Momento Destaque

Mauro Mendes reúne senadores, deputados federais, deputados estaduais e 9 prefeitos em viagem a Juara e Juína

Publicados

em

O governador Mauro Mendes tem demonstrado força política em todas as viagens pelo interior de Mato Grosso. Nesta segunda-feira (09), ele reúne nove prefeitos, dois senadores, três deputados federais e quatro deputados estaduais, em visitas aos municípios de Juara e Juína.

Acompanham Mauro Mendes nas viagens os senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes, os deputados federais Carlos Bezerra, Valtenir Pereira e Neri Geller, os deputados estaduais Elizeu Nascimento, Dilmar Dal Bosco, Janaina Riva e Xuxu Dal Molin, além dos prefeitos de Juara, Carlos Sirena, de Novo Horizonte do Norte, Silvano Pereira Neves, de Juína, Paulo Veronese, de Campo Novo do Parecis, Rafael Machado, de Castanheira, Jakson de Oliveira, o Juninho, de Juruena, Manoel Garça, de Cotriguaçu, Olirio dos Santos, de Colniza, Miltinho, e de Porto dos Gaúchos, Vanderlei de Abreu.

Em Juína, o governador assinou a ordem de serviço e deu início às obras do Hospital Regional, com investimentos na ordem de R$ 106 milhões.

Além disso, nos dois municípios, ele vistoriou obras em andamento e autorizou o início de outras obras, fez o lançamento de licitações e assinou convênios com os prefeitos. Os investimentos firmados por meio de convênios nessa segunda-feira na região do Vale do Arinos somam mais de R$ 34 milhões. Outros R$ 48,3 milhões são investidos na restauração da MT-170, no trecho de 106 km, que liga Juína a Castanheira.

Leia Também:  Por demora na entrega de uma pizza cliente "machão" se acha no direito de ir ao comércio agredir funcionarios

Momento Destaque

Operação “Guardiões do Pantanal” da Polícia Civil e SEMA fecha garimpos ilegais no municipio turistico de Poconé MT

Publicados

em

Operação Guardiões do Pantanal, deflagrada pela Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema) em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), resulta no fechamento de garimpo ilegal em Poconé MT.

No local, foi constatado a realização de desmatamento e a extração ilegal de ouro. Quatro funcionários que trabalhavam no momento da ação foram encaminhados para a delegacia. Este é o segundo garimpo ilegal fechado por forças de segurança este ano, na mesma cidade.

A operação foi motivada por denúncias realizadas junto à Dema. Ao todo, 12 agentes públicos, entre policiais civis e servidores da Sema e Politec, participaram da fiscalização. Perícias resultaram na localização de maquinários que eram utilizados para degradar o meio ambiente.

Dois motores estacionários e uma escavadeira hidráulica foram apreendidos e outros dois motores do tipo foram destruídos em razão da dificuldade de retirada de dentro da área de escavação.

De acordo com a Polícia Civil, o garimpo foi embargado e fechado pelas equipes responsáveis pela operação, já que não possuía licença para funcionamento.

Leia Também:  Das 30 Cidades mais violentas do Brasil duas estão em Mato Grosso segundo dados revelados pelo Anuário Estatístico

Quando as equipes de segurança chegaram ao local, haviam 4 funcionários trabalhando no garimpo. Eles foram conduzidos à Delegacia de Poconé, onde assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por crime ambiental e foram liberados.

Conforme a Dema, as investigações seguem e o responsável pelo garimpo, bem como outros envolvidos identificados no ato criminal, responderão inquérito policial pela prática de diversos crimes ambientais.

Uma mineradora que funciona na mesma região também passou por fiscalização. Os responsáveis apresentaram licenças para funcionamento. Porém, foram recolhidos outros documentos, que passam por perícia.

Em 3 meses

Este é o segundo garimpo ilegal fechado pela Dema em Poconé este ano. Em março, após denúncias, um garimpo que funcionava de forma clandestina, sem qualquer tipo de licença, também foi interditado pela Delegacia Especializada. Na época, 3 homens foram presos e diversos maquinários e ferramentas foram apreendidos.

Dentre os crimes detectados estavam o de desmatamento irregular, lavra ou extração de recursos minerais sem a competente autorização, permissão, concessão ou licença.

Leia Também:  Governador autoriza asfalto novo para 11 bairros em Cuiabá e aplica R$ 412,8 milhões em convênios para a Baixada

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI