Momento Destaque

Guarda Civil Municipal é apresentada à sociedade luverdense

Publicados

em

A noite desta terça-feira (02) foi de celebração para a turma de Guardas Civis de Lucas do Rio Verde, que passou por um curso de formação profissional ministrado pela Guarda Civil de Cotia (SP). Os servidores foram apresentados aos luverdenses em uma solenidade na Câmara Municipal. Cada grupo de guardas participou de cerca de 200 horas de formação que contemplou aulas teóricas e práticas.

Para a formação, os guardas receberam treinamento em armamento e tiro, defesa pessoal, escola VIP, abordagem pessoal, direção defensiva, técnicas de tiro defensivo, Direito – aspectos legais do uso da arma de fogo, Direito – legislação aplicada, avaliação teórica e avaliação prática. A formação foi oferecida por meio de um convênio firmado pelas secretarias de Segurança de Lucas do Rio Verde e de Cotia (SP).

Para o prefeito Miguel Vaz, esse momento é memorável. “Hoje, apresentamos para a sociedade a nossa Guarda Civil Municipal totalmente reestruturada, com novo estatuto, plano de carreira, dentre outras mudanças necessárias para os nossos profissionais. Nossa Guarda está preparada para as novas missões e contribuirá de forma significativa com a segurança do nosso município”, pontua.

O comandante da Guarda Civil de Lucas do Rio Verde, J. Lima, reforça a importância do treinamento. “Nós somos gratos ao que aprendemos em Cotia, foram tantos aprendizados que se tornaram necessários para o bom desenvolvimento da nossa guarda que agora se tornará armada. Temos muito trabalho pela frente e o nosso maior objetivo é continuar oferecendo segurança de qualidade para a sociedade, bem como para os nossos profissionais”, discorre.

Leia Também:  Secretaria de Saúde de Lucas do Rio Verde MT promoveu semana passada mutirão de cirurgias de catarata

Ainda de acordo com o comandante J. Lima, a partir da formação, a Guarda Civil Municipal deverá atuar na proteção da população, colaboração com órgãos de segurança pública e em mediação de conflitos, supervisão do Ciosp – Centro Integrado de Operações de Segurança Pública, e outros direitos e deveres enquanto guardas municipais.

Os atuais servidores públicos da Guarda Municipal, desde que preencham os requisitos exigidos para sua investidura, poderão ser enquadrados ao cargo de Guarda Civil Municipal e Classe.

Segundo o sub-comandante Geovane Romao, a corporação deverá ser organizada por Posto e Classe, sendo divisão hierárquica com Comando-geral; Subcomando-geral; Inspetorias de Apoio Técnico Operacional, de Treinamento e Aprimoramento e de Apoio Administrativo; Subinspetorias; e quatro classes distintas. O ingresso à corporação será por concurso público.

Na ocasião, Romao se tornou subcomandante, Fábio Medeiros, inspetor de apoio técnico e Pedro Vinícius Baumbach, corregedor.

Novos investimentos em Segurança Pública

Tecnologia

    • Investimento de aproximadamente R$ 8 milhões em fibra ótica, que irá interligar todo o município e permitir o cercamento digital. (90 km de fibra ótica).

Leia Também:  Esposa de um dos mais ricos Prefeitos do País Dona Márcia declara à Justiça Eleitoral não ter patrimônio

    • Instalação de 128 câmeras de alta tecnologia.

Parceria com o Estado

    • Instalação de mais 272 câmeras.

Ciosp

    • Investimento no Ciosp, interligado ao sistema das forças de segurança do Estado, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal e Corpo de Bombeiros.

Infraestrutura

    • Construção da nova sede do Batalhão da Polícia Militar – 778 m² e investimento de R$ 2,2 milhões.

    • Ampliação da sede da Polícia Civil – reforma do prédio antigo 635 m² e ampliação de 1.262 m². Valor orçado em R$ 4,7 milhões.

    • Construção da nova base do Corpo de Bombeiros, mais próximo da área urbana, garantindo mais rapidez e agilidade no atendimento as vítimas, 346 m², valor orçado em aproximadamente R$ 750 mil.

Iluminação

    • Parceria com o Governo do Estado para a substituição de todas as lâmpadas comuns por LED, 13.976 lâmpadas. Convênio com o Estado no valor de R$ 6,7 milhões e contrapartida do Município de R$ 1,7 milhão. Valor total R$ 8,5 milhões.  

Novo projeto

    • Parceria com o Governo do Estado para a implantação do Serviço Especializado da Cavalaria em Lucas do Rio Verde.

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Momento Destaque

Lei de vereador garante atendimento prioritário a pessoas com deficiência ou doenças não visíveis

Publicados

em

Linha Fina: Com a iniciativa, o presidente da Comissão de Saúde, vereador Dr. Luiz Fernando, busca incentivar o uso do Cordão de Girassol por pessoas portadoras destes problemas

Sancionada a Lei nº 6.851/2022, que institui a Semana Municipal de Conscientização do Uso do Cordão de Girassol, a ser celebrada anualmente, na semana do dia 21 de setembro, em conformidade com o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

De autoria do vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos), a norma, sancionada pelo Executivo, busca incentivar o Uso do Cordão de Girassol por pessoas com deficiências ou doenças não visíveis para sinalizar a necessidade de atendimento prioritário.

Com a iniciativa, Luiz Fernando, que é presidente da Comissão de Saúde da Câmara do Legislativo, busca incentivar o uso do objeto por pessoas portadoras destes problemas. E também, estimular a capacitação de profissionais para prestar atendimento a este público, bem como, conscientizar a população de que àquele que faz o uso do Cordão de Girassol, carece de atenção especial.

“Por meio desta lei, vamos garantir maior conforto e diminuir as situações de estresse para aqueles que, por alguma condição pré-determinada, não suportam situações rotineiras como aglomerações, sons elevados ou mesmo longos períodos de espera”, explica o vereador ao enfatizar que o Cordão de Girassol também significa um sinal de empatia com o próximo.

Leia Também:  Fies: pré-selecionados devem enviar informações até esta sexta-feira

Em ascensão em todo o mundo, o Cordão de Girassol foi criado há aproximadamente seis anos, em Londres: é uma faixa estreita de tecido ou material equivalente, verde, com desenhos de girassóis – para sinalizar a preferência de atendimento e suporte diferenciado a este público.

Conforme a lei federal Nº 6.842, de 29 de abril de 2021, as doenças não visíveis – são as que não são imediatamente identificadas, a exemplo de autismo, Transtorno de Déficit de Atenção (TDA), transtornos ligados à demência, Doença de Crohn, colite ulcerosa e fobias extremas.

Márcia Martins / Assessoria de Imprensa de Gabinete

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI