Momento Destaque

Outra mulher presta depoimento à Polícia acusando o advogado Cleverson Contó de ataque sexual após entrevista de trabalho

Publicados

em

Sobe para 9 o número de mulheres que formalizaram denúncia contra o advogado Cleverson Campos Contó, 33(foto), por abusos, agressões físicas, verbais, ameaças, chantagens e estupros.

A vítima de 30 anos prestou depoimento na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá na sexta-feira (11) para relatar o ataque que ocorreu após uma entrevista de trabalho, no início de 2018.

Ela assegurou que se sentiu motivada fazer a denúncia depois de ver outras mulheres fazerem o mesmo. Na ocasião do abuso, afirma que teve “seu íntimo violado e se sentiu envergonhada”. Mas não revelou nada nem ao marido e à família.

Em depoimento, informou que no ano de 2012 trabalhou por 3 meses com o advogado, quando tiveram várias discussões, pois ele a humilhava e, por isso, deixou o trabalho.

No início de 2018, ela o encontrou em um supermercado, quando durante a conversa ele soube que ela estava desempregada e ofereceu uma vaga de secretária. Na manhã seguinte, ela foi fazer a entrevista, acreditando que Cleverson teria amadurecido e se tornado mais profissional.

Leia Também:  Polícia Civil divulga dados sobre a Operação "Fronteira Segura" deflagrada para combater tráfico de drogas na região sul do Estado

Após a entrevista, que transcorreu normalmente, ele se levantou e ficou ao seu lado, passando as mãos em seu ombro e disse que precisavam “fechar o ciclo”. Ela indagou o que seria este ciclo, quando ele disse que sempre foi a fim dela e queria ficar com ela, passando a tocar seu seio esquerdo.

Ela se levantou, deixou uma cadeira entre ambos, dizendo que não havia ciclo nenhum e que isso era coisa da cabeça dele. Lembrou a ele que discutiam muito e que ela era casada. Ele, então, enfiou as duas mãos na calça dela, abriu o botão e o zíper para tentar tirá-la, insistindo em ver sua calcinha. Foi quando ela conseguiu se desvencilhar e escapou.

Número de vítimas pode passar de 15

A expectativa é que o número de vítimas do advogado Cleverson Campos Contó supere 15 mulheres, uma delas inclusive morando hoje na Argentina. As primeiras duas que tiveram coragem de denunciar o ex-companheiro dizem que, após a divulgação do caso, passaram a ser procuradas pelas outras vítimas.

A empresária Mariana de Mello Vidotto foi a primeira mulher a acusar publicamente Contó dos mais diversos tipos de agressões. A médica Laryssa Moraes inclusive mostra um vídeo de quando, após ser agredida por ele com socos no peito no corredor do apartamento, levou um chute no elevador. Entre as ex-companheiras são comuns os relatos de ofensas, agressões e invasões de domicílio.

Leia Também:  Ceará empata em 2 x 2 com o Goiás na noite deste domingo no Castelão em Fortaleza pela 12ª rodada do Brasileirão

Outros registros policiais de desentendimentos em casas noturnas e condomínio reforçam o histórico violento do advogado, que se dizia estar acima da lei e que passou a ser alvo de denúncias nas redes sociais.

Defensor de Contó, o advogado Eduardo Mahon afirma que as acusações não passam de tentativas de afetar a imagem do seu cliente, além de estratégias para obter indenizações cíveis e punições penais baseadas em “testemunhas que não aparecem”.

Mahon afirma que seu cliente possui diversos áudios, prints de conversas, entre várias outras provas que, segundo ele, apontam a tentativa das denunciantes Mariana e Laryssa de denegrir a imagem do advogado.

 

Otavio Ventureli(com GD)

Momento Destaque

Ceará empata em 2 x 2 com o Goiás na noite deste domingo no Castelão em Fortaleza pela 12ª rodada do Brasileirão

Publicados

em

O Ceará empatou com o Goiás em 2 a 2, na noite deste domingo (27), no Castelão, pela 12ª rodada da Série A do Brasileiro.

O time de Guto Ferreira sofreu o gol logo no primeiro minuto de jogo, mas, na segunda etapa, conseguiu mudar o rumo do confronto. Charles e Vina marcaram. Mas David Duarte deixou tudo igual aos 45 minutos do segundo tempo.

Para quem gosta de emoção, o jogo começou quente. Antes mesmo de um minuto, Fernando Sobral carimbou o travessão de Tadeu. Mas, logo em seguida, Breno cabeceou para grande defesa de Fernando Prass, e Rafael Moura pegou o rebote tranquilo para abrir o placar.

O jogo seguiu movimentado. O Ceará teve boas chances com Sobis, Vina e Felipe Silva. David Duarte arriscou de longe e quase surpreendeu. Aos 43, o zagueiro Tiago marcou gol do Ceará, mas havia sido dada a saída de bola na cobrança do escanteio. Vina ainda mandou um chutaço para defesaça de Tadeu.

O Ceará fez uma mudança para o segundo tempo. Saiu Sobis para entrar Cléber. E em lance de velocidade de Charles, o jogador chutou sem ângulo, a bola tocou na trave e veio o gol do Ceará.

Leia Também:  Polícia Federal dá a conhecer nomes de fazendas de grande porte supostamente responsaveis por destruição do Pantanal em MT do Sul

Aos 23, Vina arriscou perto do travessão de Tadeu. Mas, aos 27, ele não errou. Invadiu a área e meteu o chute sem chance para Tadeu: 2 a 1. Prass fez duas grandes defesas. Caju perdeu gol inacreditável dentro da pequena área. David Duarte deixou tudo igual aos 45 minutos do segundo tempo.

Na tabela

Com o resultado, o Ceará tem 14 pontos, na parte de cima da tabela. O Goiás tem nove pontos, na parte inferior da tabela

Próximos jogos

Pelo Brasileirão, o Ceará encontra o Palmeiras no próximo sábado (3), fora de casa, às 19 horas. Antes enfrenta o Fortaleza na final do estadual na quarta-feira (30). O Goiás encontra o Santos às 18h15 na Serrinha, no domingo(04).

 

 

Otavio Ventureli(da redação com GE)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA