Momento Economia

Campos Neto diz que economia pode crescer acima de 4% em 2021

Publicados

em


.

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, avalia que a economia brasileira deve apresentar queda de 5%, este ano, e expansão um pouco acima de 4%, em 2021.

Segundo ele, a economia brasileira está em recuperação e o resultado do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país), do segundo trimestre, divulgado ontem (1º), mostra um aspecto positivo,  a atividade agrícola no país não parou em meio à pandemia da covid-19. Já o setor de serviços teve resultados piores do que o esperado.

Ontem (1º), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o PIB teve queda de 9,7% no segundo trimestre do ano, na comparação com o trimestre anterior. Segundo o IBGE, o desempenho da economia foi afetado pelo auge das medidas de distanciamento social para controle da pandemia da covid-19, adotadas em vários pontos do país a partir de meados de março.

Campos Neto destacou que analistas de mercado estão revisando para melhor as previsões para o PIB, com a economia mostrando sinais de que está acelerando. Na avaliação do presidente do BC, o terceiro trimestre deve apresentar resultado positivo.

Leia Também:  Auxílio emergencial: Caixa deposita R$ 600 para 4 milhões de nascidos em julho

Ele acrescentou que o principal risco para a atividade econômica seria uma segunda onda de contaminações pela covid-19, o que não está nas previsões. “E também o fator medo, que leve as pessoas a mudarem o seu comportamento e não consumirem”, disse.

Campos Neto avaliou ainda que o controle das finanças públicas é essencial para a retomada da economia. “É impossível ter juros baixos e inflação baixa sem disciplina fiscal”, disse.

Edição: Fernando Fraga

Propaganda

Momento Economia

Caixa abre 770 agências hoje das 8h às 12h

Publicados

em


.

A Caixa abrirá 770 agências hoje (19), das 8h às 12h, para atendimento a 9 milhões de beneficiários do auxílio emergencial e do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os beneficiários nascidos em janeiro – 3,9 milhões de pessoas – poderão sacar o auxílio emergencial em dinheiro e os trabalhadores nascidos em maio – 5,1 milhões de pessoas – poderão retirar em espécie os valores referentes ao saque emergencial do FGTS. Ao todo, os benefícios somam R$ 5,8 bilhões.

A relação de agências que estarão abertas pode ser conferida no site do banco.

Todas as pessoas que procurarem atendimento durante o funcionamento das agências serão atendidas. Não é preciso chegar antes do horário de abertura.

Auxílio emergencial

Ao todo, no sábado (19), terão sido pagos R$ 200,5 bilhões do auxílio emergencial para 67,2 milhões de brasileiros, um total de 288,3 milhões de pagamentos.

Os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo governo federal para o público do Cadastro Único (CadÚnico) e para quem se cadastrou pelo App Caixa/ Auxílio Emergencial ou pelo site.

Leia Também:  IBGE: desemprego na pandemia atinge maior patamar em agosto

Saque Emergencial do FGTS

O Saque Emergencial do FGTS já atendeu 55 milhões trabalhadores, com valor global de R$ 34,7 bilhões. A partir deste sábado (19), os trabalhadores nascidos em maio que tiveram o crédito do saque emergencial do FGTS e que não movimentaram a conta Poupança Social Digital ou que tenham saldo remanescente poderão sacar o benefício em dinheiro. Também será possível transferir os valores, via aplicativo Caixa Tem, para outra conta, da Caixa ou de outras instituições financeiras.

Continua disponível ao trabalhador a opção de utilização dos recursos creditados na poupança social digital para a realização de compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços.

Já na próxima segunda-feira (21), a Caixa credita o saque emergencial do FGTS na conta poupança social digital de aproximadamente 4,9 milhões de trabalhadores nascidos no mês de dezembro. Nessa etapa, o total de recursos liberados somam cerca de R$ 3 bilhões.

Leia Também:  Bolsonaro ainda quer substituir o Bolsa Família e pensa novo programa social

Edição: Maria Claudia

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA