Momento Economia

Ceagesp entregou mais de 733 toneladas de alimentos durante a pandemia

Publicados

em


A Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) já distribuiu mais de 733 toneladas de alimentos durante o período de pandemia, informou hoje (2) o presidente da instituição, Mello Araújo.

O número diz respeito ao trabalho feito pela Ceagesp de março – data da declaração da emergência sanitária – a novembro deste ano, e deve aumentar com a consolidação das doações de dezembro, que ainda não foram computadas pela companhia.

Os alimentos são fornecidos por atacadistas, produtores rurais e agroindústrias que usam os serviços de armazenamento e distribuição da Ceagesp para suprir as necessidades de grandes centros urbanos. Após doados, eles são transformados em marmitas, sopas, complementos alimentares e vitamínicos e servidos à população em 18 cidades do estado.

A iniciativa visa a beneficiar famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Apesar de ter sido sido inaugurada antes do período da pandemia de covid-19, a campanha de distribuição de alimentos da Ceagesp mobilizou colaboradores em caráter especial para mitigar os danos causados pela paralisação econômica após a declaração de emergência sanitária.

Leia Também:  LATAM prorroga transporte gratuito de profissionais que atuam no combate à Covid-19

“Nosso objetivo é colaborar com as famílias que passam por situação de vulnerabilidade alimentar e mostrar à sociedade a força da Ceagesp, além de continuar a contribuir para que esse problema diminua no mundo atual”, disse Mello Araújo.

Cartilha de alimentação

A Ceagesp, além das ações beneficentes de distribuição de alimentos, também fornece guias de orientação alimentar e de boas práticas na escolha, no manuseio e preparo das refeições.

Para o período de pandemia, a companhia elaborou um caderno especial de orientações ao consumidor, com a ajuda da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A publicação mostra como otimizar as saídas de casa para abastecimento, como condicionar frutas, legumes e vegetais para que durem mais e como higienizá-los adequadamente para minimizar o risco de contaminação pelo novo coronavírus.

Outra publicação da companhia mostra como tirar as principais dúvidas em relação aos alimentos, além de fornecer dicas de nutrição saudável para as famílias e orientações sobre o congelamento de hortaliças, legumes, verduras e carnes. 

Vinculada ao Ministério da Economia, a Ceagesp é considerada o maior posto de comercialização de produtos hortícolas da América Latina.

Leia Também:  Vacinação em massa é decisiva para volta da economia, diz Paulo Guedes

Edição: Graça Adjuto

Propaganda

Momento Economia

Mega-Sena sorteia R$ 1,69 milhões; veja os números de hoje

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Na Mega Semana de Verão, a Caixa Econômica Federal dá uma chance a mais para o apostador com sorteios na terça-feira, na quinta-feira e no sábado.
O Dia

Na Mega Semana de Verão, a Caixa Econômica Federal dá uma chance a mais para o apostador com sorteios na terça-feira, na quinta-feira e no sábado.

Nesta terça-feira (26), a  Mega-Sena   da Loterias Caixa realizou o sorteio do concurso 2338. O prêmio foi de R $1,69 milhões, que pode ser dividido entre um ou mais ganhadores que acertarem os seis números. Confira os números sorteados:   

08 – 21 – 23 – 34 – 42 – 47

O site oficial da Mega deve divulgar ainda hoje se alguém receberá o prêmio ou se o valor acumulará para o próximo sorteio. 

Como participar do próximo sorteio?

O próximo concurso da Mega-Sena acontece nesta quinta (28), às 20h. 

Na Mega Semana de Verão, a Caixa Econômica Federal dá uma chance a mais para o apostador com sorteios na terça-feira, na quinta-feira (28) e no sábado (30). Os próximos concursos desta semana serão os 2339 e 2340, respectivamente.

É possível apostar até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa do país. Também é possível apostar pela internet. O bilhete simples da Mega-Sena, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Leia Também:  LATAM prorroga transporte gratuito de profissionais que atuam no combate à Covid-19

Você viu?

Como apostar online na Mega-Sena?

Para aqueles que apostarem pela internet, não é possível optar pela aposta mínima, de R$ 4,50. No site da Caixa , o valor mínimo para apostar na Mega-Sena é de R$ 30, seja com uma única aposta ou mais de uma.

Para fazer uma aposta maior, com 7 números, dando uma maior chance de ganhar, o preço sobe para R$ 31,50. Outra opção para atingir o preço mínimo é fazer sete apostas simples, que juntas têm o mesmo valor, R$ 31,50. Além disso, os bolões, disponíveis online, são outra opção viável.

Como funciona a Mega-Sena?

O concurso é realizado pela Caixa Econômica Federal e o vencedor pode receber milhões de reais se acertar as seis dezenas. Os sorteios ocorrem pelo menos duas vezes por semana – geralmente, às quartas-feiras e aos sábados. O apostador também pode ganhar prêmios com valor mais baixo caso acerte quatro ou cinco números, conhecidas como Quadra e Quina , respectivamente.

Na hora de jogar, o apostador pode escolher os números ou tentar a sorte com a Surpresinha . Esse modelo consiste na escolha automática, realizada pelo sistema, das dezenas jogadas. 

Leia Também:  Super-ricos vão recuperar perdas em tempo recorde, diz relatório

Outra opção é manter a mesma aposta por dois, quatro ou até oito sorteios consecutivos, conhecida como Teimosinha .

Premiação

Os prêmios costumam iniciar em, aproximadamente, R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas. Dessa forma, o valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor. 

Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de seis a 15 números do volante.

O prêmio bruto da Mega-Sena corresponde a 43,35% da arrecadação. Deste valor:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos seis números sorteados;
  • 19% entre os acertadores de cinco números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos terminados em zero ou cinco; e
  • 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou cinco.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA