Momento Destaque

Politec realiza mutirão para emissão de 500 RGs em Juína; o objetivo é zerar a fila de espera e reduzir o prazo de entrega do documento de identidade no município

Publicados

em

A Diretoria Metropolitana de Identificação Técnica (DMIT) da Politec irá realizar, entre os dias 24 e 29 de agosto, a “Semana da IndetificAÇÃO” em Juína (734 km de Cuiabá). O objetivo é zerar a fila de espera e reduzir o prazo de entrega do documento de identidade no município, de 75 para 30 dias.

A Semana da IndetificAÇÃO será realizada em parceria com a Prefeitura Municipal de Juína. Ao todo, o mutirão contará com o trabalho de 12 servidores, sendo 10 da DMIT, de Cuiabá, e dois da Prefeitura.

Para solicitar a emissão do RG será necessário agendamento prévio, que poderá ser realizado, de maneira presencial, a partir da próxima segunda-feira (02.08), na Gerência de Medicina Legal do município. Já os atendimentos serão realizados na Casa da Cultura, a partir do próximo dia 24 de agosto, nos seguintes horários: 24/08 (Terça-feira) – 14h às 18h; 24, 25, 26 e 27/08 (Quarta-feira a Sábado) – das 8h às 12h e das 14h às 18h; 29/08 (Domingo) – 8h às 12h.

Leia Também:  Procon Cuiabá identifica irregularidades na prestação de serviço ao consumidor em sete supermercados

A média atual é de 60 atendimentos por semana, no entanto, durante os seis dias da ação, a expectativa é atender 500 pessoas. Para isso, no local serão instaladas cinco estações de trabalho e dois kits de captura biométrica, que possibilitarão reduzir os prazos de tramitação dos processos de 15 dias para 24 horas.

Atualmente os atendimentos são realizados mediante agendamento, que ocorre mensalmente, de forma presencial. Entretanto, devido à grande procura, as vagas esgotam em cerca de três dias e voltam a reabrir somente no mês seguinte.

“Por meio deste mutirão, nós esperamos atender as pessoas que não conseguiram vagas para fazerem o documento, de forma que, após fim do mutirão consigamos realizar a emissão do RG sem a necessidade de agendamento prévio’’, destaca a papiloscopista Márcia Cristina Claudiano.

Pontes e Lacerda

Também visando zerar a fila de espera e reduzir o prazo de entrega do documento de identidade, um próximo mutirão para emissão de RGs está previsto para ser realizado no município de Pontes e Lacerda (444 km de Cuiabá). A data da ação não foi definida até o momento, mas a previsão é que ocorra já no mês de setembro.

Leia Também:  Secretaria de Saúde de Cuiabá acompanha retomada das aulas e disponibiliza nota técnica com recomendações

Serviço

Para realizar o agendamento do atendimento será necessário se dirigir à Gerência Regional de Medicina Legal, localizada na Avenida Jaime Proni, s/n, Juína -MT, portando CPF e Certidão de Nascimento ou Casamento original ou cópia autenticada.

Os atendimentos começarão a ser realizados no dia 24 de agosto, na Casa da Cultura, localizada na Avenida dos Jambos – Módulo 03, Juína – MT. Para a solicitação do RG é necessária a apresentação da certidão de nascimento ou casamento original.

Acesse o site da instituição e verifique a lista dos documentos opcionais.

A taxa para emissão da 2ª via do RG é de R$ 70,09 no caso da cédula, e de R$ 99,53 para a versão em cartão.

*Com supervisão de Tita Mara Teixeira 

Fonte: GOV MT

Momento Destaque

Secretaria de Estado de Educação e Sintep debatem retorno das aulas, contratações e processo de atribuição

Publicados

em

A volta às aulas na modalidade híbrida foi tema de reunião entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) e representantes do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT). O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, apresentou as medidas adotadas e os investimentos feitos pelo Governo do Estado para garantir o retorno seguro para profissionais e estudantes.

Foram abordados temas como o funcionamento das escolas, medidas de biossegurança, plano de contingência, além dos processos seletivo e de atribuição dos professores para o próximo ano, chamamento do cadastro de reserva do concurso de 2017 e ações para melhorar a educação e garantir a recuperação da aprendizagem dos estudantes. O Sintep apresentou sugestões que serão avaliadas pela Seduc.

Essa é a primeira de uma série de reuniões que serão realizadas entre a Seduc e o Sintep. Foi definido que as reuniões serão por temas. O secretário Alan Porto reforçou que a Seduc está aberta ao diálogo e que o objetivo da reunião foi sanar todas as dúvidas sobre o retorno das aulas.

Processos seletivo e de atribuição

A secretária-adjunta de Gestão de Pessoas, Flávia Emanuelle de Souza Soares tirou dúvidas sobre os processos seletivo e de atribuição para o próximo ano. Destacou que após uma consulta à rede, foi identificado que o processo seletivo é uma reivindicação da maioria. A Seduc já está trabalhando no edital.

Leia Também:  PM impede furto a agência bancária e prende suspeito em flagrante na Capital

Quanto ao processo de atribuição, a portaria será publicada nos próximos dias. Entre as mudanças, está a antecipação do início da atribuição para o mês de outubro de forma que até o final do ano, antes do recesso escolar, os profissionais já estejam atribuídos e saibam onde vão atuar no próximo ano.

Além disso, a atribuição passará a ser totalmente online e deixará de contar com os certificados para somar pontos. A decisão é para evitar fraudes com a apresentação de certificados falsos. “São soluções de gestão para incluir qualidade na educação”, enfatiza a secretária.

Concurso público

Foi reafirmado ao Sintep que o chamamento de 141 professores de área do Concurso de 2017, por polo, já está adiantado, aguardando apenas autorização da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplag). São profissionais do cadastro de reserva, uma vez que todos os aprovados já foram chamados.

Biossegurança

O secretário Alan Porto esclareceu todas as medidas de biossegurança adotadas para o retorno seguro, com ampliação de recursos para as escolas, além da criação do plano de contingência, junto com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), para casos de suspeita ou confirmação de Covid-19 nas unidades.

Leia Também:  Esportistas de Mato Grosso disputam Superliga da Europa de Goalball

Enfatizou que os casos suspeitos e confirmados são acompanhados diariamente pela Seduc, por meio do sistema Indica-SUS.

Secretária adjunta de Gestão de Pessoas reforçou que o Programa de Educação para Redução do Absenteísmo (ERA) também está focado no pós-covid, acompanhando os profissionais com atendimento psicológico, de educador físico e outros atendimentos necessários.

Investimentos

Alan Porto fez, ainda, uma explanação dos recursos que estão sendo investidos em infraestrutura física e tecnológica, e na área pedagógica. São R$ 936 milhões do Programa Mais MT.

O secretário reforçou que todas as obras paralisadas da educação, em gestões anteriores, estão sendo retomadas pelo atual governo e serão concluídas.

Até o final de 2022, serão 35 novas escolas, 40 unidades reformadas e ou ampliadas, mais de 300 unidades climatizadas, mais de 30 novas quadras poliesportivas, manutenção em mais de 380 escolas.

Fonte: GOV MT

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA