Momento Destaque

Padrasto faz ameaça dizendo que pertenceria a facção criminosa Comando Vermelho, faz ameaça, estupra menor de 15 anos e é preso

Publicados

em

Um homem de 31 anos foi preso acusado de estuprar a enteada, uma menor de 15 anos, na cidade de Rondonópolis, em Mato Grosso, na madrugada deste sábado (27).

A vítima contou que o crime sexual começou há um mês e que estava com medo de contar, por estava sofrendo ameaças de morte, já que o suspeito dizia ser membro do Comando Vermelho.

De acordo com as informações, Polícia Militar foi acionada até a casa de uma testemunha, onde a vítima estava passando dois dias. A dona do local achou estranha a atitude dela, já que ao falar em retornar para a casa, a menina se mostrou nervosa.

Depois de uma conversa, a menina acabou desabafando e contou que estava sendo vítima de crime sexual e de ameaça. O autor das agressões é o padrasto, de 31 anos. A mãe dela foi chamada no local e viu a menina bastante abalada.

Ele aproveitada do momento que a mulher não estava em casa para cometer o crime. Além disso, dizia que se ela contasse para alguém, seria morta junto com a família toda, já que era membro do Comando Vermelho.

Leia Também:  Baixo nível: Comentários racistas e homofóbicos de estudantes de medicina em rede social chocam mundo acadêmico de Mato Grosso

Diante dos fatos, o agressor foi preso em flagrante e ele foi encaminhado para a delegacia, onde foi atuado pelos dois crimes.

 

 

Otavio Ventureli(com assessoria e GD)

Momento Destaque

Lei de autoria do Deputado Eduardo Botelho garante ao consumidor pagar e parcelar conta de energia elétrica com o seu cartão de crédito

Publicados

em

Mais uma ação para o enfrentamento da pandemia causada pelo coronavírus foi efetivada nesta semana.

O governador do Estado Mauro Mendes sancionou a Lei 11.332/21 de autoria do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho.

A Lei,  permite que consumidores efetuem o pagamento e parcelamento da conta de energia elétrica com cartão de crédito.

Botelho defende como uma alternativa para aliviar o momento difícil que muitas famílias enfrentam em decorrência da pandemia, em que muitas pessoas perderam empregos e vivenciam a angústia de manter o sustento da casa. Com a nova lei, a concessionária dos serviços públicos de fornecimento de energia elétrica de Mato Grosso deverá ofertar a opção do pagamento com cartão de crédito, inclusive, das contas vencidas.

Mais um apoio importante para os consumidores que podem pagar a conta de energia com o cartão de crédito, podendo até ser parcelado. Nesse momento difícil, tenho certeza que será de grande valia”, afirmou.

Outra proposta para ajudar a população encampada por Botelho, se refere a derrubada do veto do governador ao projeto de lei que proíbe o corte de energia elétrica por três meses. “Vamos batalhar para derrubar esse veto. Existe uma votação no Supremo que diz que as leis das Assembleias valem. Então, o que aprovamos vai valer e vamos derrubar esse veto”, garantiu.

Leia Também:  Fome e desespero: Três mil pessoas saquearam cargas de carne e soja de duas carretas que tombaram, simultaneamente, na Serra Tapirapuã

Esse veto foi aposto ao Projeto de Lei 160/21, aprovado no último dia 22, que dispõe sobre a proibição de corte no fornecimento de energia elétrica no Estado de Mato Grosso e dá outras providências, de autoria das lideranças partidárias. Nesta segunda-feira (19), os deputados realizam sessão plenária para a apreciação de vetos.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA