Momento Destaque

Polícia investiga morte de homem de 48 anos anos encontrado morto nu na cama em sua residência com duas facadas no pescoço

Publicados

em

O comerciante Alfredo Dias de Castro Neto, 48, foi encontrado morto em sua casa, na tarde desta quarta-feira (2), no Jardim Amazônia, em Sorriso MT com duas facadas no pescoço.

O homem estava nu, na cama, enrolado em um lençol. Polícia investiga um possível latrocínio, já que alguns pertences da vítima não foram encontrados.

De acordo com as informações da Polícia Militar, o corpo foi encontrado às 17h30, por uma testemunha que sentiu falta de Alfredo durante todo o dia. A vítima vendia açaí em um anexo da sua casa, mas o comércio não abriu as portas na quarta e nem mesmo respondia as mensagens no celular.

A testemunha contou ainda que havia conversado com ele, pela última vez, na noite de terça-feira (1). Depois disso, não teve mais nenhum retorno de Alfredo. Por isso, foi até a sua casa e já encontrou marcas de sangue no local, acionando a Polícia.

Dentro do quarto, o corpo de Alfredo estava nu na cama com várias marcas de sangue ao ser redor. O corpo estava coberto com um lençol, e a princípio, a polícia não mexeu na cena do crime, preservando até a chegada da Perícia Oficial e Polícia Civil.

Leia Também:  Multidão acompanha o Presidente Jair Bolsonaro em sua visita a Sinop MT e Sorriso MT nesta sexta-feira(18) para visitar a INPASA e lançar safra

Peritos informaram que ele estava com dois cortes profundos em cada lado do pescoço. Também ressaltaram que não havia sinais de arrombamento na casa, muito menos de luta corporal, já que o local estava organizado.

Polícia Civil registrou o homicídio e vai investigar o crime. Ao que tudo indica o caso por ser um latrocínio, já que alguns pertences da vítima não foram encontrados.

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

Momento Destaque

Tora de madeira despenca de caminhão atinge empresário que é socorrido em estado grave com esmagamento na região do abdômem

Publicados

em

O Empresário madeireiro Gildo Zan está em estado grave em um hospital particular de Juína,  no Mato Grosso, após grave acidente de trabalho na empresa dele, na manhã desta sexta (18).

Uma tora de madeira caiu em cima dele no pátio da madeireira, localizada no setor Industrial da cidade

Segundo o Corpo de Bombeiros, o homem estava desamarrando os cabos de aço de um caminhão carregado de toras de madeira quando uma delas, que estava na parte de cima da carga, despencou.

Ao verem o acidente, os trabalhadores imediatamente acionaram o Corpo de Bombeiros, que com vários equipamentos chegaram para cortar a tora.

O Samu também foi acionado e deslocou duas ambulâncias, sendo uma delas a de suporte avançado, devido à gravidade do acidente. Segundo informações preliminares, a tora atingiu a região da cintura do empresário, comprometendo alguns órgãos. É provável que ele tenha sofrido outras fraturas pelo corpo. Na hora do atendimento, o homem estava consciente, mas um pouco debilitado.

O empresário foi encaminhado às pressas para a UPA em estado grave, mas foi transferido para um hospital particular da cidade, em estado grave.

Leia Também:  11 pessoas são denunciadas pelo MPE MT por formação de organização criminosa com objetivo de roubar recursos públicos da AL MT

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA