Momento Destaque

Perversidade: Presa mulher de 28 anos que colocou fogo no marido utilizando uma bacia com álcool após vítima sair do banheiro de casa

Publicados

em

A polícia prendeu uma mulher de 28 anos que ateou fogo no marido de 37 anos na manhã desta segunda-feira (14), na cidade de Tangará da Serra, municipio de Mato Grosso.

A prisão foi efetuada próximo ao lugar onde a vítima estava sendo atendida. Segundo informações da polícia, o homem teve 40% do corpo queimado e está intubado em estado grave.

A vítima apresentava queimaduras de 1º grau. Durante o atendimento da ocorrência, os policiais civis identificaram a esposa da vítima como a autora da tentativa de homicídio.

A suspeita foi localizada logo em seguida, nas proximidades da UPA, e ao ser abordada, confessou que ateou fogo no marido.

O crime

Questionada, ela alegou que na noite anterior, o marido havia a agredido, e na manhã desta segunda-feira (14) iniciaram uma nova discussão.

A vítima então foi para o banheiro, ocasião em que a suspeita ficou o aguardando com uma bacia com álcool e fósforo, sendo a vítima surpreendida no momento em que saia do recinto.

Mesmo após ter o corpo em chamas, a vítima foi dirigindo até UPA, onde foi socorrida. Segundo o delegado, Adil Pinheiro de Paula, a versão apresentada pela suspeita não convence, uma vez que ela ficou aguardando para atacar a vítima.

Leia Também:  Lucas do Rio Verde adere campanha "Agosto Dourado" em incentivo ao aleitamento materno

“Ela aproveitou o momento em que a vítima saiu do banheiro para jogar o álcool e em seguida o fósforo aceso. Como na primeira tentativa o fósforo não pegou fogo, então ela acendeu um segundo palito, conseguindo incendiar o corpo da vítima”, explicou o delegado.

Diante das evidências, a mulher foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio qualificada por meio insidioso e uso de fogo.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria policial)

Momento Destaque

Guiratinga comemora 88 anos com parcerias estaduais em infraestrutura, saúde e segurança

Publicados

em

Guiratinga, no sudoeste mato-grossense, 15.245 habitantes, distante 237 quilômetros de Cuiabá, comemora nesta segunda-feira, 02 de agosto, seu 88º aniversário de emancipação administrativa com forte presença do Governo do Estado.

Na atual gestão, o município foi beneficiado com pavimentação e restauração de mais de 130 quilômetros de rodovias, com investimentos superiores a R$ 110 milhões; maquinário para manutenção de estradas de terra; patrulha mecanizada e resfriadores de leite para apoio à agricultura familiar; e auxílio  financeiro e material a famílias carentes.

Infraestrutura

No final de 2019, foi concluída a pavimentação de 41,4 quilômetros da MT–100, a construção da ponte de concreto sobre o rio Batovi, entre o município e Tesouro e a restauração de 62,74 quilômetros da MT–270, no sentido Rondonópolis. Ambos os investimentos somam mais de R$ 90 milhões.

Ainda por meio da Sinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística), foram pavimentados 26,7 quilômetros da MT-110, entre Guiratingae Alto Garças. Este é o primeiro lote de obras para interligar Alto Garças e Guiratinga. Estão sendo investidos R$ 21,3 milhões.

Guiratinga também será beneficiada com a pavimentação de 66,44 quilômetros das rodovias MT-461 e MT-459, além de uma ponte de concreto na MT-459. Foi publicado o edital de licitação para elaboração dos projetos, que atenderão diretamente ainda Pedra Preta, Itiquira, Alto Garça e São José do Povo.

Para auxiliar na manutenção de 275 quilômetros de rodovias não pavimentadas, a Prefeitura de Guiratinga recebeu do Governo do Estado uma motoniveladora, complementando o maquinário municipal.

Leia Também:  Desembargador defere liminar e livra Governo de obrigatoriedade de fornecer lanches nas escolas

Agricultura familiar

Para atendimento a agricultores familiares, o município recebeu, no início deste ano, uma patrulha mecanizada, composta por trator agrícola, carreta basculante e grade aradora, e dois resfriadores de leite, com capacidade para até mil litros.

Assistência Social

Por meio da Setasc (Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social), além da entrega de 619 cartões do Ser Família Emergencial, foram doados a famílias carentes do município 800 cestas básicas entre 2020 e 2021 pelo programa Vem Ser Mais Solidário e 1.174 cobertores, pelo Aconchego.

Segurança

Guiratinga é um dos 50 municípios a serem beneficiados com a implantação de radiocomunicação digital, pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP). Esta é a terceira etapa do Projeto, que prevê todo o Estado utilizando a ferramenta até o próximo ano.

Saúde e repasses

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) repassou ao município 1.300 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 55.416 comprimidos, entre azitromicina (6.813), ivermectina (5.451) e dipirona (43.152), também distribuído em gotas, com 1.060 frascos.

Entre 2020 e 2021, o Governo do Estado repassou R$ 16,9 milhões aos cofres municipais em ICMS, IPVA e Fethab; R$ 1,698 milhão em assistência social, transporte escolar e emendas parlamentares entre 2019 e 2020; e R$ 1,3 milhão em fundos de saúde entre 2019, 2020 e 2021.

Leia Também:  Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso auxilia artistas nas inscrições para o 26° Salão Jovem Arte

Economia

Segundo o IBGE, em 2018, o setor agropecuário, com R$ 176,388 milhões, foi o principal componente do Produto Interno Bruto (PIB) municipal, de R$ R$ 378,2 milhões. Administração Pública (R$ 87, 8 milhões), Serviços (R$ 79,988 milhões), Impostos (R$ 20,27) milhões e indústria (R$ 13,76 milhões) fecharam a soma. O PIB per capita foi R$ 25.157,11.

Em 2019, 264 empresas ou organizações ativas pagaram R$ 32,4 milhões, entre salários e outras remunerações, a 1.371 pessoas ocupadas (9,1% da população), das quais 1.108 assalariadas. Média mensal de 2,2 salários mínimos.

Soja (227,7 mil toneladas), milho (177,25 mil) e algodão (35,3 mil) foram os principais cultivos guiratinguenses em 2019, segundo o IBGE, que registrou ainda a produção de banana, cana de açúcar, feijão, mandioca, melancia e sorgo.

Na pecuária, deteve em 2019 um rebanho bovino com 196,2 mil cabeças, das quais 3.340 vacas ordenhadas com 2,96 milhões de litros de leite; rebanho galináceo com 31,18 mil cabeças, das quais 13.415 galinhas com 60 mil dúzias de ovos, além 4.392 suínos (277 matrizes), 3.617 equinos, 2.327 ovinos e 4,8 toneladas de peixes em cativeiro.

Primeiro no ranking estadual, Guiratinga possui 17 mil hectares com plantação de eucalipto.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA