Momento Economia

Caixa revela que 16 apostadores de MT acertaram a quadra na quina de São João

Publicados

em

 

     Os mato-grossenses mais uma vez ganharam uma bolada em apostas de Loterias da Caixa Econômica Federal.
 
    Desta vez, 16 apostadores tiveram quatro acertos na Quina de São João. Cada um vai levar para casa R$ 97.451,78. O concurso 5002 foi realizado na última segunda-feira (24), em Campina Grande (PB). Foram sorteados os números 17-27-53-78-78.

    O prêmio máximo era de R$ 140 milhões. No entanto, ninguém fez cinco acertos. Por se tratar de um concurso especial, realizado uma vez por ano, a regra de acumulação diz que o valor da 1ª faixa (quina), será somado ao valor da 2ª faixa e dividido entre as apostas que contiverem quatro prognósticos certos (quadra).
 
     Ao todo, 1.577 pessoas fizeram a quadra. Cada uma deve levar R$ 97.451,78 para casa. Outras 126.311 fizeram o terno e ganharam R$ 166, e 3205.181 fizeram o duque e levaram a quantia de R$ 2,53. Para apostar na Quina, basta marcar de 5 a 15 números dentre os 80 disponíveis no volante e torcer. Caso prefira o sistema pode escolher os números para você através da Surpresinha.

Leia Também:  Receita libera consulta a segundo lote de restituição do IR
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Momento Economia

Guedes diz que novas bandeiras tarifárias devem evitar racionamento de energia

Publicados

em


source
Ministro da Economia, Paulo Guedes
Alan Santos/Presidência da República

Ministro da Economia, Paulo Guedes

O ministro da Economia Paulo Guedes disse, nesta quarta-feira (23), que novas bandeiras tarifárias , que deixam a conta de energia elétrica mais cara, têm o objetivo de evitar um racionamento no Brasil. Em reunião com representantes da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Guedes disse que “estamos vindo com bandeiras novas”. As informações são da Folha de S. Paulo.

Apesar de falar sobre as tais bandeiras novas, o ministro não detalhou se estava se referindo, de fato, à possibilidade de criar um nível ainda mais alto no patamar de bandeiras tarifárias , tornando a energia elétrica mais cara para os consumidores.

“Nossa inflação deu um salto, indo a 8% em 12 meses, exatamente por causa de comida e energia. Energia, porque agora estamos vindo com bandeiras novas para evitar o racionamento lá na frente, está havendo uma racionalização no uso agora, e isso é um choque. Vai haver um choque na energia e um choque de alimentos”, disse Guedes, que acrescentou que a autonomia formal do Banco Central é uma das formas de evitar que os choques temporários se transformem em aumentos permanentes de preços.

Na próxima semana, a Agência Nacional de Energia Elétrica ( Aneel ) deve aprovar o reajuste das bandeiras tarifárias . O valor adicional encarece as contas de luz toda vez que o custo de geração de energia sofre alta. A tendência é que as bandeiras tenham aumento entre 40% e 60%, o que reflete em alta entre 15% e 20% nas contas de luz.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA