Momento Destaque

Servidores do IFMT de Campos Novo do Parecis MT supostamente envolvidos em roubalheira e candidata a vereadora são afastados

Publicados

em

Os servidores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) em Campo Novo dos Parecis MT, supostamente envolvidos em roubalheira que ainda está sendo  investigada pela Polícia Federal a partir da operação Circumitus, por desvios de recursos públicos, foram afastados das ativadades.

A instituição informou o afastamento nesta segunda-feira (26). Após a medida, um procedimento administrativo foi aberto para apurar o caso.

Conforme a Polícia Federal se trata de um esquema criminoso de fraudes e desvio de recursos públicos no instituto nas áreas da educação e infraestrutura. O valor desviado seria de aproximadamente R$ 4,8 milhões.

Além dos servidores, a candidata a vereadora pelo Municipio, Samila Dalva de Jesus Silva(em destaque na foto), também está sendo investigada. A Controladoria Geral havia identificado pagamentos de notas fiscais de um possível fornecimento de gêneros alimentícios no mês de janeiro deste ano para alimentação escolar, sendo que neste período os alunos estavam em período de férias escolares.

Foi constatado ainda que outros produtos também não foram entregues pelas empresas contratadas, porém foram pagos integralmente, causando um prejuízo de R$ 127 mil.

Leia Também:  Explosões de dois caminhões na BR 364 deixa saldo de um motorista morto e interdita trecho por várias horas na Serra de São Vicente

O contrato de manutenção preventiva da infraestrutura do campus também foi vistoriado e apresentou indícios de irregularidades. Os servidores públicos estariam exercendo pressão sobre responsáveis pela fiscalização de contratos para liquidação e pagamento de notas fiscais, muitas vezes sem que se verificassem a execução completa do respectivo serviço ou fornecimento de material.

A instituição reforçou ainda o combate à corrupção e que está cooperando com as investigações. As denúncias também estão sendo apuradas pela Corregedoria do IFMT. Convém salientar que  corrupção e roubalheira de dinheiro público se combate com cadeia. Colocar por longos anos na “cheirosa” os responsáveis por tanta ladroagem no País. Ninguém aguenta mais tanto cinismo.

“O IFMT e a equipe do Campus Campo Novo do Parecis estiveram e estão à disposição das autoridades para colaborar com as investigações, e reafirmam o  seu compromisso com o combate à corrupção e respeito à transparência, à legalidade e à lisura nas suas contratações, que estão disponíveis para consulta da comunidade”, diz trecho da nota da instituição.

Leia Também:  Terrorismo: Polícia encontra 10 carros usados pelo terror no ataque a agência do BB em Criciúma; ação de violência traumatizou a Polícia

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Momento Destaque

Secretário de Governo é preso em flagrante e encaminhado ao Cadeião acusado de desviar materiais de recuperação de rodovia para fazenda

Publicados

em

O secretário de Governo de Sinop, municipio de Mato Grosso,  Jaime Dallastra, foi preso no fim da tarde desta terça-feira (1º), acusado de desviar materiais de recuperação de rodovia da Concessionária Rota do Oeste, que estariam sendo levados para a fazenda que pertence a sua irmã, a prefeita Rosana Martinelli.

O delegado Pablo Carneiro confirmou a prisão.  “Estamos terminando o flagrante neste momento e após isto ele será encaminhado para o presídio”, explicou a autoridade policial.

Segundo consta, a Concessionária Rota do Oeste acionou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) após constatar que seus materiais estavam sendo retirados da rodovia e encaminhados, por caminhões do município, para a fazenda da prefeita Rosana Martinelli.

Conforme a Polícia Civil, foi apresentado um ofício subscrito pelo secretário que  solicitava doação desse material para ser empregado na pavimentação das vias do município. Porém, posteriormente, constatou-se que eles estavam sendo levados para a fazenda da prefeita.

O pedido seria para utilizar os materiais em estradas vicinais do município, o que não estaria acontecendo. Os funcionários da prefeitura já foram ouvidos pelo delegado.

Leia Também:  Internado em UTI em Cuiabá com agravamento da "doença de crohn" família decide transferir Secretário Estadual de Saúde para São Paulo

O secretário recebeu voz de prisão em flagrante após se apresentar na delegacia. Ele será encaminhado para o presídio da cidade.

Rota do Oeste

Em nota, a concessionária confirmou que identificou que o material  fresado (resíduos de asfalto) armazenado às margens da BR-163 estava sendo retirado sem autorização, seguindo o procedimento padrão para situações desta natureza.

A Concessionária esclarece ainda que a Prefeitura de Sinop protocolou um pedido para uso do material em locais públicos em outubro deste ano. Porém, não houve continuidade no processo administrativo porque a Gestão Pública deixou de encaminhar as informações solicitadas pela Rota do Oeste para formalizar o termo de doação.

“Por fim, é importante pontuar que a empresa utiliza parte do fresado na composição da massa asfáltica para recuperação do pavimento, a exemplo do que tem sido feito na BR-364 em Jangada e Rosário Oeste, e o restante é doado para entidades públicas que se comprometem em utilizar o material em locais públicos e em beneficio da sociedade”, finaliza a nota.

 

Leia Também:  Tarado: Homem de 46 anos anos tenta estuprar menina de 11 anos dormindo criança acorda dar o alarme criminoso foge e é preso

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA