Momento Economia

Bolsonaro diz que recriação de pasta do Trabalho é para descompressão de Guedes

Publicados

em


source
Onyx Lorenzoni e Paulo Guedes
Reprodução/Flickr/Governo de Transição

Onyx Lorenzoni e Paulo Guedes

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (22) que a recriação do Ministério do Trabalho servirá para dar ‘certa descompressão’ ao ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo Bolsonaro, Guedes abrigou diversas obrigações e concordou com a divisão da pasta. 

“O Paulo Guedes tem um ministério enorme, ele agregou cinco ministérios no passado, quando assumiu. Um esforço enorme para manter aquele ministério funcionando. Ele mesmo concordou com a tirada dessa parte que é o antigo Ministério do Trabalho e da Previdência para passar a esse novo ministério”, disse em entrevista à rádio Banda B, de Curitiba (PR).

“Dá uma certa descompressão no Paulo Guedes e deixa o Onyx Lorenzoni tratar dessa questão importantíssima que precisamos, sim, além de recuperar empregos, é buscar mais alternativas para atender os desassistidos”, completou Bolsonaro.

A recriação do Ministério do Trabalho acontece em momento de pressão sobre o Palácio do Planalto para agradar o bloco do Centrão no Congresso Nacional. Com perda de apoio do Senado, Bolsonaro se viu obrigado a realizar alterações ministeriais, convidando Ciro Nogueira para assumir a Casa Civil e passar Luiz Eduardo Ramos para a Secretaria-Geral da Presidência. 

Leia Também:  Ministro anuncia retomada de obras do Arco Metropolitano do Rio

Você viu?

Onyx Lorenzoni, atual ministro da Secretaria-Geral e forte aliado de Bolsonaro, deve assumir o novo ministério. Essa é a quarta pasta, em três anos, que Lorenzoni assume no governo de Jair Bolsonaro. 

Pressão de congressistas

A volta do Ministério do Trabalho também era uma das demandas de deputados e senadores do Centrão. Congressistas pressionaram o Palácio do Planalto em meio as discussões sobre o Orçamento 2021 e os desentendimentos públicos com Paulo Guedes. 

A tentativa de enfraquecer o ministro, no entanto, não surtiu efeito no primeiro momento. Guedes se manteve com o super-ministério, mas a relação com parlamentares foi afastada a ponto de Bolsonaro precisar assumir as negociações sobre as emendas parlamentares da peça orçamentária. 

Guedes, inclusive, ameaçou deixar o Ministério da Economia caso houvesse a divisão da pasta, mas recuou. Segundo Jair Bolsonaro, a decisão de divisão da pasta nesta semana contou com o aval de Paulo Guedes, que teria indicado o próprio Onyx Lorenzoni para o cargo. 

Leia Também:  Dia dos Pais: Veja dicas para economizar e acertar no presente para o paizão

Propaganda

Momento Economia

Neymar entra na onda dos embaixadores e vai ganhar linha de antitranspirante

Publicados

em


source
Depois de Anitta, no Nubank, e Gisele Bündchen, na Ambipar, o craque será embaixador da Above
[email protected] (O Dia)

Depois de Anitta, no Nubank, e Gisele Bündchen, na Ambipar, o craque será embaixador da Above

A cada dia o mundo empresarial e dar celebridades se confunde mais. Depois do Nubank anunciar Anitta como embaixadora e conselheira, do  Next contar com Tatá Werneck e da Ambibar com Gisele Bündchen , chegou a vez do craque Neymar ser contratado para a marca Above como embaixador por três anos. 

O craque vai ganhar sua própria linha de antitranspirantes da Baston Aerossóis. O valor do contrato não foi revelado pelas partes, mas este é o maior contrato de marketing já realizado pela Baston desde o lançamento da Above, em 2018, segundo o site MKT esportivo. 

Além disso, a empresa ficará com o o direito de uso de imagem do jogador em toda a sua comunicação, incluindo peças publicitárias, mídias on e off, redes sociais, filmes, produtos e materiais de ponto de vendas.

“Uma vez assisti uma campanha da Above que dizia sobre ‘suar na vida’. Achei muito criativa e com certeza me identifiquei muito, porque tudo que eu e minha família fizemos foi suar para sobreviver e depois procurar o sucesso. Então, quando me apresentaram a possibilidade de parceria fiquei muito empolgado por podermos fazer muitas coisas bacanas juntos”, disse Neymar.

A ideia é associar à marca ao jogador para manter o crescimento das vendas na casa dos dois dígitos e se tornar a principal vendedora no mercado.  

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA