Momento Destaque

Líder de facção criminosa Comando Vermelho em Lucas do Rio Verde MT morto em confronto é um dos autores do assassinato de policial em 2019

Publicados

em

O Líder do Comando Vermelho em Lucas do Rio Verde, Mato Grosso, Francisco Rodrigo de Assunção, 29, morto na quinta-feira (8), em ação policial, foi apontado como um dos autores da morte do policial penal Elison Douglas da Silva, 37 anos(a esquerda na foto), no dia 30 de junho de 2019, encomendada por outros líderes da facção.

A  morte de Francisco ocorreu quando a polícia ia cumprir um mandado de prisão e busca e apreensão na sua residência. Ele era procurado desde julho de 2019, logo após a morte de Elison.

O nome de Francisco – conhecido como Piauí – chegou à investigação após outros membros da facção ‘delatarem’ como ocorreu o crime, já que a moto de um deles foi usada na ação e a PM acabou o identificando.

Piauí recebeu ordens das lideranças regionais para que Elison fosse morto. Além dele, um PM também havia sido jurado de morte pelo comando. Mas, para o homicídio, os criminosos informaram que um ‘irmão’ faccionado de Cuiabá, iria até a cidade de Lucas do Rio Verde MT para ajuda-lo na consumação do crime.

Leia Também:  Fluminense x Ceará empataram no Maracanã na noite deste sábado com gol nos acréscimos e o tricolor desperdiça chance de entrar no G4

As investigações apontaram ainda que o grupo, depois que se reuniu na cidade, vigiaram a vítima todo o dia, até que o mataram na porta de sua casa.

Um dia após a morte do servidor público, a Polícia chegou a encontra-lo em um restaurante da cidade, mas ao perceber a movimentação policial, ele conseguiu fugir para dentro de um matagal atirando contra os militares. Em buscas, ele não foi encontrado.

Morte

Na manhã de quinta-feira (8), policiais se mobilizaram para cumprir mandados de busca e apreensão na casa de Francisco, bem como um mandado de prisão contra ele e contra outro membro do comando, Thiago Henrique Alves, 30, traficante da região.

Eles tentaram fugir, mas Thiago foi preso ao tentar pular o muro. Já Francisco resistiu. Ele se trancou em casa, mas quando policiais chutaram a porta, ele caiu e logo empunhou uma arma de fogo em direção dos militares, que atiraram.

Socorrido, foi encaminhado para uma unidade de saúde, mas acabou morrendo em seguida. Na casa em que a dupla estava, a polícia apreendeu maconha, R$ 14.305 e anotações do tráfico.

Leia Também:  Inter vence Vasco no Beira-Rio por 2 x 0 neste domingo e assume a liderança do Campeonato Brasileiro secando o Atlético que vai enfrentar o Bahia

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Momento Destaque

Confronto entre policiais da Força Tática deixa bandido morto e prende cinco nesta terça-feira(20) em cidade do interior de MT

Publicados

em

Um homem de 27 anos morreu durante um confronto com a Força Tática da Polícia Militar no centro de Tangará da Serra, em Mato Grosso, na madrugada desta terça-feira (20) após chegar em uma residência que seria usada para o tráfico de drogas.

O suspeito foi identificado como Felipe Henrique Mendes Santos e outros cinco homens foram presos.

A Polícia Militar havia sido acionada por volta das 22h desta segunda-feira (19) para atender uma possível ocorrência de violência doméstica, no entanto ao chegarem no local o caso não se confirmou.

Durante as diligências, dois suspeitos foram encontrados em uma residência e ao serem questionados sobre as porções de pasta base de cocaína, um dos homens informou que havia pego a droga com Felipe.

Segundo a testemunha, o homem havia ido até a casa durante a manhã e pediu para que ficasse hospedado no local por alguns dias. Em uma vistoria no quarto do suspeito foi encontrado uma mala e outras porções de entorpecentes.

Minutos depois, um casal com uma criança recém-nascida também chegou no local e tentaram agredir a equipe policial. Enquanto estava sendo realizado buscas, Felipe que estava na motocicleta com outro comparsa chegou na residência por volta das 1h40 e percebeu a movimentação dos militares.

Leia Também:  Santos se aproxima ainda mais das primeiras posições do Brasileirão Série A ao vencer o Coritiba neste sábado no Couto Pereira

Durante a tentativa de fuga, a dupla efetuou disparos contra os policiais que revidou a agressão. Felipe chegou a receber atendimento médico, no entanto morreu dentro da ambulância devido aos ferimentos.

O comparsa conseguiu fugir do local e até o momento não foi localizado. Ao todo, cinco homens entre 19 e 38 anos foram encaminhados à delegacia. O corpo será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia.

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA