Momento Destaque

Prazo para inscrição no edital MT Preservar é prorrogado até sexta (15)

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) prorrogou o prazo para inscrição no edital MT Preservar. Os interessados têm até esta sexta-feira (15.10) para protocolar a proposta. O investimento na ordem de R$ 3 milhões irá financiar a recuperação e requalificação de bens imóveis tombados, públicos e privados. Os recursos irão atender propostas que variam de R$ 50 mil a R$ 300 mil, distribuídas em três lotes de acordo com o tipo de proponente.

O MT Preservar vai contemplar imóveis pertencentes a pessoas físicas, organizações sociais e prefeituras em Mato Grosso, que sejam tombados isoladamente ou em conjunto, em âmbito municipal, estadual e/ou federal. Dentre os itens que podem ser propostos para obter o financiamento está a recuperação de fachadas e coberturas, instalações elétricas, hidrossanitárias e de prevenção contra incêndio, obras de acessibilidade, intervenções para proteção de ruínas, projetos de arquitetura, e outros.

O formulário para apresentação da proposta e respectivas documentações, que incluem comprovante de propriedade ou de posse do imóvel, devem entregues em envelope lacrado no Protocolo da Secel, em Cuiabá. Também é possível encaminhar a documentação via Correios, desde que possua registro de entrega dentro do prazo estabelecido.

Leia Também:  Faissal é homenageado e se torna cidadão de São José do Rio Claro

Acesse o edital MT Preservar, anexos e o novo cronograma aqui.

Serviço

Inscrições MT Preservar

Prorrogado até 15 de outubro de 2021

Horário de atendimento do protocolo: 08h às 12h e 14h às 18h

Endereço: Av. José Monteiro de Figueiredo, 510 – Duque de Caxias, Cuiabá/MT – CEP 78043-352

Acesso ao edital e anexos: www.secel.mt.gov.br/editais-cultura

Fonte: GOV MT

 

Momento Destaque

Sema reforça importância de trabalho conjunto no combate a incêndios no Pantanal

Publicados

em

Após um ano de trabalho para prevenir e combater os incêndios no Pantanal, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e o Corpo de Bombeiros Militar (CBMMT) apresentaram as ações estaduais no encontro “A preservação do Pantanal é da nossa CONTA – Conjugação de esforços necessários para o seu enfrentamento”.

O evento promovido pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso nesta terça-feira (30), no Hotel Pantanal, em Poconé, reuniu autoridades, especialistas e comunidade pantaneira. Conforme a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, as ações conjuntas com o grande investimento do Estado, e ampla participação da sociedade, possibilitaram uma redução de 93% nos focos de calor no Pantanal em comparação com o ano passado e, com isso, perservar o bioma.

“É muito importante o engajamento de todos os atores que de algum modo interagem com a agenda ambiental. Meio ambiente não é só poder público, nem o privado, órgãos de controle, judiciário, e sim todos nós. Nós vivemos a agenda ambiental todos os dias, por isso encontros como este mostram a participação de cada um nos resultados positivos que tivemos em 2021”, afirma a secretária.

Leia Também:  Governo dará desconto no IPVA para participantes do Programa Nota MT

O comandante-geral do CBM, o coronel BM Alessandro Borges Ferreira, ressaltou que o trabalho é feito de forma integrada com a sociedade, pensando na preservação da natureza.

“Em 2021 conseguimos nos estruturar e organizar mais, com viaturas, com a união de todos os atores, um apoio muito grande das instituições e dos pantaneiros. Não atuamos só no Pantanal, também na Amazônia e no Cerrado. Abrimos uma unidade em Poconé e uma em Santo Antônio, justamente para estar mais próximos do problema e poder monitorar de perto por 24 horas”, avalia.

Para o presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso, o conselheiro Guilherme Antonio Maluf, o trabalho do Comitê Interno de Gestão Ambiental (CIGA) é uma iniciativa para inserir o TCE nas discussões sobre o meio ambiente. A partir do ano que vem, haverá uma relatoria específica do meio ambiente no órgão fiscalizador.

“Ou Mato Grosso cuida do seu meio ambiente, ou todas as outras atividades sofrerão com a desvalorização. Precisamos fazer nosso pantanal dar novos passos, tornando-se mais produtivo, com atrações turísticas e outras ações que possam trazer investimentos e empregos, mas de forma sustentável, sem trazer danos ao meio ambiente”.

Leia Também:  Emanuel exige serviço de qualidade e proíbe Águas Cuiabá de iniciar novas obras em vias já pavimentadas

A preservação do Pantanal é da nossa CONTA

O objetivo do encontro foi mobilizar diferentes instituições e firmar um compromisso mútuo na preservação do Pantanal frente às propostas apresentadas no Estatuto do Pantanal, desenvolver uma atuação colaborativa, colocando o TCE-MT à disposição dos demais Poderes e órgãos envolvidos e principalmente buscando o alinhamento de soluções conjuntas e harmônicas.

Fonte: GOV MT

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA