Momento Destaque

Operação Polícial recupera em Paranatinga MT carreta roubada na BR 163 cujo motorista ficou 3 horas em poder dos bandidos

Publicados

em

Um caminhoneiro foi sequestrado na BR-163 e teve o seu caminhão, um Volvo com trator e semi reboques carregados de milho, roubado no final da tarde do último sábado (10).

A vítima ficou mantida em cárcere privado durante três horas até que foi liberada e acionou a polícia em Sinop, Mato Grosso.

Em depoimento aos policiais, a vítima, que é motorista de uma transportadora, relatou que trafegava pela BR-163 quando parou, desceu do veículo e foi surpreendida por um indivíduo armado que anunciou o assalto e a obrigou a passar para a cama da cabine, permanecendo de cabeça baixa.

O sequestrador andou com o caminhoneiro por cerca de 20 quilômetros até que parou e mandou descer. A vítima ficou por cerca de três horas em cárcere privado até que foi liberada pelo suspeito. Assim, conseguiu uma carona até Sinop, onde acionou a Polícia Judiciária Civil (PJC).

Diante das informações os policiais civis realizaram buscas e conseguiram localizar o veículo roubado,  na zona rural de Paranatinga MT, nas proximidades da rodovia MT-130, sentido município de Primavera do Leste MT. O condutor do veículo foi preso em flagrante e conduzido para Delegacia de Paranatinga.

Leia Também:  Proposta de Emenda Constitucional que trata de concessão de serviço público é aprovado na Assembleia Legislativa de MT

No interrogatório ele informou que havia sido contratado para levar o caminhão até um posto de combustível no município de Primavera do Leste. As investigações continuam para recuperação dos semi reboques, bem como para identificação e prisão de outros envolvidos.

 

Otavio Ventureli(da redação com ascom)

Momento Destaque

Polícia Civil de Lucas do Rio Verde MT investiga morte de um homem encontrado sem vida na tarde desta terça(27) com 30 facadas

Publicados

em

Corpo de um homem não identificado foi encontrado boiando no Rio Verde, em Lucas do Rio Verde, Mato Grosso, no final da tarde desta terça-feira (27).

A vítima estava apenas de cueca, com pedaços de concreto amarrado em seu corpo, além de ao menos 30 sinais de facadas no tórax, pernas e na cabeça.

Conforme as informações, o Corpo de Bombeiros foi acionado inicialmente para a ocorrência, por volta das 17h35, quando populares identificaram o corpo. Eles acreditavam que se tratava de uma ocorrência de afogamento. O corpo estava 700 metros da ponte, na entrada da cidade.

Mas, quando os bombeiros fizeram o resgate, encontraram vários sinais que demonstraram que se tratava de um crime de homicídio e acionaram a Polícia Civil. A vítima, um homem, trajava apenas uma cueca e de estatura mediana, tem uma tatuagem no braço esquerdo que aparenta ser um pássaro.

No mesmo braço, segundo a polícia, estava amarrado um pedaço de tijolo com concreto. Além disso, o corpo estava com muitas perfurações de arma cortante, possivelmente de faca.

Leia Também:  Servidores do IFMT de Campos Novo do Parecis MT supostamente envolvidos em roubalheira e candidata a vereadora são afastados

Ao menos 30 perfurações foram contadas no tórax, pernas e na cabeça. Peritos da Perícia Oficial (Politec) também estiveram na ocorrência e disseram que o corpo estava inchado, em estado de decomposição e aparentava ainda ter sido morto há 72 horas. Ainda não há informações sobre a identidade da vítima. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA