Momento Destaque

Roubalheira: Prefeito é denunciado pelo próprio irmão por desvio de dinheiro público com ajuda da própria “sogrona” secretária de gestão

Publicados

em

João Bosco Carvalho(na foto a esquerda), irmão do prefeito de Santo Antônio do Leverger,  em Mato Grosso, Valdir Pereira Filho (o Valdirzinho) foi quem denunciou o chefe do Executivo municipal ao Ministério Público.

A denúncia era de que o prefeito realizava desvio de recursos públicos com ajuda de sua própria sogra, a comerciante Luciane Ferreira de Araújo, secretária de Gestão do Município.

A sogra teria pago R$ 20 mil oriundos de propina da Prefeitura a João Bosco, a mando do prefeito Valdirzinho. Em 2019, João já havia denunciado esquemas de seu irmão pelo Facebook.

Informações divulgadas pela imprensa à época davam conta de que os irmãos chegaram a brigar e chegar às vias de fato antes de João Bosco fazer a denúncia no Facebook.

Nesta sexta-feira (25), o Gaeco cumpriu mandato de busca e apreensão tanto na Prefeitura de Leverger quanto nas Secretarias de Gestão, Fazenda e Educação do município. A busca é realizada pelo Núcleo de Ações Competência Originária (NACO) do Ministério Público Estadual, sob o comando do promotor Domingos Sávio, do Gaeco.

Leia Também:  Conselho de Ética do Senado propõe que Senador "Cuecão" deveria se licenciar do mandato para tentar esclarecer real na cueca

Não houve busca e apreensão na casa de ninguém. o prefeito está na zona rural, e ainda não se pronunciou. Ainda está sendo avaliada a possibilidade de exoneração da sogra do prefeito, a secretária Luciane Ferreira de Araújo.

O prefeito da cidade, Vadirzinho, está com os direitos políticos cassados. Ele teve as contas de 2018  reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), e se tornou inelegível pelos próximos oito anos. No entanto, não foi cassado porque tem maioria na Câmara de Vereadores.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com oD)

Momento Destaque

Criança de 14 anos pega carro escondido dos Pais em Pontes e Lacerda MT provoca acidente grave em rodovia e morre no local da tragédia

Publicados

em

Um adolescente, de apenas 14 anos, morreu na noite desta quarta (21), após colidir o carro que dirigia, em uma carreta na BR-174(foto), na região de Pontes e Lacerda, em Mato Grosso.

O garoto  pegou o carro escondido dos pais e estava a caminho do municipio de Vila Bela da Santíssima Trindade MT.

Ele dirigia um uno prata quando bateu de frente com uma carreta na rodovia, a cerca de 1 km da ponte do Rio Guaporé, divisa entre as cidades.

Os pais disseram à Polícia Rodoviária Federal que o jovem pegou o carro sem permissão pois era menor de idade e não tinha carteira de habilitação. A vítima estava sozinha no carro e, devido a gravidade dos ferimentos, morreu no local.

O corpo do menor foi  velado com caixão fechado. Os peritos foram acionados e a Polícia Civil vai  investigar o acidente.

Outro acidente 

Um caminhoneiro, de 38 anos,  morreu após bater o caminhão de frente com uma carreta, no Km 535, da BR-163, em Diamantino MT.  Segundo a concessionária Rota do Oeste, a  vítima ficou presa às ferragens, foi socorrida em estado grave, mas morreu a caminho do hospital, na madugada desta quinta (22).

Leia Também:  Confronto entre policiais da Força Tática deixa bandido morto e prende cinco nesta terça-feira(20) em cidade do interior de MT

O motorista da carreta não teve ferimentos e assinou o termo de recusa de atendimento médico.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com rdnews.)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA