Momento Destaque

Governo do Estado finaliza processo de criação de mais 20 UTIs para covid 19 na Santa Casa de Misericórdia da Capital

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso finalizou o processo de abertura das 20 novas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para casos de covid-19 na  Santa Casa de Misericórdia, em Cuiabá, e os leitos estarão disponíveis para receberem pacientes a partir desta sexta-feira (10).

A abertura segue à risca o planejamento de abertura de leitos, que foi entregue à Justiça estadual. As UTIs estarão à disposição para receber pacientes a partir desta sexta-feira (10), ocasião em que todos os profissionais de saúde já estarão aptos a gerenciar os leitos.

O governador Mauro Mendes explicou que a estrutura física das 20 UTIs foi finalizada há alguns dias, mas ainda não havia como disponibilizar os leitos em razão da falta de profissionais de Saúde.

“Os EUA, que é o país mais rico do mundo, está com dificuldade de contratar profissionais. Temos equipamentos, mas cadê os médicos, enfermeiros, fisioterapeutas? Estamos com dificuldades para contratar médicos, tentamos contratar de empresas de fora do estado. É um momento muito difícil, mas se Deus quiser nós vamos superar”, ressaltou.

Leia Também:  Municipio de Alta Floresta recebe mais de 350 milhões de reais do Governo de Mato Grosso nos últimos 03 anos

A diretora da Santa Casa, Patrícia Dourado Neves, registrou que a dificuldade em contratar profissionais capacitados para atender aos casos de coronavírus não é exclusiva de Mato Grosso.

“Hoje nós temos muitos profissionais afastados pela doença ou por outras razões. Mas temos dificultades para encontrar profissionais habilitados para atuar na linha de frente, que são os profissionais com habilidade técnica para manuseio de área respiratória, manuseio de ventiladores mecânicos, protocolos mais invasivos. Profissionais com essa expertise são os mais experiemntes, e muitos estão afastados. Temos dificuldades diuturnamente para preencher o quadro, que é uma dificuldade a nível de país”, lamentou.

Além dos 20 leitos, o Governo já criou outras 50 novas UTIs para a covid-19 na Santa Casa e mais 40 no Hospital Metropolitano em Várzea Grande MT. A previsão é que ainda neste mês o Estado abra 94 novas UTIs covid em todas as regiões de Mato Grosso, além de custear outras 159 que as prefeituras se comprometeram em abrir.

Leia Também:  Grana no Bolso: Governo de Mato Grosso paga salários dos seus servidores nesta quinta-feira(30)

 
Otavio Ventureli(com ascom)

Momento Destaque

Operação “Guardiões do Pantanal” da Polícia Civil e SEMA fecha garimpos ilegais no municipio turistico de Poconé MT

Publicados

em

Operação Guardiões do Pantanal, deflagrada pela Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema) em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), resulta no fechamento de garimpo ilegal em Poconé MT.

No local, foi constatado a realização de desmatamento e a extração ilegal de ouro. Quatro funcionários que trabalhavam no momento da ação foram encaminhados para a delegacia. Este é o segundo garimpo ilegal fechado por forças de segurança este ano, na mesma cidade.

A operação foi motivada por denúncias realizadas junto à Dema. Ao todo, 12 agentes públicos, entre policiais civis e servidores da Sema e Politec, participaram da fiscalização. Perícias resultaram na localização de maquinários que eram utilizados para degradar o meio ambiente.

Dois motores estacionários e uma escavadeira hidráulica foram apreendidos e outros dois motores do tipo foram destruídos em razão da dificuldade de retirada de dentro da área de escavação.

De acordo com a Polícia Civil, o garimpo foi embargado e fechado pelas equipes responsáveis pela operação, já que não possuía licença para funcionamento.

Leia Também:  Municipio de Alta Floresta recebe mais de 350 milhões de reais do Governo de Mato Grosso nos últimos 03 anos

Quando as equipes de segurança chegaram ao local, haviam 4 funcionários trabalhando no garimpo. Eles foram conduzidos à Delegacia de Poconé, onde assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por crime ambiental e foram liberados.

Conforme a Dema, as investigações seguem e o responsável pelo garimpo, bem como outros envolvidos identificados no ato criminal, responderão inquérito policial pela prática de diversos crimes ambientais.

Uma mineradora que funciona na mesma região também passou por fiscalização. Os responsáveis apresentaram licenças para funcionamento. Porém, foram recolhidos outros documentos, que passam por perícia.

Em 3 meses

Este é o segundo garimpo ilegal fechado pela Dema em Poconé este ano. Em março, após denúncias, um garimpo que funcionava de forma clandestina, sem qualquer tipo de licença, também foi interditado pela Delegacia Especializada. Na época, 3 homens foram presos e diversos maquinários e ferramentas foram apreendidos.

Dentre os crimes detectados estavam o de desmatamento irregular, lavra ou extração de recursos minerais sem a competente autorização, permissão, concessão ou licença.

Leia Também:  350 atletas participaram no sábado(25) da Corrida Noturna que encerrou a Semana do Meio Ambiente em Lucas MT

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI