Momento Economia

Auxílio emergencial bancou a alimentação de 77% dos beneficiários, diz estudo

Publicados

em


source
null
Redação 1Bilhão Educação Financeira

undefined


77% dos clientes da fintech Neon que receberam o Auxílio Emergencial usaram o benefício para bancar despesas de primeira necessidade, como a alimentação

Tadeu Rocha, Head de Negócios da Neon, explica que “os números revelam que o cliente que trouxe o auxílio do governo realmente tende a gastar mais com necessidades básicas . O que reforça a importância do benefício como renda principal para milhões de brasileiros”.


Após o recebimento do auxílio, os clientes usaram o valor recebido de diversas formas: 87% utilizaram o cartão (débito/crédito), 63% pagaram contas por boleto, 45% recarregaram o celular e 37% utilizaram o PIX.

Entre maio e dezembro, o número de clientes transferindo o dinheiro do auxílio emergencial para conta digital da Neon cresceu 158%.

Leia Também:  Indústria registra queda na produtividade de 2,5% no primeiro trimestre, diz CNI

Momento Economia

Gasolina pode ser vendida por delivery no Rio, determina STF

Publicados

em


source
Petrobras aprovou aumento de 4% na gasolina e de 5% no diesel
Agência Brasil

Petrobras aprovou aumento de 4% na gasolina e de 5% no diesel


O Supremo Tribunal Federal ( STF ) determinou que a lei número 9.023, que proibia a venda de gasolina fora de postos de combustíveis no estado do Rio de Janeiro , é inconstitucional. A lei previa uma multa milionária para quem a burlasse. 

Os ministros entenderam que o assunto é de competência federal e da própria Agência Nacional do Petróleo. A decisão foi tomada durante o Plenário Virtual e terminou na noite da última terça-feira (12) com nove votos a favor e dois contra.


A decisão beneficia o grupo Refit (ex Refinaria Manguinhos), do empresário Ricardo Magro. A empresa tem um projeto de um aplicativo que faz delivery de combustíveis no Rio. O projeto está sendo feito em parceria com a Agência Nacional de Petróleo.

Leia Também:  Temor a vista: Autoridades ligadas ao setor alertam para uma possível terceira onda de Covid 19 em Mato Grosso no inicio de julho próximo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA