Momento Destaque

Jogadores do Rio Branco do Acre que disputa a Série D permanecem internados no Pará; goleiro Bruno em estado grave

Publicados

em

Com suspeita de intoxicação alimentar, o goleiro Bruno e outros 19 membros da delegação do Rio Branco-AC foram internados permanecem internados desde sábado(17) à noite, em Bragança, no Pará, onde o time enfrentaria  neste domingo(18) o Bragantino paraense pela sétima rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

A pedido da direção do Rio Branco, a CBF adiou o jogo. O goleiro Bruno, condenado por assassinato de Eliza Samúdio e que cumpre a pena em regime semi-aberto, é um dos jogadores que estavam em estado mais grave. O meia Guilherme Campana e os zagueiros Paulinho e Wallinson também passaram muito mal.

“Não cabe ao Rio Branco fazer qualquer acusação, somente o relato. A Polícia Civil e a Vigilância Sanitária já estão com o caso. Também não houve críticas ou acusações aos cidadãos de Bragança. Pelo contrário. Fomos muito bem recebidos na cidade e não temos crítica alguma à população”, informou o time acreano em suas redes sociais.

 O Rio Branco-AC ocupa a terceira posição do Grupo 1 com 12 pontos, um a menos do que Bragantino-PA e Galvez-AC. O Fast Club-AM, com dez pontos, é o quarto colocado. No início de setembro, Bruno conseguiu uma liminar para a retirada da tornozeleira eletrônica durante as partidas oficiais da equipe.

Leia Também:  São Paulo vai a Arena da baixada neste domingo e arranca um empate diante do Athletico paranaense resultado que nao agradou ao tricolor

Ele deve retirar o equipamento duas horas antes dos jogos e colocar novamente até duas horas depois. O Rio Branco ficará responsável por levar o jogador até o Instituto de Administração Penitenciária do Estado do Acre para o procedimento.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com terra.)

 

Momento Destaque

Mais cinco cidades de Mato Grosso decretam toque de recolher para tentar conter o avanço da Covid 19, circulação restrita durante a noite

Publicados

em

Prefeitos de mais 5 cidades de Mato Grosso decretaram toque de recolher para tentar conter o avanço dos casos de covid-19. Os decretos com as novas medidas foram publicados no Diário Oficial dos Municípios que circulou na segunda-feira (18).

Conforme os documentos, os moradores das cidades de Nossa Senhora do Livramento, Nova Marilândia, Nova Ubiratã, Jangada e Arenápolis,  terão a circulação restrita no período noturno.

Em Nossa Senhora do Livramento o recolhimento está em vigor das 22h às 5h. Festas estão proibidas, já templos religiosos, bares e restaurantes podem funcionar apenas com 50% da capacidade. Os estabelecimentos comerciais podem atender até 70% da lotação total e os clientes devem usar máscaras e álcool geral. As medidas são válidas por 30 dias. Aulas presenciais seguem suspensas até 30 de abril.

Em Nova Ubiratã o horário de recolhimento é o mesmo de Livramento e as medidas adotadas também seguem o mesmo padrão.

Em Nova Marilândia o toque de recolher começa às 23h e vai até as 5h. O comércio pode funcionar das 6h às 23h e postos de combustível não têm restrição de horário. Academias devem atender clientes com horário agendado e até 4 por vez. Salões de beleza devem atender um cliente a cada horário. Velórios poderão ter até 20 pessoas por vez e policiais militares que atuaram no combate à covid serão indenizados, mas não foi informado o valor da indenização.

Leia Também:  23 idosos morrem na Noruega após receberam dose da vacina contra Covid 19; autoridades locais evitam falar em efeitos colaterais graves

Em Jangada o recolhimento começa mais cedo, às 21h e vai até 5h. Estabelecimentos comerciais devem proibir aglomeração e disponibilizar álcool gel para funcionários e clientes. Obrigatório o uso de máscaras.

O toque de recolher em Arenápolis será de domingo a quinta, das 23h às 5h. Sexta, sábado e feriados o recolhimento será a partir da meia noite e segue até 6h. Eventos estão vetados, bares podem ter mesas com até 6 pessoas. Estabelecimentos devem seguir as normas de biossegurança já orientados.

Além das cidades citadas, Tangará da Serra, São José do Rio Claro, Juara  e Novo Horizonte do Norte,  também, poderão adotar o toque de recolher.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessorias)

 

 

 

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA