Momento Destaque

Polícia Civil prende quatro bandidos de facção criminosa apreendendo duas armas de fogo, munições e maconha

Publicados

em

Quatro integrantes de uma associação criminosa foram presos pela Polícia Civil, na sexta-feira (1º), na zona rural de Cáceres, no Mato Grosso, durante investigações continuadas para apurar o duplo homicídio ocorrido no município.

A ação resultou na apreensão de duas armas de fogo, várias munições e peças de maconha.

Os envolvidos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e associação para o tráfico de drogas.

Nas diligências, os policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres identificaram uma propriedade rural usada pelos suspeitos para planejar os crimes e também para se esconderem.

Diante das informações, a equipe foi até o local e, ao se aproximar, percebeu a presença de alguns indivíduos que fugiram para dentro de uma área de mata.

No interior do imóvel, foram encontradas as armas de fogo, munições, uma tornozeleira eletrônica, além de porções de maconha. Na casa também havia uma mulher e uma criança.

Um dos presos, possui passagem pelos crimes de sequestro, cárcere privado, furto, roubo, corrupção de menores, tráfico de drogas, receptação e lesão corporal.

Leia Também:  Causa própria: Senador de Mato Grosso defende leis mais brandas para o marco temporal em debate no STF

Os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e associação para o tráfico de drogas.

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria e gd)

Momento Destaque

Lei de vereador garante atendimento prioritário a pessoas com deficiência ou doenças não visíveis

Publicados

em

Linha Fina: Com a iniciativa, o presidente da Comissão de Saúde, vereador Dr. Luiz Fernando, busca incentivar o uso do Cordão de Girassol por pessoas portadoras destes problemas

Sancionada a Lei nº 6.851/2022, que institui a Semana Municipal de Conscientização do Uso do Cordão de Girassol, a ser celebrada anualmente, na semana do dia 21 de setembro, em conformidade com o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

De autoria do vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos), a norma, sancionada pelo Executivo, busca incentivar o Uso do Cordão de Girassol por pessoas com deficiências ou doenças não visíveis para sinalizar a necessidade de atendimento prioritário.

Com a iniciativa, Luiz Fernando, que é presidente da Comissão de Saúde da Câmara do Legislativo, busca incentivar o uso do objeto por pessoas portadoras destes problemas. E também, estimular a capacitação de profissionais para prestar atendimento a este público, bem como, conscientizar a população de que àquele que faz o uso do Cordão de Girassol, carece de atenção especial.

“Por meio desta lei, vamos garantir maior conforto e diminuir as situações de estresse para aqueles que, por alguma condição pré-determinada, não suportam situações rotineiras como aglomerações, sons elevados ou mesmo longos períodos de espera”, explica o vereador ao enfatizar que o Cordão de Girassol também significa um sinal de empatia com o próximo.

Leia Também:  Investigação do MPF quer saber se Frigoríficos de MT compram carne de áreas de preservação ou indígena

Em ascensão em todo o mundo, o Cordão de Girassol foi criado há aproximadamente seis anos, em Londres: é uma faixa estreita de tecido ou material equivalente, verde, com desenhos de girassóis – para sinalizar a preferência de atendimento e suporte diferenciado a este público.

Conforme a lei federal Nº 6.842, de 29 de abril de 2021, as doenças não visíveis – são as que não são imediatamente identificadas, a exemplo de autismo, Transtorno de Déficit de Atenção (TDA), transtornos ligados à demência, Doença de Crohn, colite ulcerosa e fobias extremas.

Márcia Martins / Assessoria de Imprensa de Gabinete

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI