Momento Destaque

Por 5 votos a 2 Tribunal Regional Eleitoral nega nesta terça(1ª) pedido de cassação de mandato do Deputado Federal Neri Geller

Publicados

em

Por 5 votos a 2 o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou o pedido de cassação do deputado federal Neri Geller (PP) por caixa 2 e abuso de poder econômico na eleição de 2018.

Na sessão desta terça-feira (1º), o juiz eleitoral Gilberto Bussiki iniciou o seu voto vista concordo com a divergência, alegando que os argumentos do Ministério Público Eleitoral, seriam “fato novo”.

Ou seja, não constavam no pedido inicial os argumentos de que as doações feitas por Geller na campanha de 2018 a outros candidatos a deputado estadual e que teria ultrapassado o limite de gastos, só ocorreram após a quebra de sigilo bancário.

“A decisão cassatória exacerbou os limites delimitados na causa do pedido, em clara ofensa ao pedido da congruência da adistrição, pelo qual, a formação da convicção judicial também em sede eleitoral, elabora-se livremente mediante a apreciação do acervo probatório trazido aos autos, mas no limites da moldura fixada no pedido posto na inicial da demanda”, diz trecho do voto.

O presidente da Corte Eleitoral, desembargador Gilberto Gildarelli, seguiu a divergência e afirmou que a Justiça Eleitoral não poderia avançar mais do que foi pedido na inicial. O voto divergente já havia iniciado na sessão passada, com o juiz membro do TRE, Sebastião Monteiro, sendo seguido pelos juízes Bruno D’Oliveira, Jackson Coutinho.

Leia Também:  Com méritos Atlético GO vence o Fluminense na noite desta quinta-feira em Goiania e se classifica para a próxima fase da Copa do Brasil

Apenas o relator, desembargador Sebastião Barbosa e o juiz Fábio Henrique, votaram pela cassação a pedido do Ministério Público Eleitoral.

Geller era acusado de ter realizado doações na campanha de 2018, que totalizaram  R$ 1,327 milhão em  favor de 11  candidatos que concorreram ao cargo de deputado estadual. Tais doações, somadas aos próprios gastos de sua campanha, que foram declarados ao valor de R$ 2,4 milhões, ultrapassariam o limite dos gastos de campanha estipulado em R$ 2,5 milhões.

A doação de R$ 1,3 milhão teria extrapolado o valor permitido para doação, que é 10% de seus rendimentos brutos.   As doações de Geller contribuíram para eleger os deputados Faissal Calil (PV), Nininho (PSD), Wilson Santos (PSDB) e Elizeu Nascimento (DC).

 

Otavio Ventureli(com ascom)

Propaganda

Momento Destaque

Ceará empata em 2 x 2 com o Goiás na noite deste domingo no Castelão em Fortaleza pela 12ª rodada do Brasileirão

Publicados

em

O Ceará empatou com o Goiás em 2 a 2, na noite deste domingo (27), no Castelão, pela 12ª rodada da Série A do Brasileiro.

O time de Guto Ferreira sofreu o gol logo no primeiro minuto de jogo, mas, na segunda etapa, conseguiu mudar o rumo do confronto. Charles e Vina marcaram. Mas David Duarte deixou tudo igual aos 45 minutos do segundo tempo.

Para quem gosta de emoção, o jogo começou quente. Antes mesmo de um minuto, Fernando Sobral carimbou o travessão de Tadeu. Mas, logo em seguida, Breno cabeceou para grande defesa de Fernando Prass, e Rafael Moura pegou o rebote tranquilo para abrir o placar.

O jogo seguiu movimentado. O Ceará teve boas chances com Sobis, Vina e Felipe Silva. David Duarte arriscou de longe e quase surpreendeu. Aos 43, o zagueiro Tiago marcou gol do Ceará, mas havia sido dada a saída de bola na cobrança do escanteio. Vina ainda mandou um chutaço para defesaça de Tadeu.

O Ceará fez uma mudança para o segundo tempo. Saiu Sobis para entrar Cléber. E em lance de velocidade de Charles, o jogador chutou sem ângulo, a bola tocou na trave e veio o gol do Ceará.

Leia Também:  Polícia Civil conclui inquérito do caso da menina Sara em Sorriso MT indiciando o matador pelos crimes de homicidio e ocultação de cadáver

Aos 23, Vina arriscou perto do travessão de Tadeu. Mas, aos 27, ele não errou. Invadiu a área e meteu o chute sem chance para Tadeu: 2 a 1. Prass fez duas grandes defesas. Caju perdeu gol inacreditável dentro da pequena área. David Duarte deixou tudo igual aos 45 minutos do segundo tempo.

Na tabela

Com o resultado, o Ceará tem 14 pontos, na parte de cima da tabela. O Goiás tem nove pontos, na parte inferior da tabela

Próximos jogos

Pelo Brasileirão, o Ceará encontra o Palmeiras no próximo sábado (3), fora de casa, às 19 horas. Antes enfrenta o Fortaleza na final do estadual na quarta-feira (30). O Goiás encontra o Santos às 18h15 na Serrinha, no domingo(04).

 

 

Otavio Ventureli(da redação com GE)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA