Momento Destaque

Polícia Civil de Lucas do Rio Verde MT investiga morte de um homem encontrado sem vida na tarde desta terça(27) com 30 facadas

Publicados

em

Corpo de um homem não identificado foi encontrado boiando no Rio Verde, em Lucas do Rio Verde, Mato Grosso, no final da tarde desta terça-feira (27).

A vítima estava apenas de cueca, com pedaços de concreto amarrado em seu corpo, além de ao menos 30 sinais de facadas no tórax, pernas e na cabeça.

Conforme as informações, o Corpo de Bombeiros foi acionado inicialmente para a ocorrência, por volta das 17h35, quando populares identificaram o corpo. Eles acreditavam que se tratava de uma ocorrência de afogamento. O corpo estava 700 metros da ponte, na entrada da cidade.

Mas, quando os bombeiros fizeram o resgate, encontraram vários sinais que demonstraram que se tratava de um crime de homicídio e acionaram a Polícia Civil. A vítima, um homem, trajava apenas uma cueca e de estatura mediana, tem uma tatuagem no braço esquerdo que aparenta ser um pássaro.

No mesmo braço, segundo a polícia, estava amarrado um pedaço de tijolo com concreto. Além disso, o corpo estava com muitas perfurações de arma cortante, possivelmente de faca.

Leia Também:  Agência Nacional de Energia Elétrica decidiu nesta segunda(30) que haverá cobrança extra nas contas de luz à partir desta terça(1º) em todo o País

Ao menos 30 perfurações foram contadas no tórax, pernas e na cabeça. Peritos da Perícia Oficial (Politec) também estiveram na ocorrência e disseram que o corpo estava inchado, em estado de decomposição e aparentava ainda ter sido morto há 72 horas. Ainda não há informações sobre a identidade da vítima. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Momento Destaque

Secretário de Governo é preso em flagrante e encaminhado ao Cadeião acusado de desviar materiais de recuperação de rodovia para fazenda

Publicados

em

O secretário de Governo de Sinop, municipio de Mato Grosso,  Jaime Dallastra, foi preso no fim da tarde desta terça-feira (1º), acusado de desviar materiais de recuperação de rodovia da Concessionária Rota do Oeste, que estariam sendo levados para a fazenda que pertence a sua irmã, a prefeita Rosana Martinelli.

O delegado Pablo Carneiro confirmou a prisão.  “Estamos terminando o flagrante neste momento e após isto ele será encaminhado para o presídio”, explicou a autoridade policial.

Segundo consta, a Concessionária Rota do Oeste acionou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) após constatar que seus materiais estavam sendo retirados da rodovia e encaminhados, por caminhões do município, para a fazenda da prefeita Rosana Martinelli.

Conforme a Polícia Civil, foi apresentado um ofício subscrito pelo secretário que  solicitava doação desse material para ser empregado na pavimentação das vias do município. Porém, posteriormente, constatou-se que eles estavam sendo levados para a fazenda da prefeita.

O pedido seria para utilizar os materiais em estradas vicinais do município, o que não estaria acontecendo. Os funcionários da prefeitura já foram ouvidos pelo delegado.

Leia Também:  Terroristas fortemente armados assaltam agências bancárias durante 3 horas, fazem escudos humanos e deixam cidade sitiada

O secretário recebeu voz de prisão em flagrante após se apresentar na delegacia. Ele será encaminhado para o presídio da cidade.

Rota do Oeste

Em nota, a concessionária confirmou que identificou que o material  fresado (resíduos de asfalto) armazenado às margens da BR-163 estava sendo retirado sem autorização, seguindo o procedimento padrão para situações desta natureza.

A Concessionária esclarece ainda que a Prefeitura de Sinop protocolou um pedido para uso do material em locais públicos em outubro deste ano. Porém, não houve continuidade no processo administrativo porque a Gestão Pública deixou de encaminhar as informações solicitadas pela Rota do Oeste para formalizar o termo de doação.

“Por fim, é importante pontuar que a empresa utiliza parte do fresado na composição da massa asfáltica para recuperação do pavimento, a exemplo do que tem sido feito na BR-364 em Jangada e Rosário Oeste, e o restante é doado para entidades públicas que se comprometem em utilizar o material em locais públicos e em beneficio da sociedade”, finaliza a nota.

 

Leia Também:  Boletim da tarde deste domingo(29) da SES MT registra 103 novas confirmações de coronavírus com 127 internações em UTIs públicas

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA