Momento Destaque

Polícia Civil investiga tentativa de sequestro de criança de 10 anos seguida por dois homens em um carro ao sair de casa para comprar pão

Publicados

em

A Polícia Civil está investigando a tentativa de um sequestro de uma menina, de 10 anos, durante a tarde do último domingo (17) na cidade Colíder, em Mato Grosso.

Até o momento nenhum suspeito de ter abordado a criança foi localizado.

Conforme o boletim de ocorrência, a menor estava com a família em um lago jogando pedaços de pães para alguns peixes. Quando acabou o alimento, ela disse que iria até o posto comprar mais.

Enquanto estava indo na direção do estabelecimento, dois suspeitos, que estavam em um veículo Gol, se aproximaram e começaram a reduzir a velocidade perto da vítima.

Com medo, a menina atravessou a rua na tentativa de despistá-los, no entanto eles passaram por uma rotatória e voltaram a seguir a criança.

Na sequência, eles começaram a apontar na direção da menina e começaram a rir. Ao perceber que um dos criminosos estava abrindo a porta do carro, a menor começou a gritar e correu na direção do posto.

Uma mulher ajudou a criança e acionou a Polícia Militar que foi até o local. Os agentes realizaram rondas na região, mas até o momento nenhum suspeito foi localizado.

Leia Também:  Nesta segunda: Antes de decidir se determina lockdown em dois municipios de Mato Grosso Juiz convoca Prefeitos para audiência

 

 

Otavio Ventureli(da redação com hipernoticias)

Momento Destaque

Desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso obriga Prefeito Emanuel Pinheiro a cumprir Decreto do Governo do Estado

Publicados

em

O desembargador Orlando Perri(FOTO), do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), deferiu o pedido de liminar impetrado pelo Ministério Público do Estado (MPMT) para obrigar o município de Cuiabá a seguir, com urgência, alguns trechos do decreto imposto pelo governador Mauro Mendes. Uma das medidas é o toque de recolher a partir das 21h às 5h.

 Na decisão, Perri diz que “o Município tem autonomia para recrudescer o Decreto Estadual, nunca para abrandá-lo ou atenuá-lo, de modo a comprometer o todo.” Ele ainda lembra que o que estpa em risco é a vida e o bem-estar da população, que não podem ser comprometidas por decisões que “fragilizem” as normas de segurança adotadas pelo Executivo estadual.

A decisão atende ao pedido de liminar  em Ação Direta de Inconstitucionalidade impetrado na manhã desta quarta-feira (3).  “Percebe-se, às escâncaras, que o Decreto Municipal afrouxou, sensivelmente, as medidas restritivas impostas pelo Governo do Estado a todo o território estadual”, destaca o magistrado.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Leia Também:  Prefeitura de VG MT responsabiliza o Governo de Mato Grosso pelas filas de ambulância do SAMU com pacientes de Covid 19 em Hospital
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA