Momento Destaque

Nova Mutum estabelece toque de recolher às 21h a partir desta sexta-feira (19)

Publicados

em

Foto: Prefeitura de Nova Mutum/Divulgação


O município de Nova Mutum (MT) terá toque de recolher a partir desta sexta-feira (19). A medida vale por 15 dias e proíbe a circulação de pessoas e funcionamento de qualquer tipo de atividade das 21h às 5h, com exceção das funções consideradas essenciais como farmácias, indústrias de alimentos e segurança.
A decisão foi tomada após reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Novo Coronavírus que ocorreu na segunda-feira (15).
A postura mais rígida adotada pelo comitê é uma resposta aos crescentes casos de Covid-19 em Nova Mutum e tem como objetivo frear a contaminação pelo novo coronavírus. O município já teve quatro mortes pela Covid-19 e mais de 130 casos confirmados da doença.
Um novo decreto será publicado nesta terça-feira (16), com todas as decisões adotadas pelo Comitê Municipal de Enfrentamento ao Novo Coronavírus.
Durante o anuncio das medidas o prefeito de Nova Mutum, Adriano Xavier Pivetta, se mostrou indignado com a falta de compromisso com parte da população que insiste em desrespeitar as determinações impostas sobre o distanciamento social.
“O que temos visto nos últimos dias foi uma grande falta de respeito. As pessoas estão brincando com essa situação que é muito grave. A quantidade de festinhas clandestinas, eventos familiares com grande número de pessoas é alarmante. Ou paramos e damos um basta ou teremos que fechar tudo”, desabafa.
Adriano Pivetta afirmou ainda que o intuito é evitar um menor impacto possível nas atividades econômicas do município. “Nosso comércio segue funcionando 100%. Entendemos que cada empresário está fazendo sua parte. O comércio tem se comportado bem, porém, precisamos evitar e acabar com as aglomerações”. Explica.
O Comandante Regional do 14° CR da Policia Militar, Coronel Claudio Fernando, afirmou que o plano do toque de recolher terá uma atuação com maior rigidez na fiscalização por parte do município em conjunto com as forças de segurança.
“Estaremos disponibilizando equipes em conjunto com a fiscalização municipal no combate a essas aglomerações que vem acontecendo no município, estaremos fiscalizando esses locais e agindo conforme a lei determina. Sobre o toque de recolher somente será permitido nas ruas pessoas que necessitem dos serviços essenciais estarão autorizadas. Fora isso, não permitiremos nenhum tipo de aglomeração de pessoas”. Aponta.
Conforme o promotor de justiça, Henrique de Carvalho Pugliese, Nova Mutum o momento mais importante de sua história, e espera uma resposta positiva durante o toque de recolher para que medidas mais drásticas sejam evitadas.
“O Ministério Público não faz parte do comitê, mas acompanha as ações e agora é o momento em que a cidade precisa mostrar seu valor. Se essa medida de evitar aglomerações não der certo, inevitavelmente iremos para um patamar em que muitos empregos serão sacrificados, porque a economia será parada”, finalizou o promotor.
(Com informações da Prefeitura de Nova Mutum)

Leia Também:  Em Sinop: Presidente Bolsonaro passa esta manhã de sexta(18) visitando Sorriso e Sinop onde vai a INPASA e lança a safra de grãos 2020/2021

Momento Destaque

SEFAZ MT alerta população sobre estelionatários que se passam por servidores e estão aplicando golpe em nome do programa Nota MT

Publicados

em

A Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT) emitiu um comunicado alertando consumidores sobre a ocorrência de um golpe de estelionato em nome do Programa Nota MT.

O Fisco recebeu novas denúncias de que golpistas se passam por servidores do órgão solicitando dados pessoais e até mesmo transferências em dinheiro.

De acordo com as denúncias, há casos em que é informado o valor de uma premiação falsa e em outras situações eles pedem que a pessoa se dirija a uma instituição bancária para receber novas orientações. Há ainda situações em que foi cobrado valores referentes a débitos tributários inexistentes.

Conforme a assessoria de imprensa, os contatos são realizados por meio de SMS, WhatsApp e ligações. Conforme os relatos, os números são do DDD 65 e também de outros estados. Ao receber qualquer tipo de abordagem semelhante a essas, o consumidor deve se atentar e, por segurança, não fornecer informações ou fazer o que for solicitado.

“O Nota MT e a Sefaz não encaminham mensagens por SMS ou WhatsApp. Não abram esse tipo de mensagem porque isso é fraude, eles estão querendo roubar os seus dados e, por favor, fiquem atentos para não caírem no golpe”, disse o secretário de Fazenda, Rogério Gallo. O alerta foi feito durante a transmissão ao vivo do último sorteio do Programa Nota MT, realizado na segunda-feira (14.).

Leia Também:  Polícia Civil inicia investigações para desvendar as causas do assassinato de um homem de 36 anos morto com vários tiros em Diamantino MT

Na ocasião Gallo explicou, ainda, que existem dois canais oficiais de comunicação utilizados pelo Nota MT: a área restrita do usuário no site ou aplicativo e o endereço de e-mail informado pelo cidadão no momento da inscrição no Programa.

Em algumas situações, quando há necessidade, a equipe gestora do Programa Nota MT entra em contato por telefone com os sorteados, mas sempre com a devida identificação dos servidores fazendários. As ligações são realizadas para orientar o cidadão que possui alguma irregularidade que impede o recebimento do prêmio.

A Sefaz destaca que todas as denúncias recebidas de golpes utilizando o nome da instituição e do Nota MT são encaminhadas para a Delegacia Fazendária (Defaz), para as devidas providências. Além de denunciar, por meio da Ouvidoria e do atendimento online do Nota MT, o consumidor que se sentir ameaçado ou for vítima pode se dirigir à Polícia Civil para registrar Boletim de Ocorrência.

Como saber se foi sorteado?

Para saber se foi um dos ganhadores do Nota MT, o consumidor pode acessar o site ou aplicativo com o login e a senha de uso pessoal. Na opção sorteios é possível acompanhar as datas dos concursos e ainda fazer o download da lista dos ganhadores e dos bilhetes premiados. É nessa página, também, que é informado se a pessoa foi contemplada ou não em um dos sorteios.

Leia Também:  Em Sinop: Presidente Bolsonaro passa esta manhã de sexta(18) visitando Sorriso e Sinop onde vai a INPASA e lança a safra de grãos 2020/2021

O pagamento dos prêmios é realizado mediante depósito em conta corrente ou conta poupança de mesma titularidade do premiado, desde que não possua nenhuma irregularidade fiscal. O preenchimento dos dados bancários deve ser efetuado pelo próprio usuário na área restrita do site Nota MT ou aplicativo, no menu “Meus Dados” e opção “Dados Bancários”.

A Sefaz destaca que, nos casos em que houver débitos que impeçam o recebimento da premiação, os valores devem ser pagos somente por meio de Documento de Arrecadação Estadual (DAR). O documento é gerado pela pasta fazendária e pode ser emitido direto no site www.sefaz.mt.gov.br.

Em caso de dúvidas, o usuário pode entrar em contato com a equipe gestora do Nota MT pelo site ou app, na opção “envie uma mensagem”.

 

Otavio Ventureli(da redação com ascom)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA