Momento Economia

Alaska Airlines recebe seu primeiro Boeing 737 MAX

Publicados

em


source

Contato Radar

Alaska Airlines recebe seu primeiro Boeing 737 MAX
Guilherme Dotto

Alaska Airlines recebe seu primeiro Boeing 737 MAX

Na manhã do último domingo (24), a Alaska Airlines, companhia aérea norte-americana baseada em Seattle Tacoma, recebeu seu primeiro Boeing 737 MAX, de versão 9.

A aeronave de matrícula N913AK decolou por volta das 11h da manhã de Boeing Field (BFI), realizou um voo de aproximadamente 45 minutos e pousou no centro de conexões da compahia em Seattle (SEA) às 11h46.

alt

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

O jato entregue à companhia possui a mesma configuração de seus 737-900ER, 178 assentos. A partir de março, a aeronave será operada nos voos de Seattle para Los Angeles e San Diego, assim como de Portland a Los Angeles.

Você viu?

Com seu primeiro pedido de 32 unidades em 2012, a companhia norte-americana adicionou em 2020 mais 36 jatos em seu pedido, totalizando 68 novos jatos MAX.

Com a aquisição dos MAX, as aeronaves da família ceo da Airbus serão substituídas, incluindo A320 e A319, herdados da Virgin America. Ao todo, 12 aeronaves deixarão a frota.

Leia Também:  Petrobras despenca: vale a pena sacar os recursos do Fundo FGTS-Petrobras?

O post Alaska Airlines recebe seu primeiro Boeing 737 MAX apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Propaganda

Momento Economia

Arrecadação de impostos em janeiro somou R$ 180,221 bilhões

Publicados

em


A Receita Federal informou hoje (25) que arrecadação de impostos e contribuições federais em janeiro somou R$ 180,221 bilhões, um recuo real de 1,5% na comparação com o mesmo mês de 2020, já descontada a inflação. Em janeiro do ano passado, a arrecadação foi de R$ 174,991 bilhões.

De acordo com a Receita, o resultado foi influenciado por pagamentos atípicos e compensações tributárias, feitas por empresas que pagaram tributos a mais no passado, que somaram R$ 23,097 bilhões em janeiro.

Sem esses pagamentos, o Fisco disse que haveria um aumento real de 3,72% da arrecadação no mês de janeiro de 2021.

Esse desempenho seria explicado pelo comportamento da economia e pelo crescimento da arrecadação do Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ) e da Contribuição Social Sobre Lucro Liquido (CSLL), especialmente, das empresas que fecharam seus balanços no mês de dezembro de 2020.

Juntos, os dois tributos somaram uma arrecadação de R$ 57.591 milhões, com crescimento real de 5,78%.

O Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) apresentou uma arrecadação de R$ 3,5 bilhões, representando crescimento real de 63,75%.

Leia Também:  BB disponibiliza R$ 16 bi para custeio antecipado de safra

Segundo a Receita Federal, o Imposto sobre a Importação e o IPI Vinculado arrecadaram, me conjunto, R$ 7,34 bilhões, representando crescimento real de 20,26%.

“Esse resultado é explicado pela conjugação dos seguintes fatores: elevação de 29,08% na taxa média de câmbio, de 11,71% na alíquota média efetiva do Imposto Importação e de 27,99% na alíquota média efetiva do IPI-Vinculado, combinada com a redução de 16,76% no valor em dólar (volume) das importações”, disse a receita.

Edição: Valéria Aguiar

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA