Momento Destaque

Escolhidos nesta quinta-feira(03) com publicação no DO do Estado desta sexta(04) os nomes dos quatro novos coronéis da PM MT

Publicados

em

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, escolheu os quatro nomes para o posto máximo da Polícia Militar nesta quinta-feira (3).

Após muita espera e uma verdadeira via sacra dos 12 indicatos pelo Comando Geral da PM, quatro tenentes-coronéis agora passam para o cargo de coronel.

Os escolhidos são: Fábio de Souza Andrade, Cesar Augusto de Camargo Roveri, Fabio Luiz Bastos e Antônio Nivaldo de Lara Filho. A nomeação deve aparecer na edição desta sexta-feira (4) do Diário Oficial do Estado.

O próprio governador ligou para todos e deu a notícia boa para cada eleito. O primeiro foi o comandante do CR de Juína, Fabio Luiz Bastos. O segundo e o terceiro foram Roveri e Andrade. O último promovido é o ex-comandante da Força Tática de Cuiabá, Ten. Cel,  Lara Filho(foto).

Na última promoção para o cargo da PM, em 2019, o governador nomeou sete ao posto máximo. Após isso, novas mudanças nos comandos regionais e de batalhões especializados também ocorreram.

A expctativa era de que essa promoção que ocorreu nesta quinta(03) fosse anunciada ainda no primeiro semestre, mais precisamente no mês de abril.

Leia Também:  PF está a procura de um piloto interceptado pela FAB na Serra do Cachimbo que ateou fogo na aeronave que supostamente trasportava drogas

No entanto, com nova lei aprovada pela Assembleia Legislativa, o governador agora só nomeia novos coronéis no mês de setembro, durante a Semana da Pátria. Desta vez, a disputa foi concorridíssima e envolveu muito apoio política.

A nomeação dos novos promovidos faz parte da semana de aniversário da Polícia Militar de Mato Grosso, que se comemora no dia 5 de setembro, próximo sábado.

 

Otavio Ventureli(com assessorias)

Momento Destaque

PRF apura origem de mais de 17 Kg de ouro apreendidos em poder de 3 homens que viajavam de Cuiabá para São Paulo na BR 364

Publicados

em

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou uma quantia de 17,95kg de ouro, sobre  o banco de uma caminhonete Toyota Hilux, durante fiscalização na BR-364, em Alto Garças, no Mato Grosso.

O flagrante foi feito na tarde de sexta (25). O minério apreendido é avaliado em mais de R$ 5 milhões.

A equipe da PRF, que fiscalizava no km 48, abordou o veículo com placas de Olímpia (SP). A caminhonete era ocupada pelo condutor, de 36 anos e dois passageiros (56 e 53 anos). Questionados, disseram que estavam viajando de Cuiabá para São Paulo e que o condutor trabalhava com vendas, sem especificar detalhes. Os passageiros seriam os seguranças do motorista.

Os policiais realizaram uma busca veicular e encontraram, dentro de uma mala, sobre o assento traseiro do veículo, uma quantia pesando aproximadamente 17,95 kg de ouro em barras. Foi apresentada nota fiscal, mas quando os policiais solicitaram a guia de trânsito o condutor disse que não possuía esse documento.

Conforme a nota fiscal, o ouro transportado é ativo financeiro, pois foi recolhido IOF (imposto sobre operações financeiras) e não o ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços). Por se tratar de ativo financeiro é obrigatória a expedição da guia de trânsito de ouro ativo financeiro.

Leia Também:  Levantamento da Secretaria de Segurança Pública de MT aponta que crimes não autorizados de intimidade sexual aumentaram 367% no Estado

 

 

Otavio Ventureli(da redação com RDnews)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA