Momento Destaque

Reportagem da Revista Veja desta semana revela que 4 produtores de Mato Grosso estao na lista dos que mais desmataram a Amazônia

Publicados

em

Em reportagem exclusiva, a revista Veja desta semana revela que 4 produtores de Mato Grosso estão na lista dos 10 fazendeiros que mais desmataram a Amazônia nos últimos meses.

O primeiro da lista, segundo a reportagem, é Édio Nogueira, proprietário da Fazenda Cristo Rei localizada no município de Paranatinga, no Estado

Ele já foi multado em R$ 50 milhões por ter desmatado 24 mil hectares. Ao todo, Nogueira já teria desmatado 23.981 mil hectares.   Em 2º lugar aparece outro fazendeiro de Paranatinga. Trata-se de Ilto José Mainardi, que foi autuado em 2019 por ter desmatado 4.4 mil hectares. A multa que Mainardi teria que pagar é de R$ 33.3 milhões.

A lista ainda conta com Silvio Som Cruz e Silva, que aparece em 4º lugar. Suas propriedades ficam em Feliz Natal (536 KM ao Norte da Capital). Segundo a reportagem, ele desmatou 2.334 hectares.

Sua multa é de R$ 17.5 milhões.  Já em 5º lugar aparece o fazendeiro Cleudes Santos de Oliveira, que também é residente de Paranatinga. Ele tem uma multa de R$ 14 milhões por ter desmatado 1.875 hectares.

Leia Também:  Secretário Estadual de Saúde testa novamente positivo para o Covid 19 e segue internado na UTI do Hospital Albert Einstein em São Paulo

 

Otavio Ventureli(com Veja)

Momento Destaque

Empresário cuiabano infectado com Covid 19 que estava internado no Hospital Santa Rosa morre minutos antes de chegar em SP em UTI aérea

Publicados

em

O empresário Ricardo Amaral, 48, morreu na manhã desta quinta-feira (3), enquanto era transferido de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea de Cuiabá para São Paulo.

O homem estava com covid-19 e seguia para hospital particular na capital paulista.

Ricardo Amaral,  tinha empresas no setor imobiliário, em Cuiabá. Ele era casado e deixa duas filhas. Nas redes sociais, amigos deixaram mensagens de despedida ao empresário, vítima do novo coronavírus.

Triste! Deus o receba de braços abertos”, escreveu um dos amigos, em rede social.

Informações preliminares são de que o empresário estava internado há 10 dias no Hospital Santa Rosa. No domingo (29), o quadro de saúde se agravou e a família esperava vaga no hospital paulista.

O leito foi conseguido nesta quinta(03) e ele seguia de avião para a cidade. No meio do trajeto, o empresário sofreu infarto e não resistiu.

O avião retornou para Cuiabá e o enterro ocorre ainda nesta quinta, mas sem permisão para aglomeração por causa das medidas restritivas para evitar a transmissão do novo coronavírus.

Leia Também:  Polícia começa nesta terça a investigar morte de homem encontrado nu e sem vida sem sinais de violência mas com muito sangue na casa

 

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA