Momento Destaque

Governo do Estado de Mato Grosso lamenta mortes de dois policiais penais em trágico acidente nesta terça na BR 163 em Diamantino

Publicados

em

O Governo  de Mato Grosso, através da Secretaria de Segurança Pública, lamenta as mortes de dois dos seus servidores públicos, nesta terça-feira(06), no interior do Estado

Dois policiais penais morreram em um acidente envolvendo uma caminhonete oficial do Sistema Penitenciário e uma carreta, na tarde desta terça-feira (06). A ocorrência foi registrada na BR-163, em Diamantino, no Mato Grosso.

O acidente ocorreu por volta das 13h, no km 527 da rodovia federal. Informações preliminares apontam que havia 3 ocupantes na caminhonete, dos quais dois morreram no local e um foi resgatado pela equipe médica.

O motorista da carreta sofreu uma fratura no braço e  foi atendido pela equipe médica.

Além da Rota do Oeste, a Polícia Rodoviária Federal e agentes do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também foram acionados e estiveram no local da tragédia. Devido à gravidade do acidente, a pista segue interditada.

NOTA DA CONCESSIONÁRIA(Ontem)

“A Rota do Oeste e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram acionadas às 13h22 para o atendimento de uma ocorrência no km 527 da BR-163, em Diamantino, envolvendo um veículo de carga e uma unidade do sistema prisional.

A equipe de resgate da Rota do Oeste está no local prestando atendimento aos envolvidos.

As informações iniciais indicam que dois ocupantes do veículo oficial estão presos às ferragens, possivelmente em óbito.

Um terceiro envolvido no acidente está sendo atendido em estado grave.”

NOTA DA SESP(Ontem)

Leia Também:  Covardia: Polícia procura dois homens que mataram a tiros em casa um idoso de 66 anos na manhã desta quarta-feira em Sorriso MT

“A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) confirma que foi informada de um acidente na BR-163, envolvendo uma viatura do Sistema Penitenciário. As informações preliminares são de que houve dois óbitos no local e um policial penal foi socorrido com vida pela equipe médica da concessionária Rota do Oeste. Uma equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) foi acionada e irá resgatar o policial penal. A ocorrência está em andamento, portanto a Sesp-MT ainda aguarda confirmação das identidades.”

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assesorias)

Momento Destaque

Capital do crime: Em Cuiabá, bando usa farda da Polícia Militar para assaltar joalheria; flagrados, bandidos conseguiram fugir num carro preto

Publicados

em

Bandidos tentaram roubar uma joalheria localizada na avenida Brasil, no bairro CPA 2, em Cuiabá, no final da manhã desta quinta-feira (22).

Dois homens fardados foram flagrados anunciando o roubo e fugindo do local em um carro preto, que dava suporte na rua lateral da loja.

O 3º Batalhão da PM, confirmou a ocorrência de tentativa de roubo. Detalhes serão repassados ao longo da tarde, já que as equipes ainda estão no local registrando o caso e fazendo buscas pelos criminosos.

Conforme uma das testemunhas, os policiais estavam andando pela calçada fardados, inclusive com armas nos coldres – um deles segurava a arma – quando bateu no vidro da loja que estava com a porta trancada chamando pela vendedora.

“Ele falou alguma coisa que eu não entendi, percebi que a menina ficou com a mão na maçaneta e eu já achei aquilo estranho, depois ela puxou a porta e saiu correndo em direção da papelaria do outro lado da rua já pedindo por socorro”, disse.

Leia Também:  Homem que matou queimado rapaz de 17 anos vai responder por homicidio qualificado; com a crueldade vítima teve 50 % do corpo carbonizado

A jovem ainda chegou a jogar o celular no chão, mas os bandidos correram pela rua lateral e entraram em um carro preto, tipo sedan, e fugiram por rumo ignorado. Câmeras de segurança do local vão ajudar na identificação dos criminosos.

A testemunha contou que achou estranho que, ao passar pelos policiais, não visualizou a identificação deles na farda. “Não tinha nome na farda e olhei em volta, também não tinha nenhuma viatura. Achei estranho. Quando ela saiu gritando pedindo ajuda, também disse para chamar a polícia, que eles não eram policiais de verdade”.

 

 

Otavio Ventureli(c(da redação com assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA