Momento Destaque

Grave acidente neste domingo(03) na Serra de São Vicente em Cuiabá envolvendo um ônibus de Buenos Aires mata os dois motoristas argentinos

Publicados

em

Dois motoristas argentinos, que não tiveram seus nomes divulgados, morreram após o ônibus perder o controle e colidir contra uma pedreira, na noite deste domingo (3), na BR-364, na Serra de São Vicente. Dentro do ônibus havia 8 ocupantes, que passam bem.

Segundo informações, a concessionária Rota do Oeste e a Polícia Rodoviária Federal foram acionadas às 21h55 para atendimento no km 350, de um acidente envolvendo a saída de pista de um ônibus com placa da Argentina.

Ao chegar no local, testemunhas relaram que o veículo teria perdido o controle, saído da pista e colidido no pátio da pedreira. As equipes de resgate da Rota do Oeste constataram o óbito dos dois motoristas do veículo.

A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) esteve no local para analisar a ocorrência e fazer a liberação dos corpos, que posteriormente foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML),  para exame de necropsia.  

 

Otavio Ventureli(da redação com RO)

Leia Também:  Tecnologia: Agência Nacional de Telecomunicações libera nesta terça(16) ativação 5G para mais três capitais

Momento Destaque

Lei de vereador garante atendimento prioritário a pessoas com deficiência ou doenças não visíveis

Publicados

em

Linha Fina: Com a iniciativa, o presidente da Comissão de Saúde, vereador Dr. Luiz Fernando, busca incentivar o uso do Cordão de Girassol por pessoas portadoras destes problemas

Sancionada a Lei nº 6.851/2022, que institui a Semana Municipal de Conscientização do Uso do Cordão de Girassol, a ser celebrada anualmente, na semana do dia 21 de setembro, em conformidade com o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

De autoria do vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos), a norma, sancionada pelo Executivo, busca incentivar o Uso do Cordão de Girassol por pessoas com deficiências ou doenças não visíveis para sinalizar a necessidade de atendimento prioritário.

Com a iniciativa, Luiz Fernando, que é presidente da Comissão de Saúde da Câmara do Legislativo, busca incentivar o uso do objeto por pessoas portadoras destes problemas. E também, estimular a capacitação de profissionais para prestar atendimento a este público, bem como, conscientizar a população de que àquele que faz o uso do Cordão de Girassol, carece de atenção especial.

“Por meio desta lei, vamos garantir maior conforto e diminuir as situações de estresse para aqueles que, por alguma condição pré-determinada, não suportam situações rotineiras como aglomerações, sons elevados ou mesmo longos períodos de espera”, explica o vereador ao enfatizar que o Cordão de Girassol também significa um sinal de empatia com o próximo.

Leia Também:  Prefeito de Várzea Grande MT Kalil Baracat entrega ala vermelha com 18 novos leitos de UTIs no PS municipal

Em ascensão em todo o mundo, o Cordão de Girassol foi criado há aproximadamente seis anos, em Londres: é uma faixa estreita de tecido ou material equivalente, verde, com desenhos de girassóis – para sinalizar a preferência de atendimento e suporte diferenciado a este público.

Conforme a lei federal Nº 6.842, de 29 de abril de 2021, as doenças não visíveis – são as que não são imediatamente identificadas, a exemplo de autismo, Transtorno de Déficit de Atenção (TDA), transtornos ligados à demência, Doença de Crohn, colite ulcerosa e fobias extremas.

Márcia Martins / Assessoria de Imprensa de Gabinete

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI