Momento +

Informe epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde aponta aumento de 325% no número de casos de dengue em Mato Grosso

Publicados

em

Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde na terça-feira (12) apontam que Mato Grosso registrou aumento de 325% no número de mortes causadas pela dengue durante a pandemia da covid-19.

De acordo com o informe epidemiológico número 30, com dados colhidos até 2 de janeiro, as mortes pela doença no estado saltaram de quatro, em 2019, para 17, em 2020. Além disso, outros oito óbitos seguem em investigação.

Segundo o levantamento, o risco da doença é classificado como alto em Mato Grosso. Em números absolutos, 30.050 casos da doença foram registradas em 2020, contra 9.669 em 2019.

Ainda conforme o balanço, Sinop (500 km ao norte de Cuiabá) foi a cidade que registrou mais óbitos pela doença, tendo notificado quatro mortes.

Os outros municípios com vítimas fatais foram: Brasnorte; Cáceres; Campo Novo do Parecis; Chapada dos Guimarães; Lucas do Rio Verde; Novo Mundo; Peixoto do Azevedo; Primavera do Leste; Rondonópolis; União do Sul; Vera e Várzea Grande.

Leia Também:  Retornando ao comando técnico do Fluminense após se recuperar de Covid 19 Marcão deverá promover mudanças no time diante do Sport

Além da dengue, casos de zika também aumentaram no estado no mesmo período. Em 2019, Mato Grosso notificou 430 ocorrências enquanto em 2020 foram 800. Apesar da alta, os indicadores apontam que o risco da doença segue baixo.

Paralelamente, a chikungunya apresentou baixa em Mato Grosso entre 2019 e 2020. No primeiro período, foram 960 casos enquanto no segundo foram 762. A classificação também aponta risco baixo.

 

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Momento +

Fora da zona da confusão Vasco recebe o Coritiba neste sábado em São Januário pensando em se afastar definitivamente do rebaixamento à Série B

Publicados

em

Vasco saiu da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro 2020 e quer se afastar das últimas posições. Para isso, os cruzmaltinos vão receber o Coritiba neste sábado(16), às 21 horas (de Brasília), em São Januário.

Os donos da casa estão embalados por estarem fora da degola. Agora, o foco do Vasco é se afastar da zona de rebaixamento da Série A.

Para esta partida, o técnico Vanderlei Luxemburgo terá a volta do meia Martín Benítez. O argentino acertou sua permanência no clube e será mais um reforço para a reta final do Brasileiro.

Em termos de escalação, Benítez deve ficar como opção no banco, pois ainda não está 100% fisicamente. A única mudança será o retorno do lateral direito Léo Matos, que cumpriu suspensão contra o Botafogo, na vaga de Cayo Tenório.

O atacante Talles Magno pregou foco na manutenção do bom desempenho. “Temos que entrar com o mesmo foco, mesma garra e a mesma determinação no próximo sábado. Vamos buscar sair de casa com o resultado positivo, obedecer tudo aquilo que o professor Luxemburgo nos passar e trabalhar firme nessa semana para que possamos ter gás e garra para sairmos com mais uma vitória no Campeonato Brasileiro”, disse.

Leia Também:  Polícia Civil investiga acidente com ônibus na madrugada desta sexta(15) que resultou na morte de quatro pessoas e outras 21 feridas

No Coritiba, que é o lanterna da Série A, a partida marca a estreia do técnico Gustavo Morínigo. Só que o treinador tem vários problemas para escalar a equipe.

O pensamento dos visitantes é pontuar para iniciar uma reação para sair da degola.

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA