Momento Destaque

Lucas do Rio Verde MT continua entre os dez municipios do Estado com maior incidência de Covid 19; no total geral mais de 13 mil casos

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (11), 426.571 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.366 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 2.229 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 426.571 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.307 estão em isolamento domiciliar e 400.161 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 465 internações em UTIs públicas e 361 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 88,07% para UTIs adulto e em 41% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (89.117), Rondonópolis (30.990), Várzea Grande (29.153), Sinop (20.745), Sorriso (14.718), Tangará da Serra (14.600), Lucas do Rio Verde (13.046), Primavera do Leste (10.894), Cáceres (9.187) e Alta Floresta (8.128).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível na internet.

Leia Também:  Escolas se preparam para retorno das aulas presenciais na modalidade ensino híbrido

O documento ainda aponta que um total de 345.418 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 787 amostras em análise laboratorial.

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

Leia Também:  TCE-MT inaugura projeto de adequação à Lei Geral de Proteção de Dados

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Momento Destaque

Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania realiza webinário para discutir ações de enfrentamento no combate à violência contra a mulher

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) realiza, através da Secretaria Adjunta de Direitos Humanos, em parceria com a Associação para Desenvolvimento Social dos Municípios de Mato Grosso (APDM-MT), o Webinário “Agosto Lilás – Mato Grosso no combate à violência contra a mulher”.

O evento, que marca o lançamento da campanha que leva o mesmo nome, será realizado na terça-feira (10.08), a partir das 14h. O objetivo é alertar a população sobre a relevância do tema, e principalmente no combate e prevenção à violência contra mulheres.

A transmissão do evento pelo canal da APDM-MT no YouTube com transmissão simultânea no canal Setasc Comunica. A abertura do Webinário contará com a participação da secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, e da presidente da APDM, Scheila Pedroso.

Dentre várias convidadas, o evento contará com a participação da desembargadora Maria Erotildes Kneip, da Coordenadoria Estadual da Mulher (CEMULHER), e de Sandra Raquel, da Associação de Mulheres do Estado de Mato Grosso.

Entre os temas abordados estão: A importância do Poder Judiciário no fortalecimento da Rede contra a Violência Doméstica; O papel do Núcleo de Defesa da Mulher da Defensoria Pública na proteção às mulheres e Relatos de superação – Antes e depois da Violência Doméstica.

Leia Também:  Sesp realiza leilão de veículos apreendidos em tráfico; uma aeronave também está disponível para lances

Dados

O balanço divulgado pelo Ministério dos Direitos Humanos (MDH) mostra que, por meio do Ligue 180, canal para denúncias de violência contra a mulher, foram recebidas 72.839 notificações somente no primeiro semestre de 2021. A violência física foi o crime mais registrado no período, com 34 mil casos, seguido da violência psicológica, com 24.378, e da violência sexual, totalizando a 5.978 casos.

O “Agosto Lilás” é uma campanha de conscientização pelo fim da violência contra a mulher e foi criada em referência à sanção da Lei Maria da Penha (Lei Federal nº 11.340/ 2006), assinada no dia 7 de agosto e que está completando 15 anos.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA