Momento Destaque

Laboratório Central do Estado (LACEN-MT) completa 46 anos de serviços prestados a Mato Grosso

Publicados

em

Para celebrar os 46 anos do Laboratório Central do Estado (LACEN-MT), a unidade especializada preparou uma programação cultural para os seus colaboradores, com a apresentação do espetáculo “Show do Riso”, conduzido pela servidora da SES e artista cultural, Eloá Pimenta, e com a apresentação do Corpo Musical da Banda da Polícia Militar. A comemoração ocorreu na tarde de segunda-feira (29.11), na quadra do Centro Estadual de Referência em Média e Alta Complexidade (Cermac).

Durante a pandemia pelo coronavírus, o Lacen passou de cerca de 60 análises de exames laboratoriais por mês para mais de 4 mil exames por dia, com laudo e parecer técnico dos resultados para a unidade de Vigilância em Saúde. Somente no mês de março de 2021, foram analisadas 61.500 amostras pelo Estado. A equipe do Lacen é composta por 120 profissionais preparados para atender aos 141 municípios.

“Foi preciso reinventar o dimensionamento da estrutura e ampliar a capacidade de equipe técnica e de materiais e equipamentos. Com isso, adquirimos muita expertise e mais capacidade técnica”, avaliou a diretora do Lacen, Elaine Cristina de Oliveira.

Leia Também:  Aprosoja-MT apresenta propostas para desburocratização e melhorias de processos fiscais e tributários da SEFAZ

As novas variantes também desafiaram o Laboratório Central a aprimorar a vigilância quanto à descoberta do perfil das novas cepas da Covid-19. Ainda em 2021, o laboratório obteve condições para realizar a análise do sequenciamento genético das novas variantes, serviço que iniciou em outubro. A mudança assegura a independência da análise laboratorial do Estado e possibilita agilidade na análise do perfil viral que circula dentro do Estado.

O secretário Adjunto de Vigilância em Saúde, Juliano Melo, destacou o papel fundamental do Lacen para a definição de política pública estadual de enfrentamento à pandemia. “A partir dos resultados dos exames de análise de laboratório, foi identificada a real situação de Mato Grosso, o que auxilia a tomada de decisões por parte do Governo. Além disso, por meio dessa atuação foi possível dar subsídios técnicos de orientação de medidas restritivas preventivas para todos os gestores municipais de saúde”, avaliou.

De acordo com os gestores, o ano de 2019 era para ser dedicado à estruturação e ao planejamento da mudança de sede do Laboratório Central do Estado (LACEN-MT). Contudo, a previsão precisou ser suspensa para que a unidade especializada enfrentasse, em 2020, os desafios desconhecidos da Covid-19. A secretaria adjunta de Atenção e Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) prevê que o Lacen esteja em sede nova, moderna e mais ampla até meados de 2023.

Leia Também:  Secretaria de Saúde percorre municípios para reforçar imunização contra a Covid-19

A partir de 2022, o laboratório se prepara para retomar o plano de mudança de sede física. A nova sede terá 2.300 metros quadrados de área construída, sendo que a atual estrutura conta com 1.800 metros quadrados.

Fonte: GOV MT

 

Momento Destaque

Vereador Dr. Luiz Fernando defende imunização contra covid-19 para crianças

Publicados

em

 

Secom CMC

O assunto será debatido hoje, às 19h30, por meio das redes sociais do Dr. Luiz Fernando e contará com a participação do pediatra Dr. Maurício Malheiros.

Crianças de 5 a 11 anos começam a ser imunizadas contra Covid-19, a partir desta quinta-feira (20), no polo da Unic Beira Rio, a partir das 9h, em Cuiabá. Durante entrevistas a vários meios de comunicação e em suas redes sociais, o vereador e médico Dr. Luiz Fernando (Republicanos), fez questão de mostrar seu posicionamento favorável à imunização infantil.

Médico há 20 anos, presidente da Comissão de Saúde na Câmara Municipal da Capital, o parlamentar tem diversas leis e projetos voltados para a área da medicina.

“Eu sou a favor da vacinação em crianças. A favor da ciência. Tenho um filho de 5 e de 7 anos e vou levar os dois para se vacinar”, reforça o vereador ao informar que os pais ou responsáveis deverão entrar no site www.vacina.cuiaba.mt.gov.br, escolher o grupo no qual a criança se encaixa e preencher os dados. A primeira criança a receber a dose do imunizante será um garotinho, de 9 anos, que faz parte do grupo de pacientes imunossuprimidos.

Leia Também:  Governo de MT e município de Primavera do Leste disponibilizam 10 leitos de UTI Covid-19

De hoje ao dia 22, apenas o polo da Unic Beira Rio realizará a vacinação, devido à quantidade de doses recebidas. Foram 3.580 doses exclusivas para crianças e, conforme dados do Ministério da Saúde, a estimativa é de vacinar 60.659 crianças na Capital.

Com a chegada de doses novas doses, previstas para a próxima semana, os polos de vacinação Unic Beira Rio (Região Leste), USF Paiaguás (Região Norte), USF Quilombo (Região Oeste), USF do Pedra 90 I e II&nbsp e ainda USF Parque Cuiabá (Região Sul) – também irão aplicar a vacina.&nbsp Já nas zonas rurais, a USF Guia, o Programa Amor I e Amor II atenderão essas demandas.

Como embasamento para aprovação e incentivo da vacinação, Dr. Luiz Fernando destaca estudos realizados pela Sociedade Brasileira de Pediatria, Sociedade Brasileira de Imunizações e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Já em relação ao risco de miocardite, que é uma inflamação nas células do músculo do coração (miocárdio), o médico afirma que é muito raro. “Existe certo receio quanto ao desenvolvimento da miocardite após a vacina, mas quero deixar claro que isso é raríssimo, não tenham medo, vacinem as crianças”, orienta.

Leia Também:  Governo investe R$ 14,3 milhões para construção de novas unidades da Polícia Militar

LIVE – hoje às 19h30 Luiz Fernando vai realizar uma live para debater sobre a vacinação contra Covid em crianças. O debate contará com a participação do pediatra Dr. Maurício Malheiros e será transmitido via instagran.com/drluizfernandoamorim.

Márcia Martins/Gabinete Vereador Dr Luiz Fernando

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA