Momento Destaque

Polícia investiga tortura de jovens praticada por quatro elementos possivelmente ligados a alguma facção criminosa no interior do Estado

Publicados

em

Um menor de 17 e um jovem de 19 anos foram sequestrados e torturados na madrugada de domingo (7), em Nova Olímpia, muncipio distante 35 quilômetros de Tangará da Serra MT, próximo a Serra Tapirapuã.

Horas depois, o corpo de Kawan Bruno Oliveira Silva, foi encontrado com marcas de tiros no Campo do Epitácio. Já a outra vítima conseguiu fugir e um dos suspeitos acabou sendo preso.

A Polícia militar foi acionada na madrugada, por volta das 4h, quando o corpo de Kawan foi encontrado abandonado no campo.  Enquanto o local era isolado, eles foram informados que um rapaz deu entrada no hospital da cidade, vítima do mesmo caso.

Aos policiais, ele contou que o amigo recebeu uma ligação de uma pessoa com nome de ‘sogrinha’, o convidando para consumir droga. Os dois foram até o local combinado e quando chegaram, encontraram uma motocicleta e um veículo os esperando.

Ao todo, 4 pessoas estavam no local. Eles foram rendidos, colocados no porta malas do veículo e levados para um barracão abandonado. Lá, foram amarrados, torturados e agredidos com pedaços de madeira, fios e cordas.

Leia Também:  Dois homens presos na ultima sexta(09) por tráfico de drogas são encontrados mortos boiando em aguas de rio de Mato Grosso

Já na madrugada, foram levados para o campo. No local, ficaram de joelhos e um dos suspeitos efetuou vários disparos contra Kawan. Já o amigo aproveitou da distração dos criminosos e conseguiu fugir, pedindo ajuda logo em seguida.

Um dos suspeitos já foi identificado e acabou sendo preso. Os comparsas já estão sendo procurados. A moto da vítima foi levada. Polícia Civil investiga o caso.

 

Otavio Ventureli(da redação com PC)

Momento Destaque

Criminosos flagrados com drones sobrevoando presídio são presos e confessam que objetivo seria distribuir celulares à facções

Publicados

em

Dois homens foram presos por policiais do 5º BPM de Rondonópolis, no Mato Grosso,  na madrugada desta terça-feira (13), por organização criminosa. Um terceiro suspeito foi identificado.

A informação descrevia que um drone sobrevoava a unidade prisional Major Eldo de Sá Correa – Mata Grande. Em diligência pela região, foi percebido um Peugeot preto estacionado em um local isolado. Os dois homens que estavam no veículo foram rendidos.

Depois de um tempo, ambos confessaram que davam cobertura a outro homem que pilotava o drone. O objetivo seria jogar celulares e drogas no pátio da penitenciária.

Com a identificação do suspeito, os policiais foram até a sua casa. No imóvel, foram encontrados um carregador de drone, com imagens aéreas da unidade prisional, além de documentos pessoais do denunciado que é monitorado por tornozeleira eletrônica, mas que estava desligada.

Os suspeitos detidos contaram que devem R$ 1,5 mil para uma organização criminosa e para pagar a dívida auxiliaram o homem na ação.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Leia Também:  Unimed Norte de Mato Grosso doa à Seretaria de Saúde de Sinop MT 400 frascos de medicamentos para sedação de pacientes em estado grave
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA