Momento Destaque

Ultrapassagem indevida provoca acidente gravíssimo envolvendo dois carros um dos quais se partiu ao meio matando três pessoas

Publicados

em

Três pessoas morreram, neste domingo (22), após um grave acidente envolvendo dois carros de passeio e uma carreta, na BR-452, em Rio Verde, na região sudoeste de Goiás.

Testemunhas disseram ao Corpo de Bombeiros que as colisões aconteceram após uma tentativa de ultrapassagem.

Com a batida, um dos carros se partiu ao meio(foto). Outras duas pessoas foram socorridas e levadas ao hospital.

O acidente aconteceu na manhã deste domingo(22).  De acordo com o sargento Jean Carlos Pereira Carrijo, do Corpo de Bombeiros, o condutor da carreta, que não ficou ferido, relatou que o acidente aconteceu depois que um motorista de um Prisma tentou ultrapassar um Ônix, que seguia no mesmo sentido da rodovia.

Durante a tentativa de ultrapassagem, o motorista do Prisma percebeu que não daria tempo, pois estava se aproximando de uma carreta, que transitava no sentido contrário, e jogou o carro para cima do Ônix. Os dois veículos perderam o controle, e colidiram com uma segunda carreta que seguia atrás da primeira. Com o impacto da batida, o Ônix foi partido ao meio.

Leia Também:  Caminhoneiros anunciam greve geral da categoria em fevereiro no País caso Governo não abra canal de negociação para reivindicações

“Quando ele foi ultrapassar, a carreta não abriu para o que estava vindo na contramão, com isso, o carro jogou para cima do outro carro. Os dois veículos perderam o controle, rodaram na pista, e bateram em uma carreta que vinha atrás dessa primeira carreta, onde aconteceu a colisão entre dois veículos e uma carreta”, explicou o sargento.

No Prisma, havia apenas o motorista, de 68 anos, que foi a óbito no local. Já no Ônix, haviam quatro pessoas, sendo que dois homens, de 29 e 34 anos, que estavam no banco de trás, morreram na hora. O motorista e o passageiro ficaram feridos e foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rio Verde. Segundo a unidade, os pacientes estão em estado de saúde “estável”.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local, e fez o teste do bafômetro no motorista da carreta, que deu negativo. Segundo a PRF, o trecho da rodovia onde aconteceu o acidente é de pista simples, mas são permitidas ultrapassagens. Uma perícia deve apontar as causas do acidente, mas a PRF acredita em imprudência por parte de um dos motoristas dos veículos de passeio.

Leia Também:  Boletim desta sexta(15) da SES revela que Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis são as cidades de Mato Grosso com mais registros de Covid 19

Otavio Ventureli(da redação com G 1)

Momento Destaque

Dois acidentes envolvendo carretas foram registrados em BRs de Mato Grosso deixando os dois motoristas feridos gravemente

Publicados

em

Dois acidentes envolvendo duas carretas foram registrados nesta sexta (15) em rodovias de Mato Grosso. O primeiro caso ocorreu na MT-485, região do município de Lucas do Rio Verde.

O segundo aconteceu na BR-364 em Rondonópolis. Conforme informações do Corpo de Bombeiros, os dois veículos tombaram nas vias, deixando motoristas feridos e um preso às ferragens.

Segundo o CBM, por volta de 08h30 da manhã desta sexta, uma equipe foi acionada para atender o primeiro registro em Lucas do Rio Verde. Ao chegar no local, os bombeiros se depararam com uma carreta tombada, porém o condutor recusou o atendimento. Ele apresentava leves escoriações e informou que o volante da carreta travou, ocasionado o acidente.

O outro caso ocorreu por volta das 10h da manhã desta sexta na rodovia BR-364, sobre a ponte do Córrego Lourencinho. Uma carreta carregada com fardos de algodão tombou e o condutor ficou preso às ferragens pelo braço esquerdo.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, foi preciso interditar a via total em ambos os sentidos.  O acidente envolvendo uma Mercedes-Benz que carregava algodão, deixou uma vítima, de 40 anos, com lesões leves.

Leia Também:  Polícia Civil de Lucas do Rio Verde MT acredita que mulher traficante presa com cocaína misturada a Pequi possa fazer parte de quadrilha

Os bombeiros realizaram o desencarceramento e imobilização do motorista que ficou com o braço esquerdo preso às ferragens, quando os bombeiros tiveram que fazer o desencarceramento. Ele foi imobilizado e levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para atendimento médico. O atual estado de saúde não foi informado até então.

Ainda segundo o CBM, houve um princípio de incêndio em um fardo de plumas, porém os militares conseguiram combater antes que o fogo se alastrasse. A PRF também compareceu no local para realizar a segurança da rodovia. A ocorrência foi finalizada por volta das 12h.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessorias)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA