Momento Destaque

Liberado pelos bandidos trancado dentro do seu carro médico sequestrado conta a polícia detalhes dos momentos de angústia

Publicados

em

Um médico foi vítima de sequestro relâmpago no começo da noite desta quinta-feira (03), em Rosário Oeste, Mato Grosso.

Dois bandidos armados invadiram a loja do médico, pegaram diversos produtos e fugiram rumo à zona rural da cidade, onde ele foi abandonado em seu veículo, em Jeep. O prejuízo estimado é de R$ 132 mil.

De acordo com as informações da Polícia Militar, uma denúncia via 190 relatou que o médico havia sido levado por bandidos em seu veículo, em Jeep branco.

Assim que acionados, os policiais avisaram as equipes que estavam em operação na região de Jangada MT e Acorizal MT, onde um bloqueio policial foi feito.

Em meio às rondas na região, as equipes receberam informações de que o veículo foi visto pela região da Praia das Embaúbas(foto), onde encontraram o veículo. Vítima estava trancada e quando liberada, contou o que havia acontecido.

Segundo ele, ao ser abordado pelos bandidos dentro da loja, eles pegaram vários produtos do local, que totalizam R$ 120 mil, além de um notebook de R$ 6 mil e uma quantia em espécie de R$ 6 mil, um celular e outros pertences também foram levados.

Leia Também:  Brutalidade: Polícia encontra corpos de mãe e filho um bebê de 3 meses nesta quarta(23) envenenados pelo ex-marido e pai da criança

Câmeras de segurança da região vão ajudar na identificação dos criminosos, que fugiram por rumo ignorado. O caso foi registrado e está sendo investigado.

 

Otavio Ventureli(com ascom)

Momento Destaque

Policia Federal deve ouvir nesta sexta(25) depoimentos de familiares de índia morta por tiro supostamente acidental durante caçada

Publicados

em

Uma índia da etnia Bororo, identificada como Marinalva Zaqueimae Corezomae, 33, morreu após levar um tiro durante uma caçada dentro das terras da Aldeia Umutina, em Barra do Bugres, no Mato Grosso.

A Vítima estava com a família durante a caça e acabou sendo confundida com possível animal.

Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu em uma unidade de saúde da cidade. Conforme as informações da Polícia Civil, a caça ocorria por volta das 12h desta quinta-feira (24).

Os indígenas saíram em caça por dentro das suas terras, quando o grupo se dividiu. Em determinado momento, Marinalva foi atingida por um tiro na clavícula. Ela foi socorrida pelos familiares e levada até uma unidade de saúde que atende os índios, na região da Aldeia Piapó.

Lá, foi colocada em uma ambulância e encaminhada em estado grave para o Pronto-Socorro de Barra do Bugres MT. Quando a equipe médica se preparava para o atendimento, perceberam que a vítima já estava sem sinais vitais.

Leia Também:  Policia Federal deve ouvir nesta sexta(25) depoimentos de familiares de índia morta por tiro supostamente acidental durante caçada

Polícia Civil esteve no local  e, por se tratar de uma indígena, acionaram os órgãos federais. Família deve ser ouvida ainda nesta sexta-feira (25).

 

 

Otavio Ventureli(da redação com ascom)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA