmentos mais afetados pela pandemia. Foram os primeiros a fechar as portas. Iremos levar ao prefeito as demandas apresentadas e buscar um estudo, junto com a equipe do Executivo, para que possamos encontrar meios para o retorno das atividades desse setor”, disse.
Leia Também:  Batalhão Rotam homenageia autoridades com medalha ‘Mérito Tático Policial’; ntrega da honraria militar faz parte da programação do 20º aniversário da unidade especializada da PM

Momento Destaque

Homem que matou por disputa de comando de tráfico é condenado a 24 anos

Publicados

em

O Conselho de Sentença da comarca de Cotriguaçu (950 km de Cuiabá) julgou e condenou, por unanimidade, Edenilson da Luz dos Santos pelos homicídios qualificados de Caio Henrique Barteli dos Santos e Evandro Gomes dos Passos, ocorrido em 2019.
A sessão do Tribunal do Júri foi realizada na quarta-feira (28), e a pena estabelecida pelo juízo foi de 24 anos de reclusão em regime inicialmente fechado, sendo mantida a prisão preventiva do condenado e negado o direito de recorrer em liberdade.

Durante o julgamento, a promotora de Justiça substituta Caroline de Assis e Silva Holmes Lins defendeu a condenação do réu pelo crime de homicídio qualificado por motivo cruel e emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima Caio Henrique, bem como a condenação pelo crime de homicídio consumado da vítima Evandro, qualificado pelo emprego de recurso que dificultou a defesa.

Conforme a denúncia do Ministério Público, o crime teria sido motivado por disputa pelo comando do tráfico na cidade de Cotriguaçu. Edenilson dos Santos matou as vítimas com disparos de arma de fogo na praça João Paulo II. Eles estavam juntos no local quando começaram a discutir e o denunciado atirou contra a cabeça de Caio Henrique e as costas de Evandro.

Leia Também:  Desenvolve-MT conta com servidores cedidos da ALMT para agilizar a demanda de liberação de crédito aos micros e pequenos empreendedores do Estado

O autor fugiu e as vítimas chegaram a ser socorridas, mas não resistiram aos ferimentos.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA