Momento Destaque

Lei Seca prende 11 pessoas e fiscaliza mais de 100 veículos em VG

Publicados

em

A Operação Lei Seca prendeu, na madrugada deste sábado (25.06), 11 pessoas, sendo seis por embriaguez ao volante e cinco por conduzirem veículo sem possuir habilitação. A ação ocorreu na Avenida da FEB, em Várzea Grande.

Na ocasião, foram fiscalizados 107 veículos e realizados 108 testes de alcoolemia. Foram removidos 36 carros e uma moto. Também foram recolhidos 18 documentos, sendo 17 CNHs e um Comprovante de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

A iniciativa registrou ainda um total de 53 Autos de Infração de Trânsito, sendo 22 por dirigir veículo sem registro ou não licenciado, 12 por conduzir veículo sob efeito de álcool, 10 por recusa à realização do teste de alcoolemia, entre outros.

A operação é coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) e conta com as forças integradas da Polícia Militar, por meio do Batalhão de Trânsito; da Polícia Civil, por meio da Deletran; do Departamento Estadual de Trânsito e da Guarda Municipal de Várzea Grande.

Leia Também:  ELA NÃO NOS REPRESENTA: Queremos MT representado por inteiro e não uma "chapa da Prefeitura de Cuiabá", afirma Ane Borges
Fonte: GOV MT

Momento Destaque

Lei de vereador garante atendimento prioritário a pessoas com deficiência ou doenças não visíveis

Publicados

em

Linha Fina: Com a iniciativa, o presidente da Comissão de Saúde, vereador Dr. Luiz Fernando, busca incentivar o uso do Cordão de Girassol por pessoas portadoras destes problemas

Sancionada a Lei nº 6.851/2022, que institui a Semana Municipal de Conscientização do Uso do Cordão de Girassol, a ser celebrada anualmente, na semana do dia 21 de setembro, em conformidade com o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

De autoria do vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos), a norma, sancionada pelo Executivo, busca incentivar o Uso do Cordão de Girassol por pessoas com deficiências ou doenças não visíveis para sinalizar a necessidade de atendimento prioritário.

Com a iniciativa, Luiz Fernando, que é presidente da Comissão de Saúde da Câmara do Legislativo, busca incentivar o uso do objeto por pessoas portadoras destes problemas. E também, estimular a capacitação de profissionais para prestar atendimento a este público, bem como, conscientizar a população de que àquele que faz o uso do Cordão de Girassol, carece de atenção especial.

“Por meio desta lei, vamos garantir maior conforto e diminuir as situações de estresse para aqueles que, por alguma condição pré-determinada, não suportam situações rotineiras como aglomerações, sons elevados ou mesmo longos períodos de espera”, explica o vereador ao enfatizar que o Cordão de Girassol também significa um sinal de empatia com o próximo.

Leia Também:  Prefeitura de Lucas do Rio Verde alerta sobre documentos obrigatórios para inscrições do Condomínio Águas do Cerrado

Em ascensão em todo o mundo, o Cordão de Girassol foi criado há aproximadamente seis anos, em Londres: é uma faixa estreita de tecido ou material equivalente, verde, com desenhos de girassóis – para sinalizar a preferência de atendimento e suporte diferenciado a este público.

Conforme a lei federal Nº 6.842, de 29 de abril de 2021, as doenças não visíveis – são as que não são imediatamente identificadas, a exemplo de autismo, Transtorno de Déficit de Atenção (TDA), transtornos ligados à demência, Doença de Crohn, colite ulcerosa e fobias extremas.

Márcia Martins / Assessoria de Imprensa de Gabinete

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI