Momento Destaque

Polícia Federal deflagra na manhã desta terça-feira a Operação “Papagaio de Ouro” com 09 mandados sendo cumpridos em garimpos de MT

Publicados

em

Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (2), nova fase da Operação Papagaio de Ouro, que investiga crimes ambientais visando a exploração de ouro em garimpos ilegais. Ao todo, 9 mandados estão sendo cumpridos em Mato Grosso.

As informações são preliminares, já que a operação ainda está em andamento. Mas, sabe-se que são 8 mandados de busca e apreensão e um de prisão expedidos pela Justiça de Cáceres (225 km ao Oeste de Cuiabá).

Em agosto de 2020, a PF mirou na exploração ilegal em Pontes e Lacerda. Pai e filho foram alvos da ação após uma investigação apontar que eles atuaram por mais de 5 anos em um garimpo ilegal na região.

A extração ilegal do ouro resultou em enormes lucros e empreitadas criminosas. Já em setembro do mesmo ano, PF prendeu um dos envolvidos no esquema que extraia ao menos 8 kg de ouro por mês.

Na época, carros, máquinas, imóveis e valores obtidos na exploração ilegal foram apreendidos.

 

 

 

Leia Também:  Enfermeira é presa em flagrante roubando testes de Covid 19 e outros materiais de uso hospitalar da Santa Casa de Cuiabá; médico é investigado

Otavio Ventureli(da redação com ascom)

Momento Destaque

Criminosos flagrados com drones sobrevoando presídio são presos e confessam que objetivo seria distribuir celulares à facções

Publicados

em

Dois homens foram presos por policiais do 5º BPM de Rondonópolis, no Mato Grosso,  na madrugada desta terça-feira (13), por organização criminosa. Um terceiro suspeito foi identificado.

A informação descrevia que um drone sobrevoava a unidade prisional Major Eldo de Sá Correa – Mata Grande. Em diligência pela região, foi percebido um Peugeot preto estacionado em um local isolado. Os dois homens que estavam no veículo foram rendidos.

Depois de um tempo, ambos confessaram que davam cobertura a outro homem que pilotava o drone. O objetivo seria jogar celulares e drogas no pátio da penitenciária.

Com a identificação do suspeito, os policiais foram até a sua casa. No imóvel, foram encontrados um carregador de drone, com imagens aéreas da unidade prisional, além de documentos pessoais do denunciado que é monitorado por tornozeleira eletrônica, mas que estava desligada.

Os suspeitos detidos contaram que devem R$ 1,5 mil para uma organização criminosa e para pagar a dívida auxiliaram o homem na ação.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Leia Também:  Unimed Norte de Mato Grosso doa à Seretaria de Saúde de Sinop MT 400 frascos de medicamentos para sedação de pacientes em estado grave
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA