Momento Destaque

Presidente do MTPrev ministra palestra sobre previdência estadual para servidores da ALMT

Publicados

em

 

O diretor-presidente do Mato Grosso Previdência, Elliton Oliveira de Souza, ministrou, nesta sexta-feira (15), uma palestra sobre a previdência estadual para servidores ativos e aposentados do poder legislativo. O evento foi promovido pelo Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (Sindal).

Durante a apresentação, os participantes conheceram a evolução da previdência estadual e os serviços oferecidos pela autarquia.  Na oportunidade, a servidora aposentada Maria da Glória Garcia Silveira, elogiou o atendimento do MT Prev.

“Eu faço parte do sindicato e ajudo várias pessoas que precisam aposentar. Gosto muito de ajudar. Agora estou ajudando o meu marido, que já foi servidor público. Fui ao MT Prev pedir informações e fui muito bem atendida. Espero que vocês continuem assim”, destacou a aposentada.

Segundo o presidente da autarquia, iniciativas como essas são importantes para que o servidor conheça melhor a entidade. “As regras da previdência são difíceis e cada caso precisa ser analisado individualmente. Depende do histórico funcional de cada um. Mas é importante que os servidores de todos os poderes e órgãos estaduais saibam que o MT Prev é deles, e que estamos prontos para ajudar sempre que necessário”, destaca Elliton.

Leia Também:  Documentário sobre obra de Vitória Basaia segue em cartaz até 11 de dezembro em Cuiabá; entrada livre

O legislativo, assim como todos os poderes e órgãos autônomos, está em processo de unificação com o MT Prev.  De acordo com a legislação, as regras de aposentadoria de pensão por morte precisam ser as mesmas para todos os servidores públicos estaduais e deve existir somente uma entidade para gerir os benefícios.

Fonte: GOV MT

Momento Destaque

Pesquisa da CDL aponta que consumidor tem usado nome de terceiros para fazer compras em Sinop

Publicados

em

Muitas pessoas recorrem a amigos e familiares para realizar compras a prazo quando estão com problemas de crédito.
O empréstimo de nome é uma atitude solidária, mas que pode acarretar prejuízos e constrangimentos.
De acordo com estudo, a prática é utilizada, principalmente, por quem está com dificuldades de acesso ao crédito ou enfrenta imprevisto e não conta com uma reserva de emergência.
A Pesquisa realizada pelo Centro de Informações Socioeconômicas da Unemat em parceria com a CDL buscou levantar os dados em Sinop.
A apuração contou com uma amostra de 200 entrevistados, um nível de significância estatística de 95,0% e um erro amostral de 5.0%.
Foi perguntado aos consumidores se haviam realizado alguma compra nos últimos 12 meses utilizando nome de terceiros.
Aproximadamente 19% dos consumidores afirmaram que fizeram compras utilizando outro nome durante este período. Outro questionamento é se eles emprestam ou emprestariam o “nome’ para compras por terceiro. Cerca de 15% dos entrevistados afirmou que sim, outros 81% dos consumidores disseram que a modalidade emprestada é o cartão de crédito.
O nome negativado é a causa da maioria, 16% dos entrevistados disse que este é o pedido para empréstimo do cartão.
Este cenário apresentado demostra que se tornou um meio comum. As pessoas precisam comprar, consumir e muitas vezes não tem o dinheiro, recorrendo ao empréstimo do nome para efetuar uma compra.
“Tem que ter o cuidado para quem emprestou, também não fique inadimplente, que ai acaba prejudicando ambos”, comentou o economista Feliciano Azuaga.

Leia Também:  Curta-metragem "Olhos da Alma" estreia no Cine Floresta nesta quarta-feira (1º)

(Infográfico)

Por Julio Tabile/Comunicação CDL

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA