Momento Destaque

Médica picada por jararaca em cachoeira de MT está se recuperando bem no Einstein em São Paulo e passa por nova cirurgia nesta quarta(09)

Publicados

em

A médica Dieynne Miranda Saugo(foto) passará por uma nova cirurgia nesta quarta-feira (9). Ela teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas segue internada em São Paulo.

Em 30 de agosto a profissional foi picada por uma cobra, em Nobres, municipio de Mato Grosso, enquanto se divertia numa cachoeira e está hospitalizada desde então.

Em uma rede social, a médica publicou um texto no qual relata que ser picada pelo animal não foi azar, mas um acidente e ela não questionou a Deus por ter ocorrido isso com ela. Menciona que agora tem uma nova data de aniversário: 30 de agosto é o dia do seu renascimento, como descreve.

“Meus irmãos e irmãs creiam no poder curador de Deus. A luta é grande, mas a vitória é certa”, escreveu na rede social. No post ela comunica a nova operação, mas não detalha que tipo de cirurgia fará.

Desde que foi internada a médica passou por uma operação no braço e uma traqueostomia. Ela também foi diagnosticada com covid-19 e trata a doença. Ela recebeu transfusão de sangue ainda em Cuiabá e a família fez uma vaquinha para pagar as despesas de transporte em UTI aérea para São Paulo.

Leia Também:  ex-Deputado José Riva afirma que Emanuel Pinheiro extorquia quem achava pela frente e que o gestor recebeu R$2,4 milhões em mensalinho

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Momento Destaque

PRF apura origem de mais de 17 Kg de ouro apreendidos em poder de 3 homens que viajavam de Cuiabá para São Paulo na BR 364

Publicados

em

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou uma quantia de 17,95kg de ouro, sobre  o banco de uma caminhonete Toyota Hilux, durante fiscalização na BR-364, em Alto Garças, no Mato Grosso.

O flagrante foi feito na tarde de sexta (25). O minério apreendido é avaliado em mais de R$ 5 milhões.

A equipe da PRF, que fiscalizava no km 48, abordou o veículo com placas de Olímpia (SP). A caminhonete era ocupada pelo condutor, de 36 anos e dois passageiros (56 e 53 anos). Questionados, disseram que estavam viajando de Cuiabá para São Paulo e que o condutor trabalhava com vendas, sem especificar detalhes. Os passageiros seriam os seguranças do motorista.

Os policiais realizaram uma busca veicular e encontraram, dentro de uma mala, sobre o assento traseiro do veículo, uma quantia pesando aproximadamente 17,95 kg de ouro em barras. Foi apresentada nota fiscal, mas quando os policiais solicitaram a guia de trânsito o condutor disse que não possuía esse documento.

Conforme a nota fiscal, o ouro transportado é ativo financeiro, pois foi recolhido IOF (imposto sobre operações financeiras) e não o ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços). Por se tratar de ativo financeiro é obrigatória a expedição da guia de trânsito de ouro ativo financeiro.

Leia Também:  Vasco não consegue superar jogo defensivo do Bragantino neste domingo no Rio e não sai do 1 x 1 com destaque para o goleiro Miguel

 

 

Otavio Ventureli(da redação com RDnews)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA