Momento Destaque

Polícia investiga denúncia de paciente que supostamente teria sido estuprada por enfermeiro em UTI de Hospital Municipal

Publicados

em

Uma paciente de 45 anos denunciou ter sido estuprada por um enfermeiro dentro da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Municipal de Cuiabá, na madrugada de sábado (17).

Apesar de ter sentido um desconforto, só percebeu que se tratava de um crime sexual quando encontrou sangue e outros fluídos em sua roupa.

Segundo as informações, o suspeito do crime teria ficado sentado por algum tempo perto da paciente. Ele vestia uma roupa de cor verde – como de todos os funcionários do setor. Ela dormiu e quando acordou, percebeu que o suspeito estava levantando o lençol e com as mãos próximas da genitália dela.

Questionado, o homem disse que era ‘um procedimento normal’ e em seguida, aplicou outro remédio na paciente, que acabou dormindo. Já na manhã de sábado(17), ela sentiu desconforto ao sentar em uma maca e quando foi fazer a higienização pessoal, encontrou sangue e outros fluidos na fralda geriátrica que estava usando.

Equipe médica acionou a assistência social e a Polícia Militar, que registrou o caso, que será encaminhado à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá informou que ‘está à disposição para colaborar com o que for necessário’.

Leia Também:  Boletim da tarde deste domingo(29) da SES MT registra 103 novas confirmações de coronavírus com 127 internações em UTIs públicas

Leia a nota na íntegra:

“Em relação ao suposto caso de estupro no Hospital Municipal de Cuiabá, a Secretaria Municipal de Saúde informa:

-A diretoria do HMC, assim que soube da situação, chamou imediatamente a polícia, que esteve no local e colheu informações para investigar o caso e está à disposição para colaborar com o que for necessário nas investigações.

-A paciente teve acompanhamento psicológico e recebeu as medicações indicadas no protocolo para este tipo de situação.

-O HMC ressalta que na UTI onde a paciente estava internada fica sempre uma equipe de plantão composta por 5 técnicos de enfermagem, 1 fisioterapeuta, 2 enfermeiros, 1 médico e 1 supervisor que cuida de todas as UTIs.”

 

 

Otavio ventureli(da redação com gd)

Momento Destaque

Terroristas fortemente armados assaltam agências bancárias durante 3 horas, fazem escudos humanos e deixam cidade sitiada

Publicados

em

Um grupo fortemente armado provocou uma onda de assaltos a bancos em Criciúma, no sudeste de Santa Catarina, no início desta terça-feira, 1º.

A polícia ainda não sabe quantos bandidos participaram da ação, que durou cerca de três horas, e nem de onde eles são.

As entradas da cidade foram bloqueadas pelos criminosos para evitar a chegada de reforço policial.

De acordo com o soldado Marques, relações públicas da 6ª região de Polícia Militar do Estado, os bandidos portavam fuzis .556 e .762 e atiraram muitas vezes nas ruas da cidade. Os disparos atingiram vidraças de casas e apartamentos.

Houve reféns, mas a polícia não soube precisar quantos. Em vídeos compartilhados nas redes sociais, funcionários da prefeitura que estavam pintando faixas de trânsito na madrugada foram obrigados a sentar no meio da rua, formando uma espécie de “escudo humano” contra a ação policial.

A ação do grupo aconteceu principalmente no centro da cidade, onde os bancos são próximos uns dos outros. A polícia suspeita que eles tenham invadido agências da Caixa Econômica Federal, do Itaú, do Banco do Brasil e do Banrisul.

Leia Também:  Agência Nacional de Energia Elétrica decidiu nesta segunda(30) que haverá cobrança extra nas contas de luz à partir desta terça(1º) em todo o País

Os bandidos queimaram um veículo no túnel que liga Criciúma a Tubarão, bloqueando o contato terrestre com a capital Florianópolis e dificultando a chegada de reforço policial. Um caminhão foi incendiado na entrada de um quartel da Polícia Militar.

A cidade pediu reforço aos batalhões de Operações Especiais (BOPE), de Choque e Aéreo. Por enquanto, há dois feridos. Um deles é policial e está estável. O outro é um vigilante e não há informações sobre seu estado de saúde.

O prefeito Clésio Salvaro (PSDB) postou um vídeo no Facebook afirmando que estava acompanhando o assalto “com muita preocupação” e que a cidade chegou a ficar sitiada. “É um assalto de grandes proporções com bandidos muito bem preparados”, falou. Ele pediu que a população não saia de casa. “Vamos deixar a polícia fazer o papel da polícia”, disse.

Apesar dos apelos para que ninguém saia na rua, vídeos compartilhados nas redes sociais mostram moradores recolhendo o dinheiro que os bandidos deixaram para trás.

Antes de deixar a cidade, os bandidos colocaram explosivos em uma praça. A ação começou por volta da meia-noite e encerrou perto das 3h. Segundo as autoridades, o grupo saiu de Criciúma em um comboio de carros de alto padrão que seguiu para o sul.

Leia Também:  Missas de domingo (29) em Cuiabá homenagearam Dom Bonifácio que faleceu no sábado e será sepultado hoje na cripta da Catedral

 

 

Otavio Ventureli(da redação com terra)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA